Empresário José Roberto Colnaghi, da GreenPlac, recebe prêmio no Mato Grosso do Sul

Mais nova fabricante de MDF do país trouxe tecnologia de ponta ao estado

SÃO PAULO, 10 de dezembro de 2019 /PRNewswire/ -- O presidente do Conselho de Administração da Asperbras, José Roberto Colnaghi, vai receber o prêmio Gran Colar do Mérito Industrial, concedido pela Fiems (Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso do Sul). A premiação foi motivada pela instalação da GreenPlac no município de Água Clara, que trouxe grande desenvolvimento para a região.

O prêmio será entregue no dia 16 de dezembro, às 19h30 na sede da Federação das Indústrias, em Campo Grande (MS), no mesmo evento em que a Fiems completa 40 anos.

Já faz um ano que a GreenPlac abriu oficialmente as portas. Instalada no município de Água Clara (MS), de apenas 15 mil habitantes, a empresa mudou a vida da cidade e se tornou o mais novo player brasileiro do segmento.

Neste início de atividades, a empresa já concluiu a meta de produzir 250 mil metros cúbicos de MDF por ano. Nas etapas seguintes, a companhia pretende instalar uma nova linha de produção, que agregará entre 600 mil e 700 mil metros cúbicos do produto.

A nova linha será incorporada à fábrica sem necessidade de obras de ampliação. A construção da unidade já contemplava a introdução de mais duas linhas produtivas, distribuídas entre a aquisição de maquinário importado da Alemanha, plantio de 12 mil hectares de eucalipto, contratação e formação de equipes altamente especializadas.

A empresa está implantando uma unidade de produção de resina, uma das principais matérias primas do MDF que vai aprimorar ainda mais a qualidade e produtividade da Greenplac.

GreenPlac investe na formação de pessoas

Atualmente, a GreenPlac emprega 400 colaboradores diretos, mas seu impacto na cadeia produtiva envolve também cerca de 500 empregos indiretos. A empresa atingiu rapidamente uma performance de produção com boa aceitação no mercado devido a qualidade do produto atual além de um planejamento criterioso.

Destacam-se no processo a contratação, técnicos e engenheiros de diversas especialidades com muita experiência no segmento. Além disso, a companhia promoveu, em parceria com o Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) o curso "Operador de Produção", que contemplou cinco meses de aulas teóricas e dois meses de prática no ambiente industrial.

Sustentabilidade na produção de energia

GreenPlac foi idealizada para funcionar a partir do uso do eucalipto de florestas plantadas pelo próprio grupo, em uma iniciativa que preserva o ambiente. A energia utilizada em seu processo produtivo também passou pelas preocupações da empresa. Simultaneamente ao início das atividades da fábrica, a Asperbras instalou uma usina termelétrica de biomassa em Guarapuava (PR). A unidade funciona a partir da queima de rejeitos da indústria madeireira da região. A energia limpa obtida nesse processo equivale ao que é utilizado na produção de MDF. A venda da eletricidade, no Paraná, permite à empresa contratar, no Mato Grosso do Sul, energia suficiente para o funcionamento da indústria.

Vale ressaltar que a empresa está em vias de obter a certificação FSC, selo verde mais reconhecido no mundo e emitido pelo Forest Stewardship Council. Ele garante que a madeira utilizada é oriunda de um processo produtivo manejado de forma ecologicamente adequada.

Além disso, a GreenPlac também já adiantou as tratativas para emissão do certificado CARB (California Air Resources Board), uma exigência para exportação para os Estados Unidos, que é concedido às empresas que atendem aos padrões de sustentabilidade durante o processo produtivo de painéis de madeira. Seu objetivo é comprovar a baixa emissão de formaldeído.

Grupo Asperbras

O Grupo, dos irmãos Francisco e José Roberto Colnaghi, começou sua história com o talento e a perseverança do pai Francisco Colnaghi que, em 1966, ao fundar uma empresa de implementos agrícolas em Penápolis, cidade do interior de São Paulo, deu a largada para o desenvolvimento de um grupo empresarial baseado no compromisso com a qualidade, dedicação em tempo integral e responsabilidade na prestação de serviços. Menos de vinte anos depois, a empresa já era reconhecida em todo o Brasil com a estratégia de investir na fabricação de tubos e conexões de PVC para irrigação agrícola, e de lá para os dias de hoje, a Asperbras se transformou em um dos mais importantes grupos empresariais brasileiros. Hoje, a Asperbras é reconhecida também por atuar nas áreas de engenharia industrial, gerenciamento e montagem de projetos industriais em diversos segmentos, na construção e incorporação imobiliária, e nos setores de alimentos, agronegócio, mineração e geração de energia. O Grupo mantém suas estruturas societárias nacionais e internacionais desvinculadas e independentes, atuando em quase todo Brasil e em três continentes, África, Europa e América do Sul. São mais de cinco mil profissionais que trabalham em programas, projetos e obras nos principais segmentos da economia mundial. Para o atendimento dos projetos de adução de água e esgoto no Norte e Nordeste, a Asperbras tem duas plantas industriais, sendo uma na Bahia e outra no Rio Grande do Norte. Nos estados de São Paulo, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul atua no segmento de Agronegócio.

