Diversidade de gênero nos negócios teve grande progresso, mas desafios significativos perduram de acordo com nova pesquisa da YPO

NOVA YORK, 27 de maio de 2021 /PRNewswire/ -- A ética profissional, a capacidade de construir relacionamentos e a paixão pelo que se faz são fatores-chave para quem quer se tornar um líder empresarial de acordo com a nova pesquisa mundial de igualdade de gêneros em cargos de diretoria realizada por YPO, Financial Times e United Nations Women HeForShe. Com a missão de apresentar percepções reveladoras sobre a jornada à diretoria, a pesquisa foi divulgada hoje no HeForShe Summit.

Conduzida entre 10 e 22 de março de 2021 e contando com a participação de 2.079 diretores da YPO em 106 países, a pesquisa oferece o conhecimento necessário sobre os obstáculos específicos de gênero que os líderes enfrentam para chegarem ao cargo de diretor executivo, assim como ideias sobre como remover tais obstáculos para as gerações futuras. 

As principais descobertas foram:

  • No geral, 57% dos entrevistados entre líderes globais de negócios relataram que suas empresas são um pouco mais ou significativamente mais diversificadas em termos de gênero do que eram há cinco anos.
  • A jornada de liderança para as mulheres leva, em média, dois anos a mais que para os homens.
  • As empresas lideradas por mulheres relatam mais diversidade feminina em seus conselhos de diretoria, na gestão sênior e em suas empresas. As mulheres em cargos de diretoria relataram que 43% de sua gerência sênior é composta por mulheres em comparação a 26% em empresas gerenciadas por homens. No nível organizacional, 48% da força de trabalho é feminina em empresas lideradas por mulheres. Esse valor cai para 37% em empresas lideradas por homens.
  • Mulheres em cargos de diretoria apresentam maior probabilidade de enfrentar problemas no "equilíbrio entre respeito e conquistar a simpatia de outros" (30%) e "superação das preconceitos de outros a meu respeito" (20%) do que homens ocupando o mesmo cargo." Em contraste, apenas 9% dos diretores do sexo masculino precisaram superar preconceitos.
  • Quando questionados sobre as "expectativas culturais relacionadas ao gênero", 2% dos homens entrevistados relataram ter enfrentado isso em comparação com 47% das mulheres entrevistadas.
  • Setenta e três por cento das mulheres entrevistadas, em comparação a 42% dos entrevistados do sexo masculino, tiraram licença ou sacrificaram o avanço na carreira devido a necessidades familiares.

Os entrevistados da YPO forneceram várias percepções importantes sobre como todos os líderes empresariais podem criar um caminho mais justo no futuro, incluindo:

  • Realizar treinamentos sobre preconceito
  • Priorizar o recrutamento de mulheres
  • Apoiar opções flexíveis de trabalho

Os resultados integrais da pesquisa estão disponíveis no site YPO.org.  

A metodologia de pesquisa global de igualdade de gênero em cargos de diretoria da YPO: 

A Pesquisa global de igualdade de gênero em cargos de diretoria foi respondida pelos membros da YPO de 10 a 22 de março de 2021 por meio de um questionário on-line. Um total de 2.079 membros da YPO, cujas idades variam de 24 a 92 anos, respondeu à pesquisa. Os membros desta amostra, dos quais 23% eram mulheres, são representativos da maioria do pessoal da YPO e são de 106 países diferentes. A margem de erro da pesquisa é de mais ou menos 2,09 pontos percentuais para mais ou para menos com intervalo de confiança de 95%.

Sobre a YPO:

A YPO é a comunidade de liderança global de mais de 30 mil executivos em 142 países que estão conectados pela crença compartilhada de que o mundo precisa de líderes melhores. Cada um de nossos membros alcançou um sucesso de liderança significativo quando ainda eram bem jovens. Somados, eles dirigem empresas e organizações que contribuem com uma receita anual de US$ 9 trilhões. Os membros da YPO se inspiram e apoiam por meio de aprendizagem mútua em uma comunidade inclusiva de compartilhamento aberto e confiança. Acesse ypo.org para obter mais informações. 

