Emirados Árabes Unidos anunciam prêmio de USD 2 milhões no desafio global FoodTech para atrair soluções agrotecnológicas de ponta

DUBAI, Emirados Árabes Unidos, 4 de abril de 2022 /PRNewswire/ -- Foi lançada na EXPO2020 Dubai, a segunda edição do desafio global FoodTech, que procura identificar a próxima onda de inovações tecnológicas que estão à beira de transformar as práticas agrícolas tradicionais, de forma eficiente e sustentável. Na data de hoje, será divulgado o valor total do prêmio da competição de USD 2 milhões.

Destinada a start-ups em estágio inicial, que vão desde equipes de pesquisa internacionais baseadas em universidades a empreendedores individuais e pequenas empresas, a competição convida inovações relacionadas a duas rotas críticas: "produção de alimentos" para atender à disponibilidade e abundância de alimentos e explorar alternativas ricas em nutrientes da "próxima geração", enquanto a rota da "perda e desperdício de alimentos" procura assegurar a sustentabilidade em toda a cadeia de fornecimento de alimentos e no planeta.

Com um prêmio total de até USD 2 milhões, os vencedores terão a oportunidade de ampliar seu modelo de negócio nos Emirados Árabes Unidos, com suporte de P&D, aceleração de start-ups, incentivos comerciais e mentoria para levar os conceitos vencedores do laboratório ao mercado. As inscrições estão sendo incentivadas em todo o mundo, com prioridade em nações concentradas em agrotecnologia.

O desafio FoodTech é organizado pelo Ministério de Mudanças Climáticas e Meio Ambiente dos EAU e Tamkeen, uma entidade de Abu Dhabi que faz parcerias com instituições líderes locais e internacionais para realizar projetos que enriqueçam o cenário social, cultural e educacional dos Emirados Árabes Unidos. Para esta edição da competição, eles se juntaram ao ASPIRE, o pilar de gestão do programa do Conselho de Pesquisa em Tecnologia Avançada (ATRC), que supervisiona o financiamento de P&D relacionado à tecnologia para Abu Dhabi e os Emirados Árabes Unidos. O desafio é apoiado em cada rota por um defensor local. ADQ e Silal são os parceiros na área de aumento da produção de alimentos, enquanto a Fundação Emirates é o parceiro na área de redução da perda e desperdício de alimentos. 

Comentando o lançamento, Sua Excelência Mariam Almheiri, Ministra das Mudanças Climáticas e Meio Ambiente, disse: "A importância da segurança alimentar nunca foi tão pertinente, com os desafios da cadeia de suprimentos e as mudanças climáticas revolucionando o mundo como o conhecemos. A pressão é para que repensemos os alimentos para o futuro, repensemos as práticas agrícolas resilientes e aproveitemos o melhor dos avanços tecnológicos ao utilizá-los. O desafio FoodTech nos aproxima de encontrar algumas dessas soluções, reconhecendo o papel crítico que a inovação tem a desempenhar para enfrentar nossos desafios comuns."

Rima Al Mokarrab, presidente da Tamkeen, complementou: "Responder às ambições de segurança alimentar de longo prazo e de longo alcance dos Emirados Árabes Unidos requer abordagens ousadas que promovam ideias criativas, novos modelos e ampla coordenação com o ecossistema global de agrotecnologia. O desafio FoodTech reúne um poderoso consórcio de parceiros multissetoriais que impulsionam o progresso – apoiando soluções sustentáveis, impulsionadas pela tecnologia e comercialmente viáveis para prosperar aqui nos Emirados Árabes Unidos."

Com foco em tecnologias inovadoras, Sua Excelência Faisal Al Bannai, secretário-geral do ATRC, disse: "Os Emirados Árabes Unidos são um dos lugares mais interessantes do mundo no momento no que diz respeito a inovação e aproveitamento do poder da tecnologia de ponta para ajudar a encontrar as respostas para alguns dos problemas mais urgentes da sociedade. O desafio FoodTech é mais um exemplo fantástico disso, com os Emirados Árabes Unidos recebendo as mentes mais brilhantes do planeta enquanto se reúnem para colaborar, explorar e expandir as fronteiras da agrotecnologia."

A competição é apoiada pelo Abu Dhabi Global Market, Abu Dhabi Residents Office, The Catalyst Accelerator e Khalifa Fund for Enterprise Development.

As inscrições para o desafio permanecerão abertas até junho, quando as candidaturas serão selecionadas e as dez melhores equipes terão a oportunidade de apresentar seus casos de negócios na cerimônia de premiação em novembro. Os participantes podem enviar suas inscrições por meio do site www.foodtechchallenge.com.  

A primeira edição do desafio FoodTech recebeu 437 inscrições de 68 países, com vencedores anunciados da Austrália, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos e Reino Unido.

