Conferência Internacional discutirá crise dos refugiados, mudanças climáticas e gerenciamento de crises internacionais

Principal fórum de segurança e defesa da América Latina, 15a Conferência do Forte focará os Desafios do Gerenciamento de Crises Internacionais no próximo dia 21/09, no Rio de Janeiro Autoridades públicas, diplomatas, militares e acadêmicos de dez países participarão do evento

RIO DE JANEIRO, 17 de setembro de 2018 /PRNewswire/ -- A 15ª edição da Conferência Internacional de Segurança Forte de Copacabana terá como tema "Gerenciamento de Crises Internacionais: Desafios e Perspectivas para a América Latina e a Europa". Crises de refugiados, catástrofes climáticas, cooperação internacional e o papel das forças militares estão na agenda do evento, que é o principal fórum internacional de segurança da América Latina.

Organizado anualmente no Rio de Janeiro, Brasil, pela Fundação Konrad Adenauer (KAS, Alemanha) em parceria com o Centro Brasileiro de Relações Internacionais (CEBRI), com o apoio da Delegação União Europeia no Brasil, o evento acontece no próximo dia 21 de setembro, no Hotel Sheraton Grand Rio.

A abertura do evento será feita pelo diretor da KAS no Brasil, Jan Woischnik, pelo presidente do CEBRI, José Pio Borges e pelo Embaixador da União Europeia no Brasil, João Gomes Cravinho.

Em seguida, o Ministro da Defesa do Brasil, Joaquim Silva e Luna, e o General de Brigada da Alemanha, René Leitgen, farão os discursos de abertura sobre o gerenciamento de crises de segurança em um cenário em que novos acontecimentos desestabilizam regiões inteiras a grande velocidade, com sérias consequências para a segurança internacional.

Eventos simultâneos e globais afetam a segurança no mundo e são objeto de gestão de crises internacionais. Este será o eixo principal do primeiro painel, que será aberto pelo membro do Parlamento Federal Alemão, Andreas Nick. Na sequência, o Embaixador da Alemanha no Brasil, Georg Witschel, será o moderador do debate em torno do assunto, com acadêmicos do Brasil, México e Finlândia.

Com a presença do representante para a região Indo-Pacífico da Diretoria-Geral de Relações Internacionais e de Estratégia do Ministério da Defesa da França, Nicolas Regaud, o segundo painel discutirá o impacto das mudanças climáticas sobre crises internacionais e como elas ameaçam a segurança internacional. Regaud debaterá o tema com o diretor-executivo da Sociedade de Legislação Ambiental do Peru, Pedro Solano, com o diretor da Fundação Munich Re, Thomas Loster e com Izabella Teixeira, ex-ministra do Meio Ambiente do Brasil e parceira sênior do CEBRI.

O terceiro painel será aberto por Henning Speck, assessor de Política Externa e Segurança do Grupo Parlamentar CDU/CSU no Parlamento Federal Alemão e abordará estratégias para o gerenciamento dos fluxos migratórios de refugiados. A fuga em massa de cidadãos em diferentes regiões do mundo torna o tema extremamente sensível para europeus e latino-americanos.

São esperados aproximadamente 350 participantes durante o evento, quando também serão divulgados policy papers produzidos exclusivamente para conferência.

Programação

http://www.kas.de/wf/doc/kas_26584-1442-1-30.pdf?180823160551

Informações à Imprensa

Nilson Brandão, +55 21 99761 0007 / nilson@conteudoevolutivo.com.br 

Simone Barros, +55 21 98142-9927 / sibarros.jornalista@gmail.com

FONTE Conferência Internacional de Segurança Forte de Copacabana

Principal fórum de segurança e defesa da América Latina, 15a Conferência do Forte focará os Desafios do Gerenciamento de Crises Internacionais no próximo dia 21/09, no Rio de Janeiro Autoridades públicas, diplomatas, militares e acadêmicos de dez países participarão do evento

RIO DE JANEIRO, 17 de setembro de 2018 /PRNewswire/ -- A 15ª edição da Conferência Internacional de Segurança Forte de Copacabana terá como tema "Gerenciamento de Crises Internacionais: Desafios e Perspectivas para a América Latina e a Europa". Crises de refugiados, catástrofes climáticas, cooperação internacional e o papel das forças militares estão na agenda do evento, que é o principal fórum internacional de segurança da América Latina.

Organizado anualmente no Rio de Janeiro, Brasil, pela Fundação Konrad Adenauer (KAS, Alemanha) em parceria com o Centro Brasileiro de Relações Internacionais (CEBRI), com o apoio da Delegação União Europeia no Brasil, o evento acontece no próximo dia 21 de setembro, no Hotel Sheraton Grand Rio.

A abertura do evento será feita pelo diretor da KAS no Brasil, Jan Woischnik, pelo presidente do CEBRI, José Pio Borges e pelo Embaixador da União Europeia no Brasil, João Gomes Cravinho.

Em seguida, o Ministro da Defesa do Brasil, Joaquim Silva e Luna, e o General de Brigada da Alemanha, René Leitgen, farão os discursos de abertura sobre o gerenciamento de crises de segurança em um cenário em que novos acontecimentos desestabilizam regiões inteiras a grande velocidade, com sérias consequências para a segurança internacional.

Eventos simultâneos e globais afetam a segurança no mundo e são objeto de gestão de crises internacionais. Este será o eixo principal do primeiro painel, que será aberto pelo membro do Parlamento Federal Alemão, Andreas Nick. Na sequência, o Embaixador da Alemanha no Brasil, Georg Witschel, será o moderador do debate em torno do assunto, com acadêmicos do Brasil, México e Finlândia.

Com a presença do representante para a região Indo-Pacífico da Diretoria-Geral de Relações Internacionais e de Estratégia do Ministério da Defesa da França, Nicolas Regaud, o segundo painel discutirá o impacto das mudanças climáticas sobre crises internacionais e como elas ameaçam a segurança internacional. Regaud debaterá o tema com o diretor-executivo da Sociedade de Legislação Ambiental do Peru, Pedro Solano, com o diretor da Fundação Munich Re, Thomas Loster e com Izabella Teixeira, ex-ministra do Meio Ambiente do Brasil e parceira sênior do CEBRI.

O terceiro painel será aberto por Henning Speck, assessor de Política Externa e Segurança do Grupo Parlamentar CDU/CSU no Parlamento Federal Alemão e abordará estratégias para o gerenciamento dos fluxos migratórios de refugiados. A fuga em massa de cidadãos em diferentes regiões do mundo torna o tema extremamente sensível para europeus e latino-americanos.

São esperados aproximadamente 350 participantes durante o evento, quando também serão divulgados policy papers produzidos exclusivamente para conferência.

Programação

http://www.kas.de/wf/doc/kas_26584-1442-1-30.pdf?180823160551

Informações à Imprensa

Nilson Brandão, +55 21 99761 0007 / nilson@conteudoevolutivo.com.br 

Simone Barros, +55 21 98142-9927 / sibarros.jornalista@gmail.com

FONTE Conferência Internacional de Segurança Forte de Copacabana

Você acabou de ler:

Conferência Internacional discutirá crise dos refugiados, mudanças climáticas e gerenciamento de crises internacionais

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/conferencia-internacional-discutira-crise-dos-refugiados-mudancas-climaticas-e-gerenciamento-de-crises-internacionais/