Dia das Mães: Xi inspirado por sua mãe na formação de perspectivas sobre a vida e governança

PEQUIM, 10 de maio de 2021 /PRNewswire/ -- Para o presidente chinês, Xi Jinping, "a família é a primeira sala de aula das pessoas, e os pais são os primeiros professores das crianças". As palavras indeléveis de sua mãe, Qi Xin, e o belo exemplo do incrível membro feminino do partido estão arraigados nas perspectivas de Xi sobre a vida e filosofia de governança, motivando-o a honrar solenemente seus deveres com a nação e o povo.

Antes do Dia das Mães, que cai em 9 de maio este ano, o China Media Group (CMG) publicou no sábado uma história narrando como Qi estabeleceu um modelo exemplar para o presidente chinês, na comemoração geral para homenagear a maternidade, os laços maternos e a influência das mães na sociedade.

Ao longo dos anos, Qi ensinou a seu filho três importantes lições de vida: dedicação pura e altruísta ao país, honestidade e autodisciplina e compromisso constante de deixar de lado o bem-estar pessoal em benefício do bem-estar do povo.

Qi, que nasceu em 1924, ingressou no Partido Comunista da China (PCC) em 1939, aos 15 anos, tornando-se uma defensora incondicional dos valores e crenças do partido.

A mulher se lembra de duas experiências específicas nos períodos seguintes: passou dois anos perto da linha de frente durante a guerra de resistência do povo chinês contra a agressão japonesa e mais oito anos trabalhando ao lado de agricultores no noroeste da China, vivências que a ajudaram a construir uma ligação especial com o povo.

A experiência da mãe encontra ressonância no filho. Do mesmo modo, Xi colocou a mochila nas costas e saiu de casa aos 15 anos para viver e trabalhar com os agricultores na vila de Liangjiahe, na província de Shaanxi, no noroeste da China.

Durante os anos no campo, Xi foi acompanhado por uma sacola de costura bordada com o "coração da mãe" feito por Qi. As palavras tinham por objetivo lembrar Xi de manter-se fiel às aspirações originais ao país e à causa revolucionária, que são intenções compartilhadas tanto pela mãe quanto pelo filho.

Durante toda a infância de Xi, sua mãe frequentemente o incentivava a ser rigoroso consigo mesmo, especialmente quando ele desempenhava papéis de liderança.

Qi levava a sério o lema "trabalhar bem, estudar bem e lidar bem com tudo na vida" e também encorajava seu filho a seguir a mesma diretriz.

Suas palavras de apoio inspiraram muito seu filho a servir o público em geral com o objetivo de proporcionar uma boa vida para as famílias chinesas.

Vídeo - https://www.youtube.com/watch?v=0xj6Q69Re-8

 

FONTE CCTV+

PEQUIM, 10 de maio de 2021 /PRNewswire/ -- Para o presidente chinês, Xi Jinping, "a família é a primeira sala de aula das pessoas, e os pais são os primeiros professores das crianças". As palavras indeléveis de sua mãe, Qi Xin, e o belo exemplo do incrível membro feminino do partido estão arraigados nas perspectivas de Xi sobre a vida e filosofia de governança, motivando-o a honrar solenemente seus deveres com a nação e o povo.

Antes do Dia das Mães, que cai em 9 de maio este ano, o China Media Group (CMG) publicou no sábado uma história narrando como Qi estabeleceu um modelo exemplar para o presidente chinês, na comemoração geral para homenagear a maternidade, os laços maternos e a influência das mães na sociedade.

Ao longo dos anos, Qi ensinou a seu filho três importantes lições de vida: dedicação pura e altruísta ao país, honestidade e autodisciplina e compromisso constante de deixar de lado o bem-estar pessoal em benefício do bem-estar do povo.

Qi, que nasceu em 1924, ingressou no Partido Comunista da China (PCC) em 1939, aos 15 anos, tornando-se uma defensora incondicional dos valores e crenças do partido.

A mulher se lembra de duas experiências específicas nos períodos seguintes: passou dois anos perto da linha de frente durante a guerra de resistência do povo chinês contra a agressão japonesa e mais oito anos trabalhando ao lado de agricultores no noroeste da China, vivências que a ajudaram a construir uma ligação especial com o povo.

A experiência da mãe encontra ressonância no filho. Do mesmo modo, Xi colocou a mochila nas costas e saiu de casa aos 15 anos para viver e trabalhar com os agricultores na vila de Liangjiahe, na província de Shaanxi, no noroeste da China.

Durante os anos no campo, Xi foi acompanhado por uma sacola de costura bordada com o "coração da mãe" feito por Qi. As palavras tinham por objetivo lembrar Xi de manter-se fiel às aspirações originais ao país e à causa revolucionária, que são intenções compartilhadas tanto pela mãe quanto pelo filho.

Durante toda a infância de Xi, sua mãe frequentemente o incentivava a ser rigoroso consigo mesmo, especialmente quando ele desempenhava papéis de liderança.

Qi levava a sério o lema "trabalhar bem, estudar bem e lidar bem com tudo na vida" e também encorajava seu filho a seguir a mesma diretriz.

Suas palavras de apoio inspiraram muito seu filho a servir o público em geral com o objetivo de proporcionar uma boa vida para as famílias chinesas.

Vídeo - https://www.youtube.com/watch?v=0xj6Q69Re-8

 

FONTE CCTV+

Você acabou de ler:

Dia das Mães: Xi inspirado por sua mãe na formação de perspectivas sobre a vida e governança

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/dia-das-maes-xi-inspirado-por-sua-mae-na-formacao-de-perspectivas-sobre-a-vida-e-governanca/