Ensaio de PCR Multiplex da Seegene é capaz de detectar a nova variante Ômicron

O Allplex™ SARS-CoV-2 Master Assay pode detectar simultaneamente o coronavírus do tipo selvagem e a variante Ômicron em um único tubo de teste Seegene apoiará países que precisam de diagnósticos para ajudar a retardar a disseminação da Ômicron

SEUL, Coreia do Sul, 2 de dezembro de 2021 /PRNewswire/ -- A Seegene Inc. (KQ 096530), a principal empresa de diagnóstico molecular da Coreia do Sul, confirmou hoje que seu Allplex™ SARS-CoV-2 Master Assay é capaz de detectar o padrão único de mutações da Ômicron. O teste baseado em PCR, já bem estabelecido, reconhece quatro genes do SARS-CoV-2 e cinco mutações notáveis na proteína spike, tudo em um único tubo de teste. Isso permite resultados precisos sobre a positividade de um indivíduo para a COVID-19 e se ela tem a variante Ômicron em até quatro horas. Para maximizar seu uso, a Seegene apoiará países que necessitam de testes, para que possam detectar rapidamente casos de Ômicron sem a mão de obra e os equipamentos requeridos para sequenciamento genômico completo.

O Allplex™ SARS-CoV-2 Master Assay detecta simultaneamente quatro genes do SARS-CoV-2 de tipo selvagem (gene E, gene RdRP, gene N e gene S) e cinco mutações notáveis no gene S: deleção HV69/70, deleção Y144, E484K, N501Y e P681H. Uma vez que a nova variante Ômicron contém a deleção HV69/70 e as mutações N501Y e P681H, este teste com marcação CE-IVD pode detectar a Ômicron.

O primeiro caso de Ômicron (B.1.1.529) foi relatado à Organização Mundial da Saúde (OMS) em 24 de novembro. Apenas dois dias depois, a OMS designou a variante como "variante de preocupação" (Variant of Concern - VOC), com base em seu número incomum de mutações e primeiras evidências de sua disseminação. Apesar de uma série de proibições de viagem terem sido implementadas rapidamente, ela já foi detectada em muitos países da África, Europa e em alguns países asiáticos.

O processo de identificação de novas variantes tipicamente envolve sequenciamento de última geração do vírus isolado, que levaria alguns dias para fornecer o resultado completo. Para detecção mais rápida, o Allplex™ SARS-CoV-2 Master Assay da Seegene pode detectar a variante na etapa de triagem primária. Os profissionais de saúde pública podem, então, isolar e contatar rapidamente os indivíduos que estão infectados com essa variante de preocupação. 

"Para conter a maior disseminação da Ômicron, é extremamente importante detectar preventivamente a variante no estágio de triagem primária. Para essa finalidade, apoiaremos plenamente os países que precisam de nossos testes para permitir a detecção mais rápida da mais recente variante", declarou o Dr. Jong-Yoon Chun, fundador e CEO da Seegene. Juntamente com o fortalecimento dos testes de vigilância, a implementação de medidas de quarentena relevantes dará mais tempo para que os países em todo o mundo contenham as infecções crescentes causadas pela Ômicron e protejam seus cidadãos.

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/1357790/Seegene_logo_Logo.jpg

 

FONTE Seegene Inc.

O Allplex™ SARS-CoV-2 Master Assay pode detectar simultaneamente o coronavírus do tipo selvagem e a variante Ômicron em um único tubo de teste Seegene apoiará países que precisam de diagnósticos para ajudar a retardar a disseminação da Ômicron

SEUL, Coreia do Sul, 2 de dezembro de 2021 /PRNewswire/ -- A Seegene Inc. (KQ 096530), a principal empresa de diagnóstico molecular da Coreia do Sul, confirmou hoje que seu Allplex™ SARS-CoV-2 Master Assay é capaz de detectar o padrão único de mutações da Ômicron. O teste baseado em PCR, já bem estabelecido, reconhece quatro genes do SARS-CoV-2 e cinco mutações notáveis na proteína spike, tudo em um único tubo de teste. Isso permite resultados precisos sobre a positividade de um indivíduo para a COVID-19 e se ela tem a variante Ômicron em até quatro horas. Para maximizar seu uso, a Seegene apoiará países que necessitam de testes, para que possam detectar rapidamente casos de Ômicron sem a mão de obra e os equipamentos requeridos para sequenciamento genômico completo.

O Allplex™ SARS-CoV-2 Master Assay detecta simultaneamente quatro genes do SARS-CoV-2 de tipo selvagem (gene E, gene RdRP, gene N e gene S) e cinco mutações notáveis no gene S: deleção HV69/70, deleção Y144, E484K, N501Y e P681H. Uma vez que a nova variante Ômicron contém a deleção HV69/70 e as mutações N501Y e P681H, este teste com marcação CE-IVD pode detectar a Ômicron.

O primeiro caso de Ômicron (B.1.1.529) foi relatado à Organização Mundial da Saúde (OMS) em 24 de novembro. Apenas dois dias depois, a OMS designou a variante como "variante de preocupação" (Variant of Concern - VOC), com base em seu número incomum de mutações e primeiras evidências de sua disseminação. Apesar de uma série de proibições de viagem terem sido implementadas rapidamente, ela já foi detectada em muitos países da África, Europa e em alguns países asiáticos.

O processo de identificação de novas variantes tipicamente envolve sequenciamento de última geração do vírus isolado, que levaria alguns dias para fornecer o resultado completo. Para detecção mais rápida, o Allplex™ SARS-CoV-2 Master Assay da Seegene pode detectar a variante na etapa de triagem primária. Os profissionais de saúde pública podem, então, isolar e contatar rapidamente os indivíduos que estão infectados com essa variante de preocupação. 

"Para conter a maior disseminação da Ômicron, é extremamente importante detectar preventivamente a variante no estágio de triagem primária. Para essa finalidade, apoiaremos plenamente os países que precisam de nossos testes para permitir a detecção mais rápida da mais recente variante", declarou o Dr. Jong-Yoon Chun, fundador e CEO da Seegene. Juntamente com o fortalecimento dos testes de vigilância, a implementação de medidas de quarentena relevantes dará mais tempo para que os países em todo o mundo contenham as infecções crescentes causadas pela Ômicron e protejam seus cidadãos.

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/1357790/Seegene_logo_Logo.jpg

 

FONTE Seegene Inc.

Você acabou de ler:

Ensaio de PCR Multiplex da Seegene é capaz de detectar a nova variante Ômicron

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/ensaio-de-pcr-multiplex-da-seegene-e-capaz-de-detectar-a-nova-variante-omicron/