Especialistas solicitam melhoria na identificação de pacientes com 'alto grau' de rosácea na prática diária

Análise adicional de dados de uma pesquisa global revela que a qualidade de vida é afetada por vários fatores que ultrapassam a própria gravidade da rosácea

PARIS, 14 de setembro de 2018 /PRNewswire/ -- Uma análise adicional de uma pesquisa global conduzida e apresentada no início desse ano, como um relatório de autoria de especialistas, intitulado 'Rosácea: além do visível (Rosacea: Beyond the visible)', dá assistência aos profissionais de cuidados com a saúde para identificarem as características comuns dos pacientes com alto grau* (HB - High Burden) de rosácea. Os resultados da análise têm o objetivo de aumentar os regimes de tratamento personalizado para melhorar o tratamento dos pacientes. Os resultados, apresentados ontem durante um simpósio na 27a. edição do Congresso da Academia Europeia de Dermatologia e Venereologia (EADV), em Paris, na França, revelaram que é necessária uma definição mais abrangente dos pacientes com HB para ajudar a reduzir a incidência na prática diária.

A análise dos dados classificou os pacientes com HB com base no quanto a gravidade de sua condição afeta sua qualidade de vida, a extensão na qual a doença influencia seu comportamento e seu nível de desejo pela cura.[1]

"As pessoas com rosácea são frequentemente julgadas por sua aparência, o que afeta consideravelmente sua vida diária. Caso sua rosácea seja grave, os sintomas podem ser mais significativos, desde coceira e ardor até uma área central permanentemente vermelha na face. Entretanto, mesmo as pessoas com rosácea menos grave relatam um impacto significativo na qualidade de vida, o que sugere que a avaliação dos pacientes somente considerando a gravidade clínica não é suficiente", disse o Prof. Dr. Uwe Gieler, Departamento de Dermatologia e Clínica de Medicina Psicossomática e Psicoterapia, da Universidade Justus-Liebig de Giessen, na Alemanha e um dos autores do relatório Rosácea: além do visível. "Através da melhoria da identificação dessa demografia, os dermatologistas e outros profissionais de cuidados com a saúde estarão melhor equipados para personalizarem tratamentos de acordo com as necessidades do indivíduo e, por fim, melhorarem o tratamento para as pessoas que convivem com esta doença dermatológica crônica".

Os dados revelaram que os pacientes com alto grau de rosácea eram significativamente mais jovens, empregados e mais provavelmente do sexo masculino, comparados com seus pares com grau mais baixo de rosácea. Outra característica definida incluía um aumento nas sensações da pele (tais como coceira 48% vs 37% e dor 23% vs 13%) em comparação com pares com grau mais baixo de rosácea durante os últimos doze meses.

O risco de HB é afetado pela gravidade dos sintomas; entretanto, este estado pode estar associado com qualquer gravidade da rosácea. Examinando os últimos doze meses, os pacientes com HB apresentaram um aumento significativo no risco de sofrerem um impacto em suas atividades diárias, tais como seu regime de cuidados com a pele, bem como sofreram desconforto por causa de sua doença quando comparados com pacientes não-HB. Outros fatores de risco incluíram um histórico familiar de rosácea e um aumento de visitas ao pronto-socorro relacionadas com a rosácea.

Os especialistas concluíram que os profissionais de cuidados com a saúde que tratam dos pacientes com rosácea deveriam incluir questões relacionadas com o grau na prática diária, para assegurar que o tratamento esteja alinhado com a experiência dos pacientes com a doença, não apenas com a gravidade da doença.

A apresentação é intitulada "Definindo os pacientes com alto grau (Defining High Burden patients") (Gieler, U. et al., 27o. Congresso da Academia Europeia de Dermatologia e Venereologia (EADV), 13 de setembro de 2018).

*Os pacientes foram classificados como de alto grau (HB – high burden) quando no mínimo três dos quatro domínios foram positivos (limite definido pelo coorte médio).

Domínio

Questão representativa

Limite positivo

Qualidade de vida

Impacto geral na qualidade

 de vida (0-10)

Pontuação >5

Estilo de vida

Nível de adaptação

comportamental (0-10)

Pontuação >6

Econômico

Disposição para pagar para

obter cura completa

>20% da receita mensal

Psicossocial/emocional

Disposição para trocar anos

de vida para obter cura completa

 >6 meses

Para recursos em multimídia relacionados, visite o endereço http://www.epresspack.net/galderma-rosacea

Sobre a Rosácea 

A rosácea é uma doença dermatológica inflamatória comum, a qual apresenta características clínicas variáveis, das quais as mais comuns são avermelhamento, eritema permanente e lesões inflamatórias. A doença afeta principalmente as áreas centrais da face, como as bochechas e o nariz. A doença pode afetar tanto mulheres quanto homens adultos, normalmente após os 30 anos de idade. Além disso, sintomas como picadas, ardor e sensibilidade aumentada da pele são comuns. Os olhos são frequentemente afetados e podem apresentar vermelhidão, secura e coceira.

