CONITEC Aprova Incorporação pelo SUS de Anticorpo Monoclonal Totalmente Humano (adalimumabe) da AbbVie para Psoríase

Psoríase é doença inflamatória crônica imunomediada que, em fase grave, impacta a capacidade funcional e qualidade de vida do paciente. O novo PCDT ("Protocolo Clínico de Diretrizes Terapêuticas") para psoríase incluiu o anticorpo monoclonal humano adalimumabe, da AbbVie

SÃO PAULO, 12 de setembro de 2019 /PRNewswire/ -- A AbbVie, companhia biofarmacêutica global baseada em pesquisa, anuncia que seu medicamento biológico adalimumabe, anticorpo monoclonal totalmente humano, foi incluído no Protocolo Clínico de Diretrizes de Tratamento para psoríase moderada a grave, conforme publicação no Sistema Único de Saúde, do Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira, 11/09/2019  (Edição 176 | Seção 1 | Página: 216).1

Este é o primeiro PCDT para psoríase a incluir medicamentos biológicos, entre os quais adalimumabe, e a primeira atualização desde 2013. Por este protocolo, para psoríase moderada a grave, adalimumabe é recomendado "como primeira etapa de segunda linha após falha, intolerância ou contraindicação ao uso da terapia padrão (metotrexato, acitretina e ciclosporina)". A íntegra do PCDT para psoríase pode ser lida em http://www.saude.gov.br/protocolos-e-diretrizes#p 

Psoríase é doença inflamatória crônica, cujos sinais e sintomas se manifestam na pele. Ocorre quando o sistema imunológico induz a produção de células da pele em excesso; estas células se acumulam na superfície da pele e se manifestam como lesões avermelhadas e que descamam – em casos graves, podem sangrar. A causa não é totalmente conhecida, mas sabe-se que o sistema imunológico tem um papel importante no seu desencadeamento2.

Sobre adalimumabe

Adalimumabe é um anticorpo monoclonal totalmente humano desenvolvido e comercializado pela AbbVie
2. Desde seu lançamento, tem tratado mais de um milhão de pacientes2 em mais de 90 países e sua eficácia e segurança a longo prazo são demonstradas por mais de 100 estudos clínicos em todo o mundo3. Adalimumabe age bloqueando a proteína chamada TNF-alfa que, quando produzida em excesso pelo sistema imunológico, causa a inflamação que pode levar a doenças crônicas, como a artrite reumatoide, psoríase, doença de Crohn, hidradenite supurativa, entre outras2.

Sobre a AbbVie

A AbbVie é uma companhia biofarmacêutica global baseada em pesquisa e desenvolvimento, comprometida em desenvolver terapias avançadas e inovadoras, para algumas das doenças mais complexas do mundo.  A missão da companhia é usar seu conhecimento, equipe dedicada e abordagem exclusiva em inovação, para aprimorar tratamentos em quatro áreas terapêuticas principais: imunologia, oncologia, virologia e neurociência.  Em mais de 75 países, os colaboradores da AbbVie trabalham diariamente para avançar soluções em saúde para pessoas ao redor do mundo.  Para mais informações, acesse www.abbvie.com. Siga @abbvie no Twitter, FacebookLinkedIn ou Instagram.

No Brasil, a AbbVie começou a operar no início de 2014.  Suas unidades de negócios locais incluem imunologia, oncologia, virologia e especialidades. Entre suas diferentes áreas de atuação, conduz mais de 50 estudos e projetos clínicos, envolvendo mais de 200 equipes e centros de pesquisa brasileiros.  Para mais informações, acesse www.abbvie.com.br

Referências

1. Diário Oficial da União, em 11 de setembro de 2019. Disponível em: (https://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2019/setembro/11/Portaria-Conjunta-PCDT-Psor--ase-2019.pdf)

2. Bula de Humira

3. Informações em arquivo AbbVie. Pacientes tratados com adalimumabe atualmente em todo o mundo. Junho de 2018.

FONTE AbbVie Brasil

Psoríase é doença inflamatória crônica imunomediada que, em fase grave, impacta a capacidade funcional e qualidade de vida do paciente. O novo PCDT ("Protocolo Clínico de Diretrizes Terapêuticas") para psoríase incluiu o anticorpo monoclonal humano adalimumabe, da AbbVie

