EarthDaily Analytics cria coalizão de apoio aos agricultores ucranianos com mais de 50 setores

Ações coordenadas de parceiros internacionais permitem que produtores tenham áreas de cultivo monitoradas por satélite e dados meteorológicos para uso mais eficiente dos recursos disponíveis

SÃO PAULO, 2 de junho de 2022 /PRNewswire/ -- Com acesso antes limitado a informações sobre condições climáticas e índice de vegetação em áreas de produção agrícola durante a guerra, produtores ucranianos estão agora conseguindo monitorar gratuitamente suas propriedades por meio de imagens de satélite. O monitoramento permite manter as áreas de cultivo sob controle mesmo a grandes distâncias.

Com esses dados geoanalíticos, os produtores conseguem visualizar, por exemplo, indicadores meteorológicos que podem levar ao desenvolvimento de determinadas doenças ou pragas. Assim, eles localizam as áreas críticas que necessitam de manejo para preservar o potencial da cultura. O progresso das medidas adotadas pode ser avaliado por meio de mapas de vegetação.

Essa tecnologia está disponível graças à Coalizão de Apoio aos Agricultores Ucranianos (Support Ukrainian Farmers Coalition - SUFC), criado pela EarthDaily Analytics (EDA), para oferecer apoio direto e material aos agricultores da Ucrânia e garantir a semeadura, adubação, aplicação de defensivos e colheita na Ucrânia em 2022 e posteriormente. Com mais de 50 setores envolvidos, a Coalizão coordena ações e esforços de parceiros internacionais para fornecer sementes, fertilizantes e recomendações agronômicas baseadas em dados de satélite e meteorológicos para uso mais eficiente dos recursos disponíveis.

"Reagimos de forma precoce e decisiva à invasão da Rússia, encerrando totalmente nossas operações neste país e concentrando-nos na segurança e no bem-estar de nossos funcionários e clientes ucranianos", disse Don Osborne, CEO da EarthDaily Analytics, empresa de processamento e análise de dados, que combina ferramentas de big data com tecnologias espaciais. "Agora, diante de uma crise econômica e de segurança alimentar iminente dentro da Ucrânia e em todo o mundo, utilizamos nossa presença atual na região e a rede de relacionamentos do setor agrícola regional e global para oferecer apoio material aos agricultores da Ucrânia, um dos países produtores de alimentos mais importantes do mundo".

Através da parceria entre a EarthDaily Analytics e a Agrilab, fornecedor de soluções integradas de agricultura de precisão, os agricultores podem otimizar a produção diante da escassez de recursos causada pela guerra com uma ferramenta geoanalítica gratuita. A área total de fazendas atualmente inscritas no programa de monitoramento é de cerca de 7 milhões de hectares, sendo 1,5 milhão de hectares monitorados ativamente devido às complicações apresentadas pelo conflito - volume que poderá crescer sem restrições.

"O fato é que as ferramentas e serviços da EDA são conhecidos entre os agricultores na Ucrânia há muitos anos, com dados meteorológicos precisos para planejar as operações agronômicas e interface de dados amigável", explica Don Osborne. Termos ferramentas para identificar diariamente campos com problemas. Isso economiza tempo, oferece recursos para controle de campo e permite que o produtor tome decisões oportunas para preservar e buscar aumentar a produtividade", diz.

Os ciclos agronômicos na Ucrânia diferem do Brasil. As culturas de inverno - com destaque para o trigo - foram semeadas no outono de 2021 e a colheita está prevista para o período de julho e agosto próximos. De março a maio foram semeadas as culturas de primavera - as principais são girassol, milho, beterraba-sacarina, soja e cevada – que estão em germinação, com colheita prevista para o outono de 2022. Há registros de problemas causados pela guerra nas regiões leste e sul do país, onde estava ocorrendo a semeadura.

Brasil

Com o conflito na Ucrânia e as incertezas referentes à área destinada ao plantio do milho, alguns países podem ampliar a importação do cereal no Brasil, já que cerca de 60% do milho brasileiro exportado em 2020 tiveram como destino os mesmos países que também compraram milho da Ucrânia. (veja tabela abaixo)

Porém, o Brasil é altamente dependente da importação de fertilizantes para atender a demanda doméstica, diz Pedro Ronzani, gerente de Negócios da EarthDaily Agro para a América Latina, divisão da EarthDaily Analytics. Cerca de 29% do total de fertilizante importado em 2020 veio da Rússia (22,3%) e Bielorrússia (6,6%), com destaque especial para os nitrogenados e potássicos. Com o conflito entre Rússia e Ucrânia pode haver alteração desse quadro, a depender das políticas adotadas.

"Diante desse momento de incertezas para a produção agrícola, entendemos que o trabalho da Coalizão é urgente para minimizar os impactos do fornecimento de grãos para o mercado mundial", explica Don Osborne.

Sobre a EarthDaily Analytics

A EarthDaily Analytics (EDA), com sede em Vancouver, na Colúmbia Britânica, é uma empresa de processamento e análise de dados verticalmente integrada, que utiliza ferramentas de big data de ponta e tecnologias espaciais comprovadas para oferecer dados de valor agregado às pessoas, empresas e entidades governamentais que enfrentam os desafios mais urgentes do mundo.

Para mais informações, acesse: www.earthdaily.com.