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/1065220/YPO_Logo.jpg

 

FONTE YPO

NOVA YORK, 27 de maio de 2021 /PRNewswire/ -- A ética profissional, a capacidade de construir relacionamentos e a paixão pelo que se faz são fatores-chave para quem quer se tornar um líder empresarial de acordo com a nova pesquisa mundial de igualdade de gêneros em cargos de diretoria realizada por YPO, Financial Times e United Nations Women HeForShe. Com a missão de apresentar percepções reveladoras sobre a jornada à diretoria, a pesquisa foi divulgada hoje no HeForShe Summit.

Conduzida entre 10 e 22 de março de 2021 e contando com a participação de 2.079 diretores da YPO em 106 países, a pesquisa oferece o conhecimento necessário sobre os obstáculos específicos de gênero que os líderes enfrentam para chegarem ao cargo de diretor executivo, assim como ideias sobre como remover tais obstáculos para as gerações futuras. 

As principais descobertas foram:

  • No geral, 57% dos entrevistados entre líderes globais de negócios relataram que suas empresas são um pouco mais ou significativamente mais diversificadas em termos de gênero do que eram há cinco anos.
  • A jornada de liderança para as mulheres leva, em média, dois anos a mais que para os homens.
  • As empresas lideradas por mulheres relatam mais diversidade feminina em seus conselhos de diretoria, na gestão sênior e em suas empresas. As mulheres em cargos de diretoria relataram que 43% de sua gerência sênior é composta por mulheres em comparação a 26% em empresas gerenciadas por homens. No nível organizacional, 48% da força de trabalho é feminina em empresas lideradas por mulheres. Esse valor cai para 37% em empresas lideradas por homens.
  • Mulheres em cargos de diretoria apresentam maior probabilidade de enfrentar problemas no "equilíbrio entre respeito e conquistar a simpatia de outros" (30%) e "superação das preconceitos de outros a meu respeito" (20%) do que homens ocupando o mesmo cargo." Em contraste, apenas 9% dos diretores do sexo masculino precisaram superar preconceitos.
  • Quando questionados sobre as "expectativas culturais relacionadas ao gênero", 2% dos homens entrevistados relataram ter enfrentado isso em comparação com 47% das mulheres entrevistadas.
  • Setenta e três por cento das mulheres entrevistadas, em comparação a 42% dos entrevistados do sexo masculino, tiraram licença ou sacrificaram o avanço na carreira devido a necessidades familiares.

Os entrevistados da YPO forneceram várias percepções importantes sobre como todos os líderes empresariais podem criar um caminho mais justo no futuro, incluindo:

  • Realizar treinamentos sobre preconceito
  • Priorizar o recrutamento de mulheres
  • Apoiar opções flexíveis de trabalho

Os resultados integrais da pesquisa estão disponíveis no site YPO.org.  

A metodologia de pesquisa global de igualdade de gênero em cargos de diretoria da YPO: 

A Pesquisa global de igualdade de gênero em cargos de diretoria foi respondida pelos membros da YPO de 10 a 22 de março de 2021 por meio de um questionário on-line. Um total de 2.079 membros da YPO, cujas idades variam de 24 a 92 anos, respondeu à pesquisa. Os membros desta amostra, dos quais 23% eram mulheres, são representativos da maioria do pessoal da YPO e são de 106 países diferentes. A margem de erro da pesquisa é de mais ou menos 2,09 pontos percentuais para mais ou para menos com intervalo de confiança de 95%.

Sobre a YPO:

A YPO é a comunidade de liderança global de mais de 30 mil executivos em 142 países que estão conectados pela crença compartilhada de que o mundo precisa de líderes melhores. Cada um de nossos membros alcançou um sucesso de liderança significativo quando ainda eram bem jovens. Somados, eles dirigem empresas e organizações que contribuem com uma receita anual de US$ 9 trilhões. Os membros da YPO se inspiram e apoiam por meio de aprendizagem mútua em uma comunidade inclusiva de compartilhamento aberto e confiança. Acesse ypo.org para obter mais informações. 

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/1065220/YPO_Logo.jpg

 

FONTE YPO

Você acabou de ler:

Diversidade de gênero nos negócios teve grande progresso, mas desafios significativos perduram de acordo com nova pesquisa da YPO

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/diversidade-de-genero-nos-negocios-teve-grande-progresso-mas-desafios-significativos-perduram-de-acordo-com-nova-pesquisa-da-ypo/