Especialistas reúnem-se em Chengdu para discutir como as cidades podem aproveitar a força das culturas

CHENGDU, China, 25 de julho de 2019 /PRNewswire/ -- No 2º Simpósio de Tianfu sobre as Capitais Culturais do Mundo, autoridades de Chengdu mais uma vez se encontraram com especialistas em cultura mundial do Fórum Cultural das Cidades Mundiais para explorar o desenvolvimento cultural e as oportunidades urbanas da nova economia. Em meio a uma variadíssima série de tópicos e de especialistas de todo o mundo, um painel de discussões investigou o papel da cultura na crescente identidade das cidades. Paul Owens, diretor do Fórum Cultural das Cidades Mundiais, perguntou aos participantes "Quão bem-sucedidas são as cidades em equilibrar a autêntica cultura local, à medida que se transformam em cidades globais?". Respondendo à pergunta dele, John Howkins, presidente do Centro Cultural da das Cidades Mundiais da Iniciativa Cinturão e Estrada, chamou a atenção para o papel da tecnologia e da nova economia na definição de futuras reputações e na criação de setores culturais inteiramente novos no processo. Howkins estava refletindo a respeito de novas iniciativas lançadas no simpósio, naquela manhã. O vice-presidente da Associação de Escritores Chineses, Jidi Majia, proclamou que "A sabedoria dos povos criará um diálogo mais aberto e estável – esta será a sabedoria dos diferentes povos e diferentes países, grandes civilizações são inclusivas e aprendem umas com as outras".

Autoridades da cidade de Chengdu lançaram o projeto Tianfu Cidade da Mídia Inteligente (Tianfu Smart Media City), uma nova iniciativa que destaca uma ambição de integrar diversas iniciativas de mídia inteligente, inclusive plataformas de tecnologia, como 5G, e tecnologias da nova economia, como IA, para construir uma nova reputação no palco global.

Os participantes desfrutaram de uma apresentação de Shan Jixiang, diretor do Museu do Palácio da China e estrela do recente documentário explorando o sucesso do Palácio. Shan explicou como a missão do museu tem sido abrir a cultura, trazendo mais dos artefatos culturais para que o público veja e compartilhe as histórias secretas da Cidade Proibida.

Os participantes da conferência ouviram de Robert Govers, especialista internacional em colocação de marca, que falou sobre a importância das cidades na aplicação de uma abordagem imaginativa na modelagem de sua reputação. Muitos participantes ecoaram as palavras e os sentimentos de Jidi Majia quando ele afirmou que "misteriosos códigos urbanos residem em cada grande cidade mundial", dando a definição de sucesso talvez como num poema: chegando perto, mas deixando-a levemente fora de nosso alcance. O poeta foi claro sobre a importância e o caráter de Chengdu, referindo-se a ela como a cidade onde a luz e a poesia emergem.

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/952042/Chengdu_Forum.jpg

FONTE Belt and Road World Cities Culture Centre

CHENGDU, China, 25 de julho de 2019 /PRNewswire/ -- No 2º Simpósio de Tianfu sobre as Capitais Culturais do Mundo, autoridades de Chengdu mais uma vez se encontraram com especialistas em cultura mundial do Fórum Cultural das Cidades Mundiais para explorar o desenvolvimento cultural e as oportunidades urbanas da nova economia. Em meio a uma variadíssima série de tópicos e de especialistas de todo o mundo, um painel de discussões investigou o papel da cultura na crescente identidade das cidades. Paul Owens, diretor do Fórum Cultural das Cidades Mundiais, perguntou aos participantes "Quão bem-sucedidas são as cidades em equilibrar a autêntica cultura local, à medida que se transformam em cidades globais?". Respondendo à pergunta dele, John Howkins, presidente do Centro Cultural da das Cidades Mundiais da Iniciativa Cinturão e Estrada, chamou a atenção para o papel da tecnologia e da nova economia na definição de futuras reputações e na criação de setores culturais inteiramente novos no processo. Howkins estava refletindo a respeito de novas iniciativas lançadas no simpósio, naquela manhã. O vice-presidente da Associação de Escritores Chineses, Jidi Majia, proclamou que "A sabedoria dos povos criará um diálogo mais aberto e estável – esta será a sabedoria dos diferentes povos e diferentes países, grandes civilizações são inclusivas e aprendem umas com as outras".

Autoridades da cidade de Chengdu lançaram o projeto Tianfu Cidade da Mídia Inteligente (Tianfu Smart Media City), uma nova iniciativa que destaca uma ambição de integrar diversas iniciativas de mídia inteligente, inclusive plataformas de tecnologia, como 5G, e tecnologias da nova economia, como IA, para construir uma nova reputação no palco global.

Os participantes desfrutaram de uma apresentação de Shan Jixiang, diretor do Museu do Palácio da China e estrela do recente documentário explorando o sucesso do Palácio. Shan explicou como a missão do museu tem sido abrir a cultura, trazendo mais dos artefatos culturais para que o público veja e compartilhe as histórias secretas da Cidade Proibida.

Os participantes da conferência ouviram de Robert Govers, especialista internacional em colocação de marca, que falou sobre a importância das cidades na aplicação de uma abordagem imaginativa na modelagem de sua reputação. Muitos participantes ecoaram as palavras e os sentimentos de Jidi Majia quando ele afirmou que "misteriosos códigos urbanos residem em cada grande cidade mundial", dando a definição de sucesso talvez como num poema: chegando perto, mas deixando-a levemente fora de nosso alcance. O poeta foi claro sobre a importância e o caráter de Chengdu, referindo-se a ela como a cidade onde a luz e a poesia emergem.

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/952042/Chengdu_Forum.jpg

FONTE Belt and Road World Cities Culture Centre

Você acabou de ler:

Especialistas reúnem-se em Chengdu para discutir como as cidades podem aproveitar a força das culturas

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/especialistas-reunem-se-em-chengdu-para-discutir-como-as-cidades-podem-aproveitar-a-forca-das-culturas/