Como prevenir a micose nas unhas das mãos e dos pés?

Causada por fungos que se alimentam da queratina, essa infecção pode se proliferar rapidamente

SÃO PAULO, 17 de maio de 2021 /PRNewswire/ -- A onicomicose, uma infecção comum causada por fungos que se instalam nas unhas das mãos e dos pés, provoca, inicialmente, pequenos descolamentos das unhas, coloração esbranquiçada, amarelada ou até amarronzada em alguns casos. Suas consequências aparentes podem evoluir para uma unha deformada e com aspecto mais espesso.

Para que não chegue nesse ponto, é sempre bom prevenir a doença. Confira cinco dicas para evitar a micose:

1.  Higienização

Mantenha as unhas bem cortadas e lave frequentemente as mãos e os pés com sabonete. Seque bem as regiões, podendo utilizar papel toalha para isso. Essa prática ajuda a manter o local seco, logo, dificulta a instalação de fungos.

2.  Olhe onde pisa!

A infeção surge mais facilmente nas unhas dos pés, por ser um local que fica mais abafado e úmido durante o uso de calçados. Andar descalço em ambientes públicos ou por onde animais transitam também não é uma boa opção. Portanto, evite esse costume e sempre alterne os calçados.

3.  As unhas das mãos também merecem atenção

Segundo a dermatologista Dra. Ana Lísia Giudice (CRM 14039-BA), "Pessoas que mexem muito com água podem ter micose no local pois a umidade favorece o crescimento de fungos nas unhas das mãos. Além disso, colocar unhas de gel ou de fibra de vidro podem lesar a superfície da unha, aumentar as chances de infiltração de água e, assim, aumentar a umidade no local, propiciando o aparecimento de fungos".

A infiltração pode ocorrer por aplicação errada, falta de manutenção ou por desgaste das unhas naturais, causando descamação. A médica dermatologista explica: "As unhas são formadas por diversas camadas de queratina. Ao retirar essas unhas artificiais e lixá-las no momento da manutenção, parte dessa queratina vai embora, deixando as unhas enfraquecidas, finas e esbranquiçadas, ficando mais propensas a sofrer traumas e acumular umidade".

4.  Leve os próprios utensílios em salões de beleza

A Dra. Ana faz um alerta em relação aos salões de beleza: "É sempre bom verificar se todo o material que será utilizado está esterilizado. Se puder levar seu próprio kit, é ainda melhor, pois esmaltes cosméticos podem ser contaminados por fungos e ser um meio de transmissão. Lembre-se de descartar lixas e palitos usados nas unhas doentes e de higienizar seu material com hipoclorito após usá-los em unhas contaminadas".

5.  Utilize esmaltes antimicóticos

Os antimicóticos, que são voltados para combater a doença -como é o caso de Loceryl® Esmalte-, têm ação eficaz contra a micose. Quando aplicado diretamente na superfície da unha e conforme instruções de uso do medicamento e de um dermatologista, o esmalte terapêutico antimicótico penetra em todas as camadas da unha, evita que os fungos se espalhem entre as unhas e elimina os fungos que estão instalados dentro, ao redor e embaixo da unha¹. Tudo isso graças à amorolfina, um ativo que mata o fungo causador da micose e ainda protege contra sua proliferação¹.

Entenda mais sobre os possíveis tratamentos com um médico (a) dermatologista e atenção aos sinais das suas unhas.

Loceryl® Esmalte (cloridrato de amorolfina) é indicado para o tratamento de micoses de unha (onicomicoses). Reg. MS 1.2916.0036. GALDERMA BRASIL LTDA./LOCERYLESM-MB01_20/SAC: 0800-155552. LOCERYL® ESMALTE É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE O MÉDICO E O FARMACÊUTICO. LEIA A BULA. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.

Sobre Galderma

A Galderma, maior empresa global independente de dermatologia do mundo, foi criada em 1981 e atualmente está presente em mais de 100 países. Com um extenso portfólio de medicamentos de prescrição, soluções estéticas e produtos para o consumidor, a empresa faz parceria com profissionais de saúde em todo o mundo para atender as necessidades de saúde da pele das pessoas ao longo da vida. A Galderma é líder em pesquisa e desenvolvimento de soluções cientificamente definidas e clinicamente comprovadas para a pele. Para mais informações, visite www.galderma.comwww.loceryl.com.br/.

¹Ghannoum M, Sevin K, Sarkany M. Amorolfine 5% Nail Lacquer Exhibits Potent Antifungal Activity Compared to Three Acid-Based Devices Indicated for the Treatment of Onychomycosis: An In Vitro Nail Penetration Assay. Dermatol Ther (Heidelb). 2016 Mar;6(1):69-75.