Apesar de a causa da doença ainda estar sendo debatida, vários fatores desencadeantes são conhecidos, incluindo alimentos picantes, álcool, estresse emocional, sol, exposição aos raios UV, banhos quentes e bebidas. Demodex, ácaros geralmente inofensivos, também podem ser encontrados na pele em uma quantidade elevada em pessoas com rosácea.

A rosácea pode piorar com o passar do tempo se não for tratada. As pessoas que suspeitam sofrer da rosácea devem procurar um dermatologista ou um fornecedor de serviços de cuidados com a saúde para diagnóstico e para discutir qual é o tratamento certo para elas. Por ser uma doença altamente visível, a rosácea é conhecida por causar constrangimento e ansiedade em alguns pacientes, o que, por sua vez, pode causar frustração e ter um impacto negativo em sua vida social.

Sobre a pesquisa BURDEN

A pesquisa BURDEN foi desenvolvida pela Kantar Health como uma pesquisa on-line auto-administrada e apoiada pela Galderma. A pesquisa envolveu 710 pacientes diagnosticados com rosácea e 554 dermatologistas e clínicos gerais, em seis países diferentes (França, Alemanha, Itália, Reino Unido, Canadá e Estados Unidos). A pesquisa perguntou aos participantes sobre sua experiência de conviver, ou de tratar pacientes que convivem com a rosácea.

Os participantes foram recrutados utilizando o painel Kantar on-line. Para maximizar o tamanho da amostra, não foi estabelecida nenhuma cota. Portanto, a amostra não é representativa da população com rosácea de cada país. Consequentemente, os resultados deste estudo poderiam ser afetados pela parcialidade na seleção e não podem ser interpretados para toda a população com rosácea.

Sobre a Galderma

A Galderma, a empresa de soluções médicas para a saúde da pele da Nestlé, foi criada em 1981 e atualmente está presente em mais de 100 países com um amplo portfólio de produtos para tratamento de uma série de condições dermatológicas. A empresa tem parceria com médicos de todo o mundo para satisfazer as necessidades de saúde da pele das pessoas ao longo de suas vidas. A Galderma é líder em pesquisa e desenvolvimento de soluções definidas cientificamente e comprovadas medicamente para a pele. Para mais informações, visite o endereço http://www.galderma.com

Referências: 

  • Dados dos arquivos da Galderma.
  • Logo: http://mma.prnewswire.com/media/554005/Galderma_Logo.jpg

    FONTE Galderma

    Análise adicional de dados de uma pesquisa global revela que a qualidade de vida é afetada por vários fatores que ultrapassam a própria gravidade da rosácea

    PARIS, 14 de setembro de 2018 /PRNewswire/ -- Uma análise adicional de uma pesquisa global conduzida e apresentada no início desse ano, como um relatório de autoria de especialistas, intitulado 'Rosácea: além do visível (Rosacea: Beyond the visible)', dá assistência aos profissionais de cuidados com a saúde para identificarem as características comuns dos pacientes com alto grau* (HB - High Burden) de rosácea. Os resultados da análise têm o objetivo de aumentar os regimes de tratamento personalizado para melhorar o tratamento dos pacientes. Os resultados, apresentados ontem durante um simpósio na 27a. edição do Congresso da Academia Europeia de Dermatologia e Venereologia (EADV), em Paris, na França, revelaram que é necessária uma definição mais abrangente dos pacientes com HB para ajudar a reduzir a incidência na prática diária.

    A análise dos dados classificou os pacientes com HB com base no quanto a gravidade de sua condição afeta sua qualidade de vida, a extensão na qual a doença influencia seu comportamento e seu nível de desejo pela cura.[1]

    "As pessoas com rosácea são frequentemente julgadas por sua aparência, o que afeta consideravelmente sua vida diária. Caso sua rosácea seja grave, os sintomas podem ser mais significativos, desde coceira e ardor até uma área central permanentemente vermelha na face. Entretanto, mesmo as pessoas com rosácea menos grave relatam um impacto significativo na qualidade de vida, o que sugere que a avaliação dos pacientes somente considerando a gravidade clínica não é suficiente", disse o Prof. Dr. Uwe Gieler, Departamento de Dermatologia e Clínica de Medicina Psicossomática e Psicoterapia, da Universidade Justus-Liebig de Giessen, na Alemanha e um dos autores do relatório Rosácea: além do visível. "Através da melhoria da identificação dessa demografia, os dermatologistas e outros profissionais de cuidados com a saúde estarão melhor equipados para personalizarem tratamentos de acordo com as necessidades do indivíduo e, por fim, melhorarem o tratamento para as pessoas que convivem com esta doença dermatológica crônica".

    Os dados revelaram que os pacientes com alto grau de rosácea eram significativamente mais jovens, empregados e mais provavelmente do sexo masculino, comparados com seus pares com grau mais baixo de rosácea. Outra característica definida incluía um aumento nas sensações da pele (tais como coceira 48% vs 37% e dor 23% vs 13%) em comparação com pares com grau mais baixo de rosácea durante os últimos doze meses.

