Ensino à distância do British College of Brazil tem excelência atestada por pais e alunos

Durante a pandemia, esquema de aulas virtuais apresentou êxito no British College of Brazil

SÃO PAULO, 3 de agosto de 2020 /PRNewswire/ -- Um dos setores mais afetados pela pandemia do novo coronavírus, a educação teve que se reinventar e se adaptar em tempo recorde no Brasil. Acostumados às aulas presenciais e à interação física com professores e colegas, os alunos do ensino fundamental e médio provavelmente foram os que mais sentiram os impactos desse momento. Para minimizar o choque, as instituições de ensino adequaram seus conteúdos para plataformas online e correram contra o tempo para diminuir o possível atraso causado no ano letivo.

Quatro meses após o início das aulas à distância, o The British College of Brazil começa a colher os frutos dos esforços coletivos para manter o nível elevado de seu ensino mesmo que em um formato atípico. "Fizemos uma pesquisa de satisfação com 138 alunos de 7 a 12 anos, na qual 87% afirmaram lidar bem com o ensino virtual e 80% sentem-se totalmente assistidos pelos professores", afirma Natália Arantes, diretora de admissões e marketing do The British College of Brazil.

A primeira pergunta do questionário era relativa ao isolamento social e como os alunos estavam lidando com a situação, "10% dos alunos disseram não estar contentes com a quarentena no geral ou com o aprendizado virtual. Estes foram contatados pela equipe pastoral a fim de compartilharem seus sentimentos e também lhes foi posto à disposição um suporte individualizado", explica Natália.

Outro indicador positivo foi o feedback orgânico que a escola recebeu dos pais a partir da divulgação do resultado referente à pesquisa realizada. "Não foi solicitado que os responsáveis respondessem à nossa comunicação, mas essa relação próxima entre a instituição e eles já é de praxe. Os retornos foram desde agradecimentos pelo papel que temos desempenhado durante esse período complicado, até relatos de como eles se sentem satisfeitos e orgulhosos de terem escolhido a nossa escola para a formação de suas crianças", conta a executiva.

E qual o segredo desses índices? Natália conta que foi montado um planejamento explicativo sobre o funcionamento das aulas virtuais, com regras a serem seguidas pelos alunos e uma série recomendações direcionadas aos pais, para o bom funcionamento desse formato. Além disso, dicas de relaxamento e cuidado com a saúde física e mental dos alunos também compõe o material.

Sobre The British College of Brazil

Parte do grupo Britânico Nord Anglia Education, iniciou os trabalhos em 2011, na cidade de São Paulo, onde atualmente conta com dois câmpus: Cidade Jardim e Chácara Flora. Oferece o Currículo Nacional Britânico em conformidade com o Currículo Brasileiro, da pré-escola ao 3º ano do ensino médio, e conta com cerca de 600 alunos de 38 nacionalidades diferentes. São 74 professores, sendo a maioria detentora de qualificação Britânica e nativa de países de língua inglesa. O BCB oferece dupla certificação e é totalmente reconhecido pelo Ministério da Educação.

FONTE The British College of Brazil

Durante a pandemia, esquema de aulas virtuais apresentou êxito no British College of Brazil

SÃO PAULO, 3 de agosto de 2020 /PRNewswire/ -- Um dos setores mais afetados pela pandemia do novo coronavírus, a educação teve que se reinventar e se adaptar em tempo recorde no Brasil. Acostumados às aulas presenciais e à interação física com professores e colegas, os alunos do ensino fundamental e médio provavelmente foram os que mais sentiram os impactos desse momento. Para minimizar o choque, as instituições de ensino adequaram seus conteúdos para plataformas online e correram contra o tempo para diminuir o possível atraso causado no ano letivo.

Quatro meses após o início das aulas à distância, o The British College of Brazil começa a colher os frutos dos esforços coletivos para manter o nível elevado de seu ensino mesmo que em um formato atípico. "Fizemos uma pesquisa de satisfação com 138 alunos de 7 a 12 anos, na qual 87% afirmaram lidar bem com o ensino virtual e 80% sentem-se totalmente assistidos pelos professores", afirma Natália Arantes, diretora de admissões e marketing do The British College of Brazil.

A primeira pergunta do questionário era relativa ao isolamento social e como os alunos estavam lidando com a situação, "10% dos alunos disseram não estar contentes com a quarentena no geral ou com o aprendizado virtual. Estes foram contatados pela equipe pastoral a fim de compartilharem seus sentimentos e também lhes foi posto à disposição um suporte individualizado", explica Natália.

Outro indicador positivo foi o feedback orgânico que a escola recebeu dos pais a partir da divulgação do resultado referente à pesquisa realizada. "Não foi solicitado que os responsáveis respondessem à nossa comunicação, mas essa relação próxima entre a instituição e eles já é de praxe. Os retornos foram desde agradecimentos pelo papel que temos desempenhado durante esse período complicado, até relatos de como eles se sentem satisfeitos e orgulhosos de terem escolhido a nossa escola para a formação de suas crianças", conta a executiva.

E qual o segredo desses índices? Natália conta que foi montado um planejamento explicativo sobre o funcionamento das aulas virtuais, com regras a serem seguidas pelos alunos e uma série recomendações direcionadas aos pais, para o bom funcionamento desse formato. Além disso, dicas de relaxamento e cuidado com a saúde física e mental dos alunos também compõe o material.

Sobre The British College of Brazil

Parte do grupo Britânico Nord Anglia Education, iniciou os trabalhos em 2011, na cidade de São Paulo, onde atualmente conta com dois câmpus: Cidade Jardim e Chácara Flora. Oferece o Currículo Nacional Britânico em conformidade com o Currículo Brasileiro, da pré-escola ao 3º ano do ensino médio, e conta com cerca de 600 alunos de 38 nacionalidades diferentes. São 74 professores, sendo a maioria detentora de qualificação Britânica e nativa de países de língua inglesa. O BCB oferece dupla certificação e é totalmente reconhecido pelo Ministério da Educação.

FONTE The British College of Brazil

Você acabou de ler:

Ensino à distância do British College of Brazil tem excelência atestada por pais e alunos

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/ensino-a-distancia-do-british-college-of-brazil-tem-excelencia-atestada-por-pais-e-alunos/