Contatos

Galderma: galderma@jeffreygroup.com

 

FONTE Galderma

Causada por fungos que se alimentam da queratina, essa infecção pode se proliferar rapidamente

SÃO PAULO, 17 de maio de 2021 /PRNewswire/ -- A onicomicose, uma infecção comum causada por fungos que se instalam nas unhas das mãos e dos pés, provoca, inicialmente, pequenos descolamentos das unhas, coloração esbranquiçada, amarelada ou até amarronzada em alguns casos. Suas consequências aparentes podem evoluir para uma unha deformada e com aspecto mais espesso.

Para que não chegue nesse ponto, é sempre bom prevenir a doença. Confira cinco dicas para evitar a micose:

1.  Higienização

Mantenha as unhas bem cortadas e lave frequentemente as mãos e os pés com sabonete. Seque bem as regiões, podendo utilizar papel toalha para isso. Essa prática ajuda a manter o local seco, logo, dificulta a instalação de fungos.

2.  Olhe onde pisa!

A infeção surge mais facilmente nas unhas dos pés, por ser um local que fica mais abafado e úmido durante o uso de calçados. Andar descalço em ambientes públicos ou por onde animais transitam também não é uma boa opção. Portanto, evite esse costume e sempre alterne os calçados.

3.  As unhas das mãos também merecem atenção

Segundo a dermatologista Dra. Ana Lísia Giudice (CRM 14039-BA), "Pessoas que mexem muito com água podem ter micose no local pois a umidade favorece o crescimento de fungos nas unhas das mãos. Além disso, colocar unhas de gel ou de fibra de vidro podem lesar a superfície da unha, aumentar as chances de infiltração de água e, assim, aumentar a umidade no local, propiciando o aparecimento de fungos".

A infiltração pode ocorrer por aplicação errada, falta de manutenção ou por desgaste das unhas naturais, causando descamação. A médica dermatologista explica: "As unhas são formadas por diversas camadas de queratina. Ao retirar essas unhas artificiais e lixá-las no momento da manutenção, parte dessa queratina vai embora, deixando as unhas enfraquecidas, finas e esbranquiçadas, ficando mais propensas a sofrer traumas e acumular umidade".

4.  Leve os próprios utensílios em salões de beleza

A Dra. Ana faz um alerta em relação aos salões de beleza: "É sempre bom verificar se todo o material que será utilizado está esterilizado. Se puder levar seu próprio kit, é ainda melhor, pois esmaltes cosméticos podem ser contaminados por fungos e ser um meio de transmissão. Lembre-se de descartar lixas e palitos usados nas unhas doentes e de higienizar seu material com hipoclorito após usá-los em unhas contaminadas".

5.  Utilize esmaltes antimicóticos

Os antimicóticos, que são voltados para combater a doença -como é o caso de Loceryl® Esmalte-, têm ação eficaz contra a micose. Quando aplicado diretamente na superfície da unha e conforme instruções de uso do medicamento e de um dermatologista, o esmalte terapêutico antimicótico penetra em todas as camadas da unha, evita que os fungos se espalhem entre as unhas e elimina os fungos que estão instalados dentro, ao redor e embaixo da unha¹. Tudo isso graças à amorolfina, um ativo que mata o fungo causador da micose e ainda protege contra sua proliferação¹.

Entenda mais sobre os possíveis tratamentos com um médico (a) dermatologista e atenção aos sinais das suas unhas.

Loceryl® Esmalte (cloridrato de amorolfina) é indicado para o tratamento de micoses de unha (onicomicoses). Reg. MS 1.2916.0036. GALDERMA BRASIL LTDA./LOCERYLESM-MB01_20/SAC: 0800-155552. LOCERYL® ESMALTE É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE O MÉDICO E O FARMACÊUTICO. LEIA A BULA. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.

Sobre Galderma

A Galderma, maior empresa global independente de dermatologia do mundo, foi criada em 1981 e atualmente está presente em mais de 100 países. Com um extenso portfólio de medicamentos de prescrição, soluções estéticas e produtos para o consumidor, a empresa faz parceria com profissionais de saúde em todo o mundo para atender as necessidades de saúde da pele das pessoas ao longo da vida. A Galderma é líder em pesquisa e desenvolvimento de soluções cientificamente definidas e clinicamente comprovadas para a pele. Para mais informações, visite www.galderma.comwww.loceryl.com.br/.

¹Ghannoum M, Sevin K, Sarkany M. Amorolfine 5% Nail Lacquer Exhibits Potent Antifungal Activity Compared to Three Acid-Based Devices Indicated for the Treatment of Onychomycosis: An In Vitro Nail Penetration Assay. Dermatol Ther (Heidelb). 2016 Mar;6(1):69-75.

Contatos

Galderma: galderma@jeffreygroup.com

 

FONTE Galderma

Você acabou de ler:

Como prevenir a micose nas unhas das mãos e dos pés?

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/como-prevenir-a-micose-nas-unhas-das-maos-e-dos-pes/