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/1777878/FoodTech_Challenge_Logo.jpg

 

 

FONTE FoodTech Challenge

DUBAI, Emirados Árabes Unidos, 4 de abril de 2022 /PRNewswire/ -- Foi lançada na EXPO2020 Dubai, a segunda edição do desafio global FoodTech, que procura identificar a próxima onda de inovações tecnológicas que estão à beira de transformar as práticas agrícolas tradicionais, de forma eficiente e sustentável. Na data de hoje, será divulgado o valor total do prêmio da competição de USD 2 milhões.

Destinada a start-ups em estágio inicial, que vão desde equipes de pesquisa internacionais baseadas em universidades a empreendedores individuais e pequenas empresas, a competição convida inovações relacionadas a duas rotas críticas: "produção de alimentos" para atender à disponibilidade e abundância de alimentos e explorar alternativas ricas em nutrientes da "próxima geração", enquanto a rota da "perda e desperdício de alimentos" procura assegurar a sustentabilidade em toda a cadeia de fornecimento de alimentos e no planeta.

Com um prêmio total de até USD 2 milhões, os vencedores terão a oportunidade de ampliar seu modelo de negócio nos Emirados Árabes Unidos, com suporte de P&D, aceleração de start-ups, incentivos comerciais e mentoria para levar os conceitos vencedores do laboratório ao mercado. As inscrições estão sendo incentivadas em todo o mundo, com prioridade em nações concentradas em agrotecnologia.

O desafio FoodTech é organizado pelo Ministério de Mudanças Climáticas e Meio Ambiente dos EAU e Tamkeen, uma entidade de Abu Dhabi que faz parcerias com instituições líderes locais e internacionais para realizar projetos que enriqueçam o cenário social, cultural e educacional dos Emirados Árabes Unidos. Para esta edição da competição, eles se juntaram ao ASPIRE, o pilar de gestão do programa do Conselho de Pesquisa em Tecnologia Avançada (ATRC), que supervisiona o financiamento de P&D relacionado à tecnologia para Abu Dhabi e os Emirados Árabes Unidos. O desafio é apoiado em cada rota por um defensor local. ADQ e Silal são os parceiros na área de aumento da produção de alimentos, enquanto a Fundação Emirates é o parceiro na área de redução da perda e desperdício de alimentos. 

Comentando o lançamento, Sua Excelência Mariam Almheiri, Ministra das Mudanças Climáticas e Meio Ambiente, disse: "A importância da segurança alimentar nunca foi tão pertinente, com os desafios da cadeia de suprimentos e as mudanças climáticas revolucionando o mundo como o conhecemos. A pressão é para que repensemos os alimentos para o futuro, repensemos as práticas agrícolas resilientes e aproveitemos o melhor dos avanços tecnológicos ao utilizá-los. O desafio FoodTech nos aproxima de encontrar algumas dessas soluções, reconhecendo o papel crítico que a inovação tem a desempenhar para enfrentar nossos desafios comuns."

Rima Al Mokarrab, presidente da Tamkeen, complementou: "Responder às ambições de segurança alimentar de longo prazo e de longo alcance dos Emirados Árabes Unidos requer abordagens ousadas que promovam ideias criativas, novos modelos e ampla coordenação com o ecossistema global de agrotecnologia. O desafio FoodTech reúne um poderoso consórcio de parceiros multissetoriais que impulsionam o progresso – apoiando soluções sustentáveis, impulsionadas pela tecnologia e comercialmente viáveis para prosperar aqui nos Emirados Árabes Unidos."

Com foco em tecnologias inovadoras, Sua Excelência Faisal Al Bannai, secretário-geral do ATRC, disse: "Os Emirados Árabes Unidos são um dos lugares mais interessantes do mundo no momento no que diz respeito a inovação e aproveitamento do poder da tecnologia de ponta para ajudar a encontrar as respostas para alguns dos problemas mais urgentes da sociedade. O desafio FoodTech é mais um exemplo fantástico disso, com os Emirados Árabes Unidos recebendo as mentes mais brilhantes do planeta enquanto se reúnem para colaborar, explorar e expandir as fronteiras da agrotecnologia."

A competição é apoiada pelo Abu Dhabi Global Market, Abu Dhabi Residents Office, The Catalyst Accelerator e Khalifa Fund for Enterprise Development.

As inscrições para o desafio permanecerão abertas até junho, quando as candidaturas serão selecionadas e as dez melhores equipes terão a oportunidade de apresentar seus casos de negócios na cerimônia de premiação em novembro. Os participantes podem enviar suas inscrições por meio do site www.foodtechchallenge.com.  

A primeira edição do desafio FoodTech recebeu 437 inscrições de 68 países, com vencedores anunciados da Austrália, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos e Reino Unido.

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/1777878/FoodTech_Challenge_Logo.jpg

 

 

FONTE FoodTech Challenge

Você acabou de ler:

Emirados Árabes Unidos anunciam prêmio de USD 2 milhões no desafio global FoodTech para atrair soluções agrotecnológicas de ponta

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/emirados-arabes-unidos-anunciam-premio-de-usd-2-milhoes-no-desafio-global-foodtech-para-atrair-solucoes-agrotecnologicas-de-ponta/