Dados da Testes Moleculares apontam que 20% das pessoas testadas pelo método PCR em Parauapebas são portadoras do coronavírus

Empresa completou mais de 41 mil testes RT-PCR padrão ouro no município, e constatou que, entre os positivos, 30% são assintomáticos

SÃO PAULO, 5 de agosto de 2020 /PRNewswire/ -- Após completar mais de 41 mil testes RT-PCR padrão-ouro, e atender gratuitamente cerca de 20% da população do município de Parauapebas (PA), a Testes Moleculares constatou que uma a cada cinco pessoas testadas está contaminada com Sars-CoV-2, vírus da COVID-19. Entre os positivos, cerca de 30% são assintomáticos. Estes dados indicam que, em grandes centros como as principais capitais do País, o número de contaminados pode ser superior ao estimado.

"O índice de pessoas infectadas em Parauapebas acende um alerta de que a disseminação da pandemia pode ser maior do que se estima, e os dados disponíveis não são capazes de demonstrar isso por falta de uma testagem em massa pelo método RT-PCR, como feito neste município", destaca a Dra. Alexandra Reis, diretora Científica da Testes Moleculares.

Os dados da Testes Moleculares corroboram uma ampla pesquisa sobre a transmissão do coronavírus no Brasil, publicada pela Revista Nature, e, segundo a qual, entre fevereiro e maio, cada pessoa infectada por COVID-19 transmitiu a doença para mais três pessoas. Outro dado é que o vírus se espalhou inicialmente pelas grandes cidades e municípios e depois por cidades de menor porte, sendo que a população com menor nível socioeconômico registrou a maior incidência de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRGA) de causa desconhecida 

"Os nossos dados e esta pesquisa demonstram a urgência de se realizar uma ampla testagem pelo método RT-PCR, nas diversas localidades do País, permitindo controlar, efetivamente, a pandemia ", completa a Dra. Alexandra.

O teste RT-PCR aplicado pela Testes Moleculares, é 100% preciso, sem risco de falso positivo ou negativo, sendo capaz de detectar a contaminação desde o primeiro dia de contágio.

Aplicado desde 29 de maio, este programa é o maior de testagem em massa em uma única cidade no Brasil por este método. O projeto conta com apoio da prefeitura de Parauapebas e iniciativa privada, e em breve será implementado em outros estados.

O modelo de atuação da Testes Moleculares tem potencial para realizar mais de 100 mil testes/ dia, de acordo com cronograma de montagem e entrega das unidades, em qualquer região. É a única empresa no Brasil com capacidade para testes em massa pela metodologia PCR molecular.

Contato:

GPCOM Comunicação Corporativa

Débora Ferreira – deboraferreira@gpcom.com.br  (11) 98205-4797

Fábio Aguiar – fabio@gpcom.com.br  (11) 99171-6327

www.gpcom.com.br

FONTE Testes Moleculares

Empresa completou mais de 41 mil testes RT-PCR padrão ouro no município, e constatou que, entre os positivos, 30% são assintomáticos

SÃO PAULO, 5 de agosto de 2020 /PRNewswire/ -- Após completar mais de 41 mil testes RT-PCR padrão-ouro, e atender gratuitamente cerca de 20% da população do município de Parauapebas (PA), a Testes Moleculares constatou que uma a cada cinco pessoas testadas está contaminada com Sars-CoV-2, vírus da COVID-19. Entre os positivos, cerca de 30% são assintomáticos. Estes dados indicam que, em grandes centros como as principais capitais do País, o número de contaminados pode ser superior ao estimado.

"O índice de pessoas infectadas em Parauapebas acende um alerta de que a disseminação da pandemia pode ser maior do que se estima, e os dados disponíveis não são capazes de demonstrar isso por falta de uma testagem em massa pelo método RT-PCR, como feito neste município", destaca a Dra. Alexandra Reis, diretora Científica da Testes Moleculares.

Os dados da Testes Moleculares corroboram uma ampla pesquisa sobre a transmissão do coronavírus no Brasil, publicada pela Revista Nature, e, segundo a qual, entre fevereiro e maio, cada pessoa infectada por COVID-19 transmitiu a doença para mais três pessoas. Outro dado é que o vírus se espalhou inicialmente pelas grandes cidades e municípios e depois por cidades de menor porte, sendo que a população com menor nível socioeconômico registrou a maior incidência de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRGA) de causa desconhecida 

"Os nossos dados e esta pesquisa demonstram a urgência de se realizar uma ampla testagem pelo método RT-PCR, nas diversas localidades do País, permitindo controlar, efetivamente, a pandemia ", completa a Dra. Alexandra.

O teste RT-PCR aplicado pela Testes Moleculares, é 100% preciso, sem risco de falso positivo ou negativo, sendo capaz de detectar a contaminação desde o primeiro dia de contágio.

Aplicado desde 29 de maio, este programa é o maior de testagem em massa em uma única cidade no Brasil por este método. O projeto conta com apoio da prefeitura de Parauapebas e iniciativa privada, e em breve será implementado em outros estados.

O modelo de atuação da Testes Moleculares tem potencial para realizar mais de 100 mil testes/ dia, de acordo com cronograma de montagem e entrega das unidades, em qualquer região. É a única empresa no Brasil com capacidade para testes em massa pela metodologia PCR molecular.

Contato:

GPCOM Comunicação Corporativa

Débora Ferreira – deboraferreira@gpcom.com.br  (11) 98205-4797

Fábio Aguiar – fabio@gpcom.com.br  (11) 99171-6327

www.gpcom.com.br

FONTE Testes Moleculares

Você acabou de ler:

Dados da Testes Moleculares apontam que 20% das pessoas testadas pelo método PCR em Parauapebas são portadoras do coronavírus

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/dados-da-testes-moleculares-apontam-que-20-das-pessoas-testadas-pelo-metodo-pcr-em-parauapebas-sao-portadoras-do-coronavirus/