Ex-executivo sênior da General Motors assume cargo de CEO conjunto da startup Seres de veículos elétricos

SÃO FRANCISCO, 23 de julho de 2019 /PRNewswire/ -- James Taylor, ex-executivo sênior da General Motors, acaba de assumir o cargo de CEO conjunto da startup Seres, empresa chinesa de veículos elétricos (VE), e ele apresentou os novos ajustes e planos da empresa para um grupo de visitantes da nova área de Chongqing Liangjiang, na China.

Taylor disse que a equipe do Vale do Silício ainda lidera a área de pesquisa e desenvolvimento (P&D) da empresa, apesar da eliminação de 17 cargos, e está atualmente trabalhando em uma tecnologia de bateria de última geração e em um novo modelo de carro.

Já em 2016, quando a Seres estabeleceu um escritório nos Estados Unidos, a empresa decidiu desenvolver tecnologias essenciais de VE baseadas na tecnologia do Vale do Silício, disse Taylor.

Após três anos de cultivo, a empresa americana da Seres formou um layout de desenvolvimento globalizado em quatro países, com o Vale do Silício como centro completo e independente de P&D de tecnologias de acionamento elétrico, como motores, controles elétricos e baterias, observou Taylor.

Segundo ele, mais de 1.000 realizações tecnológicas da empresa estão solicitando ou já receberam patentes técnicas na China ou nos EUA.

Taylor também anunciou que se reunirá com outros fabricantes de automóveis dos EUA para discutir a viabilidade de cooperação na área de eletrificação de automóveis.

Quando trabalhava como executivo sênior da General Motors, Taylor liderou o projeto inovador e a atualização tecnológica do novo modelo do Cadillac, que contribuiu para o renascimento da marca.

Respondendo aos relatos anteriores da mídia de que a empresa demitiu 90 funcionários em seu escritório no Vale do Silício, Taylor explicou que apenas 47 funções foram cortadas em todos os EUA, e disse que foi um ajuste necessário segundo o novo plano de negócios da empresa e as condições do mercado em evolução.

Ele ainda disse: "A Seres decidiu adiar o lançamento da versão de produção do crossover SF5 nos EUA devido à contínua incerteza do mercado automotivo americano; a empresa se concentrará no lançamento do produto na China". Quando a condição do mercado se tornar favorável, o modelo será lançado nos EUA.

Antes conhecida como SF Motors, a Seres é a unidade do Chongqing Sokon Industry Group (Sokon) da China.

FONTE Seres

SÃO FRANCISCO, 23 de julho de 2019 /PRNewswire/ -- James Taylor, ex-executivo sênior da General Motors, acaba de assumir o cargo de CEO conjunto da startup Seres, empresa chinesa de veículos elétricos (VE), e ele apresentou os novos ajustes e planos da empresa para um grupo de visitantes da nova área de Chongqing Liangjiang, na China.

Taylor disse que a equipe do Vale do Silício ainda lidera a área de pesquisa e desenvolvimento (P&D) da empresa, apesar da eliminação de 17 cargos, e está atualmente trabalhando em uma tecnologia de bateria de última geração e em um novo modelo de carro.

Já em 2016, quando a Seres estabeleceu um escritório nos Estados Unidos, a empresa decidiu desenvolver tecnologias essenciais de VE baseadas na tecnologia do Vale do Silício, disse Taylor.

Após três anos de cultivo, a empresa americana da Seres formou um layout de desenvolvimento globalizado em quatro países, com o Vale do Silício como centro completo e independente de P&D de tecnologias de acionamento elétrico, como motores, controles elétricos e baterias, observou Taylor.

Segundo ele, mais de 1.000 realizações tecnológicas da empresa estão solicitando ou já receberam patentes técnicas na China ou nos EUA.

Taylor também anunciou que se reunirá com outros fabricantes de automóveis dos EUA para discutir a viabilidade de cooperação na área de eletrificação de automóveis.

Quando trabalhava como executivo sênior da General Motors, Taylor liderou o projeto inovador e a atualização tecnológica do novo modelo do Cadillac, que contribuiu para o renascimento da marca.

Respondendo aos relatos anteriores da mídia de que a empresa demitiu 90 funcionários em seu escritório no Vale do Silício, Taylor explicou que apenas 47 funções foram cortadas em todos os EUA, e disse que foi um ajuste necessário segundo o novo plano de negócios da empresa e as condições do mercado em evolução.

Ele ainda disse: "A Seres decidiu adiar o lançamento da versão de produção do crossover SF5 nos EUA devido à contínua incerteza do mercado automotivo americano; a empresa se concentrará no lançamento do produto na China". Quando a condição do mercado se tornar favorável, o modelo será lançado nos EUA.

Antes conhecida como SF Motors, a Seres é a unidade do Chongqing Sokon Industry Group (Sokon) da China.

FONTE Seres

Você acabou de ler:

Ex-executivo sênior da General Motors assume cargo de CEO conjunto da startup Seres de veículos elétricos

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/ex-executivo-senior-da-general-motors-assume-cargo-de-ceo-conjunto-da-startup-seres-de-veiculos-eletricos-2/