Enzima especial GDH-FAD melhorando o monitoramento da glicemia

A HMD BioMedical, em parceria com a IQUEGO, inova o monitoramento glicêmico trazendo a melhor da tendência mundial para usuários do SUS

SÃO PAULO, 28 de setembro de 2018 /PRNewswire/ -- Quando falamos em glicosímetro (aparelho para medir glicemia) buscamos um aparelho com bom desempenho, seguro, estável e com precisão para medir os níveis de glicose no sangue. Para se atingir esse nível de qualidade a utilização da tecnologia por amperometria é a mais indicada, pois fornece resultados de forma mais rápida e eficiente e também previne a possibilidade de contaminação devido o contato do aparelho com material biológico. Nesta tecnologia a presença da enzima GDH-FAD nas tiras reagentes garante maior especificidade promovendo melhores resultados na medição da glicemia.

A enzima GDH-FAD (Glicose Desidrogenase, Ferricianeto de Potássio) é bastante específica e reage exclusivamente com a glicose não sofrendo, portanto, a interferência de outros açúcares no momento da leitura. O monitoramento da glicemia com a enzima GDH-FAD apresenta ainda outros diferenciais importantes, entre eles: as tiras reagentes são menos sensíveis à influência do oxigênio ou umidade presente nos ambientes ou ainda de fármacos oxidativos que podem estar sendo utilizados pelos pacientes. Além disso, outra vantagem é não haver interferência significativa em diferentes níveis de hematócrito (glóbulos vermelhos ou hemácias no volume total de sangue que influência na viscosidade do sangue).

A utilização da enzima GDH-FAD tem reconhecimento científico mundial e é amplamente utilizada em vários países de referência no tratamento do diabetes. A leitura no GlucoLeaderTM é realizada pela medida da corrente produzida quando a glicose desidrogenase catalisa a oxidação da glicose para gluconolactona. Os elétrons gerados durante essa reação são transferidos do sangue para os eletrodos das tiras reagentes e a corrente elétrica resultante, que é proporcional à concentração de glicose na amostra, gera uma leitura precisa no glicosímetro.

O medidor de glicose GlucoLeaderTM certificado pela ISO 15197:2013, usa tecnologia amperométrica e agora lança suas tiras reagentes com a enzima GDH-FAD. Além de ser utilizado em mais de 30 países, o GlucoLeaderTM vem ganhando espaço no Brasil, tendo sido inserido no mercado mais de 300.000 unidades até o primeiro semestre de 2018. O aparelho fornece resultados confiáveis que podem, inclusive, otimizar a prescrição de medicamentos para o controle efetivo do diabetes ajudando desta maneira os pacientes a conviver melhor com esta disfunção que atinge milhões de pessoas. Toda essa melhoria tecnológica ainda é fornecida associada com o inovador software GlicoSYS, um sistema de gerenciamento de dados de glicemia na nuvem, exclusivo do GlucoLeaderTM, ferramenta esta que auxilia os usuários no controle e acesso digital de sua glicemia, por meio de relatórios e gráficos online, assim como auxilia também os entes públicos e agentes de saúde com análises do perfil dos usuários cadastrados, produção de gráficos analíticos, mapeamento das unidades de atendimento, maior controle da dispensação e uso de insumos, proporcionando desta forma maior economia para o setor público e cuidado aos pacientes.

A utilização da enzima GDH-FAD nas tiras reagentes está de acordo com recomendações e padronizações internacionais e tem respaldo de uso dos profissionais de saúde, em especial os que trabalham com pacientes diabéticos.

Neste contexto a Indústria Química do Estado de Goiás (IQUEGO), em parceria com a empresa HMD BioMedical, investe na transferência dessa tecnologia de última geração para o produto GlucoLeaderTM, a fim de trazer o que há de melhor em tecnologia mundial para monitoramento de glicemia e desta forma otimizar o atendimento dos pacientes do Sistema Único de Saúde.

Esta nova tecnologia de última geração fruto desta parceria, devido ao seu alto custo de implementação, não é disseminada no Brasil pelos demais fabricantes, porém já será ofertada pela IQUEGO-HMD aos entes públicos e pacientes do SUS, já no segundo semestre de 2018.

Sobre a HMD Brasil

A HMD BioMedical é uma empresa especializada no desenvolvimento de novas tecnologias, em especial para o controle do diabetes. Em 2015, a HMD Biomedical Inc. e HMD Brasil assinaram um contrato de Transferência de Tecnologia com a IQUEGO - Indústria Química do Estado de Goiás, um Laboratório Público Oficial, componente do SUS. A HMD Brasil é parceira da IQUEGO no fornecimento dos produtos GlucoLeader™ ao Sistema Único de Saúde, os quais são aprovados pela Food and Drug Administration (FDA) nos Estados Unidos, European Medicines Agency (EMA), na Europa, e pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), no Brasil. Milhões de pessoas já se beneficiam do uso dessa tecnologia em diversos países.