FONTE Grupo Asperbras

Mais nova fabricante de MDF do país trouxe tecnologia de ponta ao estado

SÃO PAULO, 10 de dezembro de 2019 /PRNewswire/ -- O presidente do Conselho de Administração da Asperbras, José Roberto Colnaghi, vai receber o prêmio Gran Colar do Mérito Industrial, concedido pela Fiems (Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso do Sul). A premiação foi motivada pela instalação da GreenPlac no município de Água Clara, que trouxe grande desenvolvimento para a região.

O prêmio será entregue no dia 16 de dezembro, às 19h30 na sede da Federação das Indústrias, em Campo Grande (MS), no mesmo evento em que a Fiems completa 40 anos.

Já faz um ano que a GreenPlac abriu oficialmente as portas. Instalada no município de Água Clara (MS), de apenas 15 mil habitantes, a empresa mudou a vida da cidade e se tornou o mais novo player brasileiro do segmento.

Neste início de atividades, a empresa já concluiu a meta de produzir 250 mil metros cúbicos de MDF por ano. Nas etapas seguintes, a companhia pretende instalar uma nova linha de produção, que agregará entre 600 mil e 700 mil metros cúbicos do produto.

A nova linha será incorporada à fábrica sem necessidade de obras de ampliação. A construção da unidade já contemplava a introdução de mais duas linhas produtivas, distribuídas entre a aquisição de maquinário importado da Alemanha, plantio de 12 mil hectares de eucalipto, contratação e formação de equipes altamente especializadas.

A empresa está implantando uma unidade de produção de resina, uma das principais matérias primas do MDF que vai aprimorar ainda mais a qualidade e produtividade da Greenplac.

GreenPlac investe na formação de pessoas

Atualmente, a GreenPlac emprega 400 colaboradores diretos, mas seu impacto na cadeia produtiva envolve também cerca de 500 empregos indiretos. A empresa atingiu rapidamente uma performance de produção com boa aceitação no mercado devido a qualidade do produto atual além de um planejamento criterioso.

Destacam-se no processo a contratação, técnicos e engenheiros de diversas especialidades com muita experiência no segmento. Além disso, a companhia promoveu, em parceria com o Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) o curso "Operador de Produção", que contemplou cinco meses de aulas teóricas e dois meses de prática no ambiente industrial.

Sustentabilidade na produção de energia

GreenPlac foi idealizada para funcionar a partir do uso do eucalipto de florestas plantadas pelo próprio grupo, em uma iniciativa que preserva o ambiente. A energia utilizada em seu processo produtivo também passou pelas preocupações da empresa. Simultaneamente ao início das atividades da fábrica, a Asperbras instalou uma usina termelétrica de biomassa em Guarapuava (PR). A unidade funciona a partir da queima de rejeitos da indústria madeireira da região. A energia limpa obtida nesse processo equivale ao que é utilizado na produção de MDF. A venda da eletricidade, no Paraná, permite à empresa contratar, no Mato Grosso do Sul, energia suficiente para o funcionamento da indústria.

Vale ressaltar que a empresa está em vias de obter a certificação FSC, selo verde mais reconhecido no mundo e emitido pelo Forest Stewardship Council. Ele garante que a madeira utilizada é oriunda de um processo produtivo manejado de forma ecologicamente adequada.

Além disso, a GreenPlac também já adiantou as tratativas para emissão do certificado CARB (California Air Resources Board), uma exigência para exportação para os Estados Unidos, que é concedido às empresas que atendem aos padrões de sustentabilidade durante o processo produtivo de painéis de madeira. Seu objetivo é comprovar a baixa emissão de formaldeído.

Grupo Asperbras

O Grupo, dos irmãos Francisco e José Roberto Colnaghi, começou sua história com o talento e a perseverança do pai Francisco Colnaghi que, em 1966, ao fundar uma empresa de implementos agrícolas em Penápolis, cidade do interior de São Paulo, deu a largada para o desenvolvimento de um grupo empresarial baseado no compromisso com a qualidade, dedicação em tempo integral e responsabilidade na prestação de serviços. Menos de vinte anos depois, a empresa já era reconhecida em todo o Brasil com a estratégia de investir na fabricação de tubos e conexões de PVC para irrigação agrícola, e de lá para os dias de hoje, a Asperbras se transformou em um dos mais importantes grupos empresariais brasileiros. Hoje, a Asperbras é reconhecida também por atuar nas áreas de engenharia industrial, gerenciamento e montagem de projetos industriais em diversos segmentos, na construção e incorporação imobiliária, e nos setores de alimentos, agronegócio, mineração e geração de energia. O Grupo mantém suas estruturas societárias nacionais e internacionais desvinculadas e independentes, atuando em quase todo Brasil e em três continentes, África, Europa e América do Sul. São mais de cinco mil profissionais que trabalham em programas, projetos e obras nos principais segmentos da economia mundial. Para o atendimento dos projetos de adução de água e esgoto no Norte e Nordeste, a Asperbras tem duas plantas industriais, sendo uma na Bahia e outra no Rio Grande do Norte. Nos estados de São Paulo, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul atua no segmento de Agronegócio.

FONTE Grupo Asperbras