Dia da Educação: A importância de falar sobre meio ambiente no Ensino Fundamental

SÃO PAULO, 28 de abril de 2020 /PRNewswire/ -- O meio ambiente é uma temática potente para preparar crianças e adolescentes. Por isso, integrar o assunto ao planejamento pedagógico do Ensino Fundamental (1º ao 9º ano) é crucial para a conscientização das gerações futuras sobre a importância da proteção da natureza para o bem estar social.

"A educação básica é a porta de entrada para a sociedade do futuro. A infância e a juventude são os períodos mais importantes para determinar a nossa trajetória. Quando levamos a conversa sobre meio ambiente para a rotina escolar, garantimos a reflexão sobre o grau de necessidade e responsabilidade que temos em relação à sua preservação", afirma Malu Nunes, diretora executiva da Fundação Grupo Boticário e membro da Rede de Especialistas em Conservação da Natureza (RECN).

Em termos pedagógicos, a temática oferece ao educador novos elementos para relacionar os conteúdos ministrados às questões cotidianas e às vivências dos alunos. Indo além das aulas de ciências e biologia, as informações relacionadas à natureza e à importância da sua preservação permitem abordagens transversais, lúdicas e interdisciplinares.

Nas últimas décadas, a necessidade de discutir o tema cresceu consideravelmente diante das intervenções realizadas pelo homem e suas consequências. Nesse cenário, falar sobre meio ambiente é falar sobre formações sociais e comportamentos e, para isso, a educação básica tem papel essencial.

Para auxiliar nesse processo, a Fundação Grupo Boticário, que atua há 30 anos em prol da proteção à natureza, desenvolveu a coleção 'Meu Ambiente'. São dezoito livros paradidáticos, com referencial teórico e propostas de atividades (nove para professores e nove para estudantes). Em três anos, a coleção já alcançou mais de 30 municípios, auxiliando os estudos de quase 200 mil alunos e nove mil professores de todas as séries desse ciclo. Em razão da pandemia, foi disponibilizada para download gratuito.

A professora Débora Vidal, da Escola Municipal do Campo Nazira Borges, em Paranaguá (PR), adota a coleção desde 2018. Em sua primeira experiência, trabalhou o tema 'trânsito e a questão ambiental' com os alunos do 2º ano. Em 2019, com os estudantes do 4º ano, realizou o projeto 'palmeira Juçara'. Em 2020, o tema é 'água e a importância das árvores'.

"Com a quarentena, estou enviando o link para download para as famílias, para juntos darmos prosseguimento. É algo totalmente novo, um formato que nunca havia trabalhado. Mas tudo está caminhando bem", afirma Débora.

FONTE Fundação Grupo Boticário

SÃO PAULO, 28 de abril de 2020 /PRNewswire/ -- O meio ambiente é uma temática potente para preparar crianças e adolescentes. Por isso, integrar o assunto ao planejamento pedagógico do Ensino Fundamental (1º ao 9º ano) é crucial para a conscientização das gerações futuras sobre a importância da proteção da natureza para o bem estar social.

"A educação básica é a porta de entrada para a sociedade do futuro. A infância e a juventude são os períodos mais importantes para determinar a nossa trajetória. Quando levamos a conversa sobre meio ambiente para a rotina escolar, garantimos a reflexão sobre o grau de necessidade e responsabilidade que temos em relação à sua preservação", afirma Malu Nunes, diretora executiva da Fundação Grupo Boticário e membro da Rede de Especialistas em Conservação da Natureza (RECN).

Em termos pedagógicos, a temática oferece ao educador novos elementos para relacionar os conteúdos ministrados às questões cotidianas e às vivências dos alunos. Indo além das aulas de ciências e biologia, as informações relacionadas à natureza e à importância da sua preservação permitem abordagens transversais, lúdicas e interdisciplinares.

Nas últimas décadas, a necessidade de discutir o tema cresceu consideravelmente diante das intervenções realizadas pelo homem e suas consequências. Nesse cenário, falar sobre meio ambiente é falar sobre formações sociais e comportamentos e, para isso, a educação básica tem papel essencial.

Para auxiliar nesse processo, a Fundação Grupo Boticário, que atua há 30 anos em prol da proteção à natureza, desenvolveu a coleção 'Meu Ambiente'. São dezoito livros paradidáticos, com referencial teórico e propostas de atividades (nove para professores e nove para estudantes). Em três anos, a coleção já alcançou mais de 30 municípios, auxiliando os estudos de quase 200 mil alunos e nove mil professores de todas as séries desse ciclo. Em razão da pandemia, foi disponibilizada para download gratuito.

A professora Débora Vidal, da Escola Municipal do Campo Nazira Borges, em Paranaguá (PR), adota a coleção desde 2018. Em sua primeira experiência, trabalhou o tema 'trânsito e a questão ambiental' com os alunos do 2º ano. Em 2019, com os estudantes do 4º ano, realizou o projeto 'palmeira Juçara'. Em 2020, o tema é 'água e a importância das árvores'.

"Com a quarentena, estou enviando o link para download para as famílias, para juntos darmos prosseguimento. É algo totalmente novo, um formato que nunca havia trabalhado. Mas tudo está caminhando bem", afirma Débora.

FONTE Fundação Grupo Boticário

Você acabou de ler:

Dia da Educação: A importância de falar sobre meio ambiente no Ensino Fundamental

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/dia-da-educacao-a-importancia-de-falar-sobre-meio-ambiente-no-ensino-fundamental/