SÃO PAULO, 12 de setembro de 2019 /PRNewswire/ -- A AbbVie, companhia biofarmacêutica global baseada em pesquisa, anuncia que seu medicamento biológico adalimumabe, anticorpo monoclonal totalmente humano, foi incluído no Protocolo Clínico de Diretrizes de Tratamento para psoríase moderada a grave, conforme publicação no Sistema Único de Saúde, do Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira, 11/09/2019  (Edição 176 | Seção 1 | Página: 216).1

Este é o primeiro PCDT para psoríase a incluir medicamentos biológicos, entre os quais adalimumabe, e a primeira atualização desde 2013. Por este protocolo, para psoríase moderada a grave, adalimumabe é recomendado "como primeira etapa de segunda linha após falha, intolerância ou contraindicação ao uso da terapia padrão (metotrexato, acitretina e ciclosporina)". A íntegra do PCDT para psoríase pode ser lida em http://www.saude.gov.br/protocolos-e-diretrizes#p 

Psoríase é doença inflamatória crônica, cujos sinais e sintomas se manifestam na pele. Ocorre quando o sistema imunológico induz a produção de células da pele em excesso; estas células se acumulam na superfície da pele e se manifestam como lesões avermelhadas e que descamam – em casos graves, podem sangrar. A causa não é totalmente conhecida, mas sabe-se que o sistema imunológico tem um papel importante no seu desencadeamento2.

Sobre adalimumabe

Adalimumabe é um anticorpo monoclonal totalmente humano desenvolvido e comercializado pela AbbVie
2. Desde seu lançamento, tem tratado mais de um milhão de pacientes2 em mais de 90 países e sua eficácia e segurança a longo prazo são demonstradas por mais de 100 estudos clínicos em todo o mundo3. Adalimumabe age bloqueando a proteína chamada TNF-alfa que, quando produzida em excesso pelo sistema imunológico, causa a inflamação que pode levar a doenças crônicas, como a artrite reumatoide, psoríase, doença de Crohn, hidradenite supurativa, entre outras2.

Sobre a AbbVie

A AbbVie é uma companhia biofarmacêutica global baseada em pesquisa e desenvolvimento, comprometida em desenvolver terapias avançadas e inovadoras, para algumas das doenças mais complexas do mundo.  A missão da companhia é usar seu conhecimento, equipe dedicada e abordagem exclusiva em inovação, para aprimorar tratamentos em quatro áreas terapêuticas principais: imunologia, oncologia, virologia e neurociência.  Em mais de 75 países, os colaboradores da AbbVie trabalham diariamente para avançar soluções em saúde para pessoas ao redor do mundo.  Para mais informações, acesse www.abbvie.com. Siga @abbvie no Twitter, FacebookLinkedIn ou Instagram.

No Brasil, a AbbVie começou a operar no início de 2014.  Suas unidades de negócios locais incluem imunologia, oncologia, virologia e especialidades. Entre suas diferentes áreas de atuação, conduz mais de 50 estudos e projetos clínicos, envolvendo mais de 200 equipes e centros de pesquisa brasileiros.  Para mais informações, acesse www.abbvie.com.br

Referências

1. Diário Oficial da União, em 11 de setembro de 2019. Disponível em: (https://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2019/setembro/11/Portaria-Conjunta-PCDT-Psor--ase-2019.pdf)

2. Bula de Humira

3. Informações em arquivo AbbVie. Pacientes tratados com adalimumabe atualmente em todo o mundo. Junho de 2018.

FONTE AbbVie Brasil

Você acabou de ler:

CONITEC Aprova Incorporação pelo SUS de Anticorpo Monoclonal Totalmente Humano (adalimumabe) da AbbVie para Psoríase

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/conitec-aprova-incorporacao-pelo-sus-de-anticorpo-monoclonal-totalmente-humano-adalimumabe-da-abbvie-para-psoriase/