EUA superam o total de riqueza privada mantida em todo o mundo e Índia lidera aumento na migração por investimento

LONDRES, 22 de março de 2022 /PRNewswire/ -- O primeiro relatório Henley Global Citizens Report apresenta dados exclusivos do New World Wealth e revela que os três principais países em termos de riqueza privada são agora os EUA, a China e o Japão. Os países que mostram a maior disposição pela migração por investimento— em que investidores ricos obtêm residência alternativa ou cidadania adicional em troca de uma contribuição substancial para o país anfitrião — são: Índia, EUA e Reino Unido. Nos últimos dois anos, dois Cs impulsionaram a migração de riqueza e investimento: Covid e mudanças climáticas. Em 2022, um terceiro C surgiu repentinamente: o conflito na Europa.

Os EUA são o maior mercado de riqueza do mundo com uma certa margem, respondendo por 32% da riqueza global total e 36% dos milionários do mundo (indivíduos de alto patrimônio líquido). A riqueza privada total mantida no país é atualmente de USD 68,8 trilhões. Os EUA também registraram o maior crescimento populacional de alto patrimônio líquido entre os dez países mais ricos do mundo em "patrimônio total" (o W10) no ano passado, com uma taxa de 10%. A China, que ocupa o segundo lugar no W10, tem apenas um terço da riqueza privada dos EUA, com USD 23,3 trilhões, e sua população de alto patrimônio líquido cresceu a uma taxa relativamente baixa de 4%.

No entanto, estão previstas mudanças dramáticas com estimativa de crescimento do alto patrimônio líquido dos EUA em 20% nos próximos dez anos em comparação com a estimativa de 50% da China. Logo atrás da China, em terceiro lugar, está o Japão com um patrimônio privado total de USD 20,1 trilhões. Enquanto a população de alto patrimônio líquido do Japão cresceu apenas 3% no ano passado, a previsão de crescimento do país nos próximos dez anos é de saudáveis 30%. Índia, Alemanha, Reino Unido, Austrália, Canadá, França e, finalmente, Itália completam o W10.

Juerg Steffen, CEO da Henley & Partners, disse: "Não é coincidência que cada um dos países do W10 tenha legislação implementada para conceder direitos de residência a investidores estrangeiros — e cinco deles contam com programas formais de migração de investimentos. Esses países são importantes mercados de migração de investimentos em termos de oferta, graças a seus programas atraentes e bem-sucedidos, e de demanda, em virtude de sua significativa e crescente quantidade de investidores abastados."

O relatório Henley Global Citizens Report também revelou que os cidadãos indianos lideraram o ranking de consultas recebidas pela empresa em 2021 com uma margem significativa, com crescimento de 54% em relação a 2020, ano que registrou um aumento de 63% no interesse demonstrado pelos investidores indianos. Os próximos da lista foram os cidadãos dos EUA, com a Henley & Partners recebendo 26% mais consultas de norte-americanos em 2021, após um crescimento surpreendente de 208% em 2020. As consultas de britânicos e sul-africanos aumentaram 110% e 38%, respectivamente, em 2021.

Dominic Volek, diretor de clientes privados do grupo Henley & Partners, disse: "As demais nacionalidades na nossa lista dos dez primeiros em consultas são de países situados na parte sul do planeta, com exceção do Canadá, em nono lugar, que teve um crescimento notável de 86%. Em 2022, estamos observando tendências muito semelhantes, com sinais iniciais de superar o excepcional crescimento geral do ano passado. A combinação de países do W10 e economias em desenvolvimento que compõem nossa lista dos dez mais reflete o apelo universal da migração por investimento para famílias abastadas. Além dos benefícios tradicionais de mobilidade global aprimorada, os programas de residência e cidadania por investimento oferecem uma estratégia comprovada de mitigação de riscos e diversificação de crescimento em termos de planejamento de patrimônio e legado com a vantagem adicional de opção de estilo de vida do domicílio."