Contato:

Carol Silveira

carol@carolsilveira.com.vr

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1832217/EarthDaily_Analytics.jpg

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1832218/EarthDaily_Analytics.jpg

FONTE EarthDaily Analytics

Ações coordenadas de parceiros internacionais permitem que produtores tenham áreas de cultivo monitoradas por satélite e dados meteorológicos para uso mais eficiente dos recursos disponíveis

SÃO PAULO, 2 de junho de 2022 /PRNewswire/ -- Com acesso antes limitado a informações sobre condições climáticas e índice de vegetação em áreas de produção agrícola durante a guerra, produtores ucranianos estão agora conseguindo monitorar gratuitamente suas propriedades por meio de imagens de satélite. O monitoramento permite manter as áreas de cultivo sob controle mesmo a grandes distâncias.

Com esses dados geoanalíticos, os produtores conseguem visualizar, por exemplo, indicadores meteorológicos que podem levar ao desenvolvimento de determinadas doenças ou pragas. Assim, eles localizam as áreas críticas que necessitam de manejo para preservar o potencial da cultura. O progresso das medidas adotadas pode ser avaliado por meio de mapas de vegetação.

Essa tecnologia está disponível graças à Coalizão de Apoio aos Agricultores Ucranianos (Support Ukrainian Farmers Coalition - SUFC), criado pela EarthDaily Analytics (EDA), para oferecer apoio direto e material aos agricultores da Ucrânia e garantir a semeadura, adubação, aplicação de defensivos e colheita na Ucrânia em 2022 e posteriormente. Com mais de 50 setores envolvidos, a Coalizão coordena ações e esforços de parceiros internacionais para fornecer sementes, fertilizantes e recomendações agronômicas baseadas em dados de satélite e meteorológicos para uso mais eficiente dos recursos disponíveis.

"Reagimos de forma precoce e decisiva à invasão da Rússia, encerrando totalmente nossas operações neste país e concentrando-nos na segurança e no bem-estar de nossos funcionários e clientes ucranianos", disse Don Osborne, CEO da EarthDaily Analytics, empresa de processamento e análise de dados, que combina ferramentas de big data com tecnologias espaciais. "Agora, diante de uma crise econômica e de segurança alimentar iminente dentro da Ucrânia e em todo o mundo, utilizamos nossa presença atual na região e a rede de relacionamentos do setor agrícola regional e global para oferecer apoio material aos agricultores da Ucrânia, um dos países produtores de alimentos mais importantes do mundo".

Através da parceria entre a EarthDaily Analytics e a Agrilab, fornecedor de soluções integradas de agricultura de precisão, os agricultores podem otimizar a produção diante da escassez de recursos causada pela guerra com uma ferramenta geoanalítica gratuita. A área total de fazendas atualmente inscritas no programa de monitoramento é de cerca de 7 milhões de hectares, sendo 1,5 milhão de hectares monitorados ativamente devido às complicações apresentadas pelo conflito - volume que poderá crescer sem restrições.

"O fato é que as ferramentas e serviços da EDA são conhecidos entre os agricultores na Ucrânia há muitos anos, com dados meteorológicos precisos para planejar as operações agronômicas e interface de dados amigável", explica Don Osborne. Termos ferramentas para identificar diariamente campos com problemas. Isso economiza tempo, oferece recursos para controle de campo e permite que o produtor tome decisões oportunas para preservar e buscar aumentar a produtividade", diz.

Os ciclos agronômicos na Ucrânia diferem do Brasil. As culturas de inverno - com destaque para o trigo - foram semeadas no outono de 2021 e a colheita está prevista para o período de julho e agosto próximos. De março a maio foram semeadas as culturas de primavera - as principais são girassol, milho, beterraba-sacarina, soja e cevada – que estão em germinação, com colheita prevista para o outono de 2022. Há registros de problemas causados pela guerra nas regiões leste e sul do país, onde estava ocorrendo a semeadura.

Brasil

Com o conflito na Ucrânia e as incertezas referentes à área destinada ao plantio do milho, alguns países podem ampliar a importação do cereal no Brasil, já que cerca de 60% do milho brasileiro exportado em 2020 tiveram como destino os mesmos países que também compraram milho da Ucrânia. (veja tabela abaixo)

Porém, o Brasil é altamente dependente da importação de fertilizantes para atender a demanda doméstica, diz Pedro Ronzani, gerente de Negócios da EarthDaily Agro para a América Latina, divisão da EarthDaily Analytics. Cerca de 29% do total de fertilizante importado em 2020 veio da Rússia (22,3%) e Bielorrússia (6,6%), com destaque especial para os nitrogenados e potássicos. Com o conflito entre Rússia e Ucrânia pode haver alteração desse quadro, a depender das políticas adotadas.

"Diante desse momento de incertezas para a produção agrícola, entendemos que o trabalho da Coalizão é urgente para minimizar os impactos do fornecimento de grãos para o mercado mundial", explica Don Osborne.

Sobre a EarthDaily Analytics

A EarthDaily Analytics (EDA), com sede em Vancouver, na Colúmbia Britânica, é uma empresa de processamento e análise de dados verticalmente integrada, que utiliza ferramentas de big data de ponta e tecnologias espaciais comprovadas para oferecer dados de valor agregado às pessoas, empresas e entidades governamentais que enfrentam os desafios mais urgentes do mundo.

Para mais informações, acesse: www.earthdaily.com.

Contato:

Carol Silveira

carol@carolsilveira.com.vr

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1832217/EarthDaily_Analytics.jpg

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1832218/EarthDaily_Analytics.jpg

FONTE EarthDaily Analytics

Você acabou de ler:

EarthDaily Analytics cria coalizão de apoio aos agricultores ucranianos com mais de 50 setores

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/earthdaily-analytics-cria-coalizao-de-apoio-aos-agricultores-ucranianos-com-mais-de-50-setores/