Documentário CHINA retorna para segunda temporada, apresentando estética chinesa com filmologia oriental

CHANGSHA, China, 2 de março de 2022 /PRNewswire/ -- O tão esperado documentário CHINA, que retorna para uma segunda temporada apresentando estética do leste asiático e continua a exploração do legado da China nas dinastias Tang, Song, Yuan, Ming e Qing, fez sua estreia mundial na Mango TV e na Hunan TV em 28 de fevereiro de 2022.

A cinematografia do documentário se inspira na pintura chinesa à mão livre e utiliza imagens simétricas para expressar a beleza da harmonia e gerar uma qualidade pura e sublime. Com a configuração de imagem e composição de cores enfatizando intensamente os princípios estéticos orientais, cada quadro é transformado em uma vívida pintura em estilo sumi-ê desdobrada diante do público.

As histórias também não se desenrolam por meio de mera atuação, mas também de uma linguagem visual simbólica, combinada com uma composição de imagens minimalista para transmitir informações contextuais. O documentário também é filmado em alta faixa dinâmica (HDR) para oferecer a seu público global uma experiência cinematográfica totalmente imersiva.

Mostrando a estética oriental em sua melhor qualidade, a narrativa também se inspira na essência das artes visuais tradicionais chinesas, caracterizadas por expressões vivas e contornos ousados. Assim, a beleza é expressa pela captura do espírito e da força interiores por meio de uma linguagem poética, e não por uma descrição linear. Por exemplo, em uma cena do documentário, Du Fu, um dos poetas mais reverenciados da história chinesa, utiliza a ópera Qinqiang para expressar seu monólogo interior enquanto segura um pincel no ar para escrever poemas.

Utiliza-se câmera lenta durante todo o documentário para dar uma maior sensação de serenidade e intimidade, criando uma condição semi-realista e onírica à medida que o público aprecia o encanto da cultura chinesa. O resultado é um documentário elegante, sem perder a seriedade; interessante, sem perder o toque emocional; e fácil de entender, sem perder a profundidade.

Sobre o documentário CHINA 

Coproduzido pela Mango TV, Hunan TV e Beijing Bojing Culture, a segunda temporada do documentário histórico CHINA explora o legado da China na era Tianbao, na Dinastia Tang, a turbulência das Cinco Dinastias e a unificação nacional das dinastias Yuan, Ming e Qing, para a revolução de 1911, mostrando a estética oriental com as mais recentes tecnologias cinematográficas.

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1756862/1.jpg 

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1756863/2.jpg

 

 

FONTE Mango TV

CHANGSHA, China, 2 de março de 2022 /PRNewswire/ -- O tão esperado documentário CHINA, que retorna para uma segunda temporada apresentando estética do leste asiático e continua a exploração do legado da China nas dinastias Tang, Song, Yuan, Ming e Qing, fez sua estreia mundial na Mango TV e na Hunan TV em 28 de fevereiro de 2022.

A cinematografia do documentário se inspira na pintura chinesa à mão livre e utiliza imagens simétricas para expressar a beleza da harmonia e gerar uma qualidade pura e sublime. Com a configuração de imagem e composição de cores enfatizando intensamente os princípios estéticos orientais, cada quadro é transformado em uma vívida pintura em estilo sumi-ê desdobrada diante do público.

As histórias também não se desenrolam por meio de mera atuação, mas também de uma linguagem visual simbólica, combinada com uma composição de imagens minimalista para transmitir informações contextuais. O documentário também é filmado em alta faixa dinâmica (HDR) para oferecer a seu público global uma experiência cinematográfica totalmente imersiva.

Mostrando a estética oriental em sua melhor qualidade, a narrativa também se inspira na essência das artes visuais tradicionais chinesas, caracterizadas por expressões vivas e contornos ousados. Assim, a beleza é expressa pela captura do espírito e da força interiores por meio de uma linguagem poética, e não por uma descrição linear. Por exemplo, em uma cena do documentário, Du Fu, um dos poetas mais reverenciados da história chinesa, utiliza a ópera Qinqiang para expressar seu monólogo interior enquanto segura um pincel no ar para escrever poemas.

Utiliza-se câmera lenta durante todo o documentário para dar uma maior sensação de serenidade e intimidade, criando uma condição semi-realista e onírica à medida que o público aprecia o encanto da cultura chinesa. O resultado é um documentário elegante, sem perder a seriedade; interessante, sem perder o toque emocional; e fácil de entender, sem perder a profundidade.

Sobre o documentário CHINA 

Coproduzido pela Mango TV, Hunan TV e Beijing Bojing Culture, a segunda temporada do documentário histórico CHINA explora o legado da China na era Tianbao, na Dinastia Tang, a turbulência das Cinco Dinastias e a unificação nacional das dinastias Yuan, Ming e Qing, para a revolução de 1911, mostrando a estética oriental com as mais recentes tecnologias cinematográficas.

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1756862/1.jpg 

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1756863/2.jpg

 

 

FONTE Mango TV

Você acabou de ler:

Documentário CHINA retorna para segunda temporada, apresentando estética chinesa com filmologia oriental

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/documentario-china-retorna-para-segunda-temporada-apresentando-estetica-chinesa-com-filmologia-oriental/