    O risco de HB é afetado pela gravidade dos sintomas; entretanto, este estado pode estar associado com qualquer gravidade da rosácea. Examinando os últimos doze meses, os pacientes com HB apresentaram um aumento significativo no risco de sofrerem um impacto em suas atividades diárias, tais como seu regime de cuidados com a pele, bem como sofreram desconforto por causa de sua doença quando comparados com pacientes não-HB. Outros fatores de risco incluíram um histórico familiar de rosácea e um aumento de visitas ao pronto-socorro relacionadas com a rosácea.

    Os especialistas concluíram que os profissionais de cuidados com a saúde que tratam dos pacientes com rosácea deveriam incluir questões relacionadas com o grau na prática diária, para assegurar que o tratamento esteja alinhado com a experiência dos pacientes com a doença, não apenas com a gravidade da doença.

    A apresentação é intitulada "Definindo os pacientes com alto grau (Defining High Burden patients") (Gieler, U. et al., 27o. Congresso da Academia Europeia de Dermatologia e Venereologia (EADV), 13 de setembro de 2018).

    *Os pacientes foram classificados como de alto grau (HB – high burden) quando no mínimo três dos quatro domínios foram positivos (limite definido pelo coorte médio).

    Domínio

    Questão representativa

    Limite positivo

    Qualidade de vida

    Impacto geral na qualidade

     de vida (0-10)

    Pontuação >5

    Estilo de vida

    Nível de adaptação

    comportamental (0-10)

    Pontuação >6

    Econômico

    Disposição para pagar para

    obter cura completa

    >20% da receita mensal

    Psicossocial/emocional

    Disposição para trocar anos

    de vida para obter cura completa

     >6 meses

    Para recursos em multimídia relacionados, visite o endereço http://www.epresspack.net/galderma-rosacea

    Sobre a Rosácea 

    A rosácea é uma doença dermatológica inflamatória comum, a qual apresenta características clínicas variáveis, das quais as mais comuns são avermelhamento, eritema permanente e lesões inflamatórias. A doença afeta principalmente as áreas centrais da face, como as bochechas e o nariz. A doença pode afetar tanto mulheres quanto homens adultos, normalmente após os 30 anos de idade. Além disso, sintomas como picadas, ardor e sensibilidade aumentada da pele são comuns. Os olhos são frequentemente afetados e podem apresentar vermelhidão, secura e coceira.

    Apesar de a causa da doença ainda estar sendo debatida, vários fatores desencadeantes são conhecidos, incluindo alimentos picantes, álcool, estresse emocional, sol, exposição aos raios UV, banhos quentes e bebidas. Demodex, ácaros geralmente inofensivos, também podem ser encontrados na pele em uma quantidade elevada em pessoas com rosácea.

    A rosácea pode piorar com o passar do tempo se não for tratada. As pessoas que suspeitam sofrer da rosácea devem procurar um dermatologista ou um fornecedor de serviços de cuidados com a saúde para diagnóstico e para discutir qual é o tratamento certo para elas. Por ser uma doença altamente visível, a rosácea é conhecida por causar constrangimento e ansiedade em alguns pacientes, o que, por sua vez, pode causar frustração e ter um impacto negativo em sua vida social.

    Sobre a pesquisa BURDEN

    A pesquisa BURDEN foi desenvolvida pela Kantar Health como uma pesquisa on-line auto-administrada e apoiada pela Galderma. A pesquisa envolveu 710 pacientes diagnosticados com rosácea e 554 dermatologistas e clínicos gerais, em seis países diferentes (França, Alemanha, Itália, Reino Unido, Canadá e Estados Unidos). A pesquisa perguntou aos participantes sobre sua experiência de conviver, ou de tratar pacientes que convivem com a rosácea.

    Os participantes foram recrutados utilizando o painel Kantar on-line. Para maximizar o tamanho da amostra, não foi estabelecida nenhuma cota. Portanto, a amostra não é representativa da população com rosácea de cada país. Consequentemente, os resultados deste estudo poderiam ser afetados pela parcialidade na seleção e não podem ser interpretados para toda a população com rosácea.

    Sobre a Galderma

    A Galderma, a empresa de soluções médicas para a saúde da pele da Nestlé, foi criada em 1981 e atualmente está presente em mais de 100 países com um amplo portfólio de produtos para tratamento de uma série de condições dermatológicas. A empresa tem parceria com médicos de todo o mundo para satisfazer as necessidades de saúde da pele das pessoas ao longo de suas vidas. A Galderma é líder em pesquisa e desenvolvimento de soluções definidas cientificamente e comprovadas medicamente para a pele. Para mais informações, visite o endereço http://www.galderma.com

    Referências: 

  • Dados dos arquivos da Galderma.
  • Logo: http://mma.prnewswire.com/media/554005/Galderma_Logo.jpg

    FONTE Galderma

    Você acabou de ler:

    Especialistas solicitam melhoria na identificação de pacientes com 'alto grau' de rosácea na prática diária

    Compartilhe

    https://prnewswire.com.br/releases/especialistas-solicitam-melhoria-na-identificacao-de-pacientes-com-alto-grau-de-rosacea-na-pratica-diaria/