Comunidade isolada no Piauí ganha centro comunitário com internet via satélite

Ideia é que área rural de Campo Maior, que ainda não tem ponte física, ganhe uma "ponte virtual" com doações de computadores e internet via satélite

SÃO PAULO, 20 de dezembro de 2018 /PRNewswire/ -- A Hughes do Brasil, uma subsidiária da Hughes Network Systems, líder mundial em internet via satélite, por meio de seu programa de responsabilidade social Hughes em Ação, inaugura um centro comunitário para os moradores de Passagem da Negra, área rural de Campo Maior, no Piauí. Com isso, as 30 famílias residentes no local passam a ter acesso gratuito à internet banda larga via satélite.

A iniciativa tem o objetivo de criar uma "ponte virtual" onde ainda não há ponte física. O local ganhou notoriedade no começo do ano em reportagem do programa Fantástico, da Rede Globo, que mostrava crianças e adolescentes da comunidade atravessando o rio por meio de boias para poder chegar até a escola onde estudam, por conta da falta de uma ponte quando o rio enche. "A Hughes tem a missão de levar a inclusão digital a locais distantes dos grandes centros. Nesse caso, vimos que podíamos ajudar a comunidade para levar informação e conhecimento quando eles estiverem isolados pelo rio através da internet via satélite", explica Rafael Guimarães, presidente da Hughes no Brasil.

As obras começaram no fim de novembro e contemplou toda a reforma da associação, além da construção de uma sala de informática, com doação de computadores e acesso à internet via satélite HughesNet. Na inauguração, esta semana, houve uma festa para a comunidade, com direito à presença do Papai Noel e doação de brinquedos. "Ficamos muito felizes em poder, por meio do nosso serviço de internet banda larga via satélite, oferecer acesso digital à comunidade, além de roupas, brinquedos e livros doados pelos colaboradores da Hughes", afirma Rodrigo Cavalieri, head de Marketing da Hughes.

A Hughes também fez uma parceria com o Sebrae para a construção de uma horta, que permitirá à associação ter renda com os alimentos plantados e colhidos. O Sebrae também treinou e capacitou a comunidade para o plantio e cultivo da horta.

Para o professor Jefferson de Abreu, que produziu o vídeo que viralizou, a ação é muito positiva e um grande exemplo para que outras empresas possam se engajar nesta causa. "O movimento que a Hughes está fazendo é um resgate de cidadania e uma verdadeira transformação na comunidade", diz.

Contato para Imprensa

RP1 Comunicação

11 5501-4655

FONTE Hughes do Brasil

Ideia é que área rural de Campo Maior, que ainda não tem ponte física, ganhe uma "ponte virtual" com doações de computadores e internet via satélite

SÃO PAULO, 20 de dezembro de 2018 /PRNewswire/ -- A Hughes do Brasil, uma subsidiária da Hughes Network Systems, líder mundial em internet via satélite, por meio de seu programa de responsabilidade social Hughes em Ação, inaugura um centro comunitário para os moradores de Passagem da Negra, área rural de Campo Maior, no Piauí. Com isso, as 30 famílias residentes no local passam a ter acesso gratuito à internet banda larga via satélite.

A iniciativa tem o objetivo de criar uma "ponte virtual" onde ainda não há ponte física. O local ganhou notoriedade no começo do ano em reportagem do programa Fantástico, da Rede Globo, que mostrava crianças e adolescentes da comunidade atravessando o rio por meio de boias para poder chegar até a escola onde estudam, por conta da falta de uma ponte quando o rio enche. "A Hughes tem a missão de levar a inclusão digital a locais distantes dos grandes centros. Nesse caso, vimos que podíamos ajudar a comunidade para levar informação e conhecimento quando eles estiverem isolados pelo rio através da internet via satélite", explica Rafael Guimarães, presidente da Hughes no Brasil.

As obras começaram no fim de novembro e contemplou toda a reforma da associação, além da construção de uma sala de informática, com doação de computadores e acesso à internet via satélite HughesNet. Na inauguração, esta semana, houve uma festa para a comunidade, com direito à presença do Papai Noel e doação de brinquedos. "Ficamos muito felizes em poder, por meio do nosso serviço de internet banda larga via satélite, oferecer acesso digital à comunidade, além de roupas, brinquedos e livros doados pelos colaboradores da Hughes", afirma Rodrigo Cavalieri, head de Marketing da Hughes.

A Hughes também fez uma parceria com o Sebrae para a construção de uma horta, que permitirá à associação ter renda com os alimentos plantados e colhidos. O Sebrae também treinou e capacitou a comunidade para o plantio e cultivo da horta.

Para o professor Jefferson de Abreu, que produziu o vídeo que viralizou, a ação é muito positiva e um grande exemplo para que outras empresas possam se engajar nesta causa. "O movimento que a Hughes está fazendo é um resgate de cidadania e uma verdadeira transformação na comunidade", diz.

Contato para Imprensa

RP1 Comunicação

11 5501-4655

FONTE Hughes do Brasil

Você acabou de ler:

Comunidade isolada no Piauí ganha centro comunitário com internet via satélite

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/comunidade-isolada-no-piaui-ganha-centro-comunitario-com-internet-via-satelite/