Leia o comunicado de imprensa completo sobre as principais tendências globais e regionais 

FONTE Henley & Partners

LONDRES, 22 de março de 2022 /PRNewswire/ -- O primeiro relatório Henley Global Citizens Report apresenta dados exclusivos do New World Wealth e revela que os três principais países em termos de riqueza privada são agora os EUA, a China e o Japão. Os países que mostram a maior disposição pela migração por investimento— em que investidores ricos obtêm residência alternativa ou cidadania adicional em troca de uma contribuição substancial para o país anfitrião — são: Índia, EUA e Reino Unido. Nos últimos dois anos, dois Cs impulsionaram a migração de riqueza e investimento: Covid e mudanças climáticas. Em 2022, um terceiro C surgiu repentinamente: o conflito na Europa.

Os EUA são o maior mercado de riqueza do mundo com uma certa margem, respondendo por 32% da riqueza global total e 36% dos milionários do mundo (indivíduos de alto patrimônio líquido). A riqueza privada total mantida no país é atualmente de USD 68,8 trilhões. Os EUA também registraram o maior crescimento populacional de alto patrimônio líquido entre os dez países mais ricos do mundo em "patrimônio total" (o W10) no ano passado, com uma taxa de 10%. A China, que ocupa o segundo lugar no W10, tem apenas um terço da riqueza privada dos EUA, com USD 23,3 trilhões, e sua população de alto patrimônio líquido cresceu a uma taxa relativamente baixa de 4%.

No entanto, estão previstas mudanças dramáticas com estimativa de crescimento do alto patrimônio líquido dos EUA em 20% nos próximos dez anos em comparação com a estimativa de 50% da China. Logo atrás da China, em terceiro lugar, está o Japão com um patrimônio privado total de USD 20,1 trilhões. Enquanto a população de alto patrimônio líquido do Japão cresceu apenas 3% no ano passado, a previsão de crescimento do país nos próximos dez anos é de saudáveis 30%. Índia, Alemanha, Reino Unido, Austrália, Canadá, França e, finalmente, Itália completam o W10.

Juerg Steffen, CEO da Henley & Partners, disse: "Não é coincidência que cada um dos países do W10 tenha legislação implementada para conceder direitos de residência a investidores estrangeiros — e cinco deles contam com programas formais de migração de investimentos. Esses países são importantes mercados de migração de investimentos em termos de oferta, graças a seus programas atraentes e bem-sucedidos, e de demanda, em virtude de sua significativa e crescente quantidade de investidores abastados."

O relatório Henley Global Citizens Report também revelou que os cidadãos indianos lideraram o ranking de consultas recebidas pela empresa em 2021 com uma margem significativa, com crescimento de 54% em relação a 2020, ano que registrou um aumento de 63% no interesse demonstrado pelos investidores indianos. Os próximos da lista foram os cidadãos dos EUA, com a Henley & Partners recebendo 26% mais consultas de norte-americanos em 2021, após um crescimento surpreendente de 208% em 2020. As consultas de britânicos e sul-africanos aumentaram 110% e 38%, respectivamente, em 2021.

Dominic Volek, diretor de clientes privados do grupo Henley & Partners, disse: "As demais nacionalidades na nossa lista dos dez primeiros em consultas são de países situados na parte sul do planeta, com exceção do Canadá, em nono lugar, que teve um crescimento notável de 86%. Em 2022, estamos observando tendências muito semelhantes, com sinais iniciais de superar o excepcional crescimento geral do ano passado. A combinação de países do W10 e economias em desenvolvimento que compõem nossa lista dos dez mais reflete o apelo universal da migração por investimento para famílias abastadas. Além dos benefícios tradicionais de mobilidade global aprimorada, os programas de residência e cidadania por investimento oferecem uma estratégia comprovada de mitigação de riscos e diversificação de crescimento em termos de planejamento de patrimônio e legado com a vantagem adicional de opção de estilo de vida do domicílio."

Leia o comunicado de imprensa completo sobre as principais tendências globais e regionais 

FONTE Henley & Partners

Você acabou de ler:

EUA superam o total de riqueza privada mantida em todo o mundo e Índia lidera aumento na migração por investimento

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/eua-superam-o-total-de-riqueza-privada-mantida-em-todo-o-mundo-e-india-lidera-aumento-na-migracao-por-investimento/