SAC HMD Brasil: (11) 3280-5450 / sac@hmdbio.com.br

FONTE HMD BioMedical

A HMD BioMedical, em parceria com a IQUEGO, inova o monitoramento glicêmico trazendo a melhor da tendência mundial para usuários do SUS

SÃO PAULO, 28 de setembro de 2018 /PRNewswire/ -- Quando falamos em glicosímetro (aparelho para medir glicemia) buscamos um aparelho com bom desempenho, seguro, estável e com precisão para medir os níveis de glicose no sangue. Para se atingir esse nível de qualidade a utilização da tecnologia por amperometria é a mais indicada, pois fornece resultados de forma mais rápida e eficiente e também previne a possibilidade de contaminação devido o contato do aparelho com material biológico. Nesta tecnologia a presença da enzima GDH-FAD nas tiras reagentes garante maior especificidade promovendo melhores resultados na medição da glicemia.

A enzima GDH-FAD (Glicose Desidrogenase, Ferricianeto de Potássio) é bastante específica e reage exclusivamente com a glicose não sofrendo, portanto, a interferência de outros açúcares no momento da leitura. O monitoramento da glicemia com a enzima GDH-FAD apresenta ainda outros diferenciais importantes, entre eles: as tiras reagentes são menos sensíveis à influência do oxigênio ou umidade presente nos ambientes ou ainda de fármacos oxidativos que podem estar sendo utilizados pelos pacientes. Além disso, outra vantagem é não haver interferência significativa em diferentes níveis de hematócrito (glóbulos vermelhos ou hemácias no volume total de sangue que influência na viscosidade do sangue).

A utilização da enzima GDH-FAD tem reconhecimento científico mundial e é amplamente utilizada em vários países de referência no tratamento do diabetes. A leitura no GlucoLeaderTM é realizada pela medida da corrente produzida quando a glicose desidrogenase catalisa a oxidação da glicose para gluconolactona. Os elétrons gerados durante essa reação são transferidos do sangue para os eletrodos das tiras reagentes e a corrente elétrica resultante, que é proporcional à concentração de glicose na amostra, gera uma leitura precisa no glicosímetro.

O medidor de glicose GlucoLeaderTM certificado pela ISO 15197:2013, usa tecnologia amperométrica e agora lança suas tiras reagentes com a enzima GDH-FAD. Além de ser utilizado em mais de 30 países, o GlucoLeaderTM vem ganhando espaço no Brasil, tendo sido inserido no mercado mais de 300.000 unidades até o primeiro semestre de 2018. O aparelho fornece resultados confiáveis que podem, inclusive, otimizar a prescrição de medicamentos para o controle efetivo do diabetes ajudando desta maneira os pacientes a conviver melhor com esta disfunção que atinge milhões de pessoas. Toda essa melhoria tecnológica ainda é fornecida associada com o inovador software GlicoSYS, um sistema de gerenciamento de dados de glicemia na nuvem, exclusivo do GlucoLeaderTM, ferramenta esta que auxilia os usuários no controle e acesso digital de sua glicemia, por meio de relatórios e gráficos online, assim como auxilia também os entes públicos e agentes de saúde com análises do perfil dos usuários cadastrados, produção de gráficos analíticos, mapeamento das unidades de atendimento, maior controle da dispensação e uso de insumos, proporcionando desta forma maior economia para o setor público e cuidado aos pacientes.

A utilização da enzima GDH-FAD nas tiras reagentes está de acordo com recomendações e padronizações internacionais e tem respaldo de uso dos profissionais de saúde, em especial os que trabalham com pacientes diabéticos.

Neste contexto a Indústria Química do Estado de Goiás (IQUEGO), em parceria com a empresa HMD BioMedical, investe na transferência dessa tecnologia de última geração para o produto GlucoLeaderTM, a fim de trazer o que há de melhor em tecnologia mundial para monitoramento de glicemia e desta forma otimizar o atendimento dos pacientes do Sistema Único de Saúde.

Esta nova tecnologia de última geração fruto desta parceria, devido ao seu alto custo de implementação, não é disseminada no Brasil pelos demais fabricantes, porém já será ofertada pela IQUEGO-HMD aos entes públicos e pacientes do SUS, já no segundo semestre de 2018.

Sobre a HMD Brasil

A HMD BioMedical é uma empresa especializada no desenvolvimento de novas tecnologias, em especial para o controle do diabetes. Em 2015, a HMD Biomedical Inc. e HMD Brasil assinaram um contrato de Transferência de Tecnologia com a IQUEGO - Indústria Química do Estado de Goiás, um Laboratório Público Oficial, componente do SUS. A HMD Brasil é parceira da IQUEGO no fornecimento dos produtos GlucoLeader™ ao Sistema Único de Saúde, os quais são aprovados pela Food and Drug Administration (FDA) nos Estados Unidos, European Medicines Agency (EMA), na Europa, e pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), no Brasil. Milhões de pessoas já se beneficiam do uso dessa tecnologia em diversos países.

SAC HMD Brasil: (11) 3280-5450 / sac@hmdbio.com.br

FONTE HMD BioMedical

Você acabou de ler:

Enzima especial GDH-FAD melhorando o monitoramento da glicemia

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/enzima-especial-gdh-fad-melhorando-o-monitoramento-da-glicemia/