Exposição ''Tudo o que você valoriza - por um mundo livre de armas nucleares'' chega ao Cazaquistão

NUR-SULTAN, Cazaquistão e TÓQUIO, 4 de outubro de 2019 /PRNewswire/ -- A mostra "Tudo o que você valoriza – por um mundo livre de armas nucleares" está em exibição em Nur-Sultan (Astana), na Biblioteca do Primeiro Presidente da República do Cazaquistão – Elbasy, de 2 a 13 de outubro para marcar o 30º aniversário do fim dos testes de armas nucleares na instalação de testes de Semipalatinsk e o 10º aniversário do Tratado de Zona Livre de Armas Nucleares na Ásia Central. Com uma estimativa de 1,5 milhão de pessoas que sofrem os efeitos dos testes de 456 armas nucleares realizados em Semipalatinsk durante um período de 40 anos, o Cazaquistão é conhecido pelo empenho em livrar o mundo dos armamentos nucleares. Em 29 de agosto deste ano, tornou-se o 26º país do mundo a ratificar o Tratado de Proibição de Armas Nucleares. Patrocinada pela Soka Gakkai International (SGI), pela Campanha Internacional para Abolir as Armas Nucleares (ICAN) e pela Biblioteca do Primeiro Presidente da República do Cazaquistão – Elbasy, esta passagem de "Tudo o que você valoriza" busca atrair apoio ao tratado de proibição nuclear e galvanizar ainda mais o interesse por esta questão na Ásia Central. O Cazaquistão é o 21º país pelo qual passa a exposição, que pela primeira vez é realizada na língua russa. A mostra pede aos espectadores que pensem em como todos os seus tesouros na vida seriam ameaçados pelas armas nucleares. Ela reexamina a questão dos armamentos nucleares a partir de diversas perspectivas, como aspectos ambientais, médicos, econômicos, de direitos humanos, energéticos, espirituais, de gênero, geracionais e de segurança. Amerkhan Rakhimzhanov, diretor da Biblioteca do Primeiro Presidente da República do Cazaquistão – Elbasy, Kuanysh Sultanov, presidente da Comissão de Direitos Humanos do Cazaquistão, e Hirotsugu Terasaki, diretor geral de paz e assuntos globais da SGI, discursaram na cerimônia de abertura, que contou com a presença de 100 pessoas. "É especialmente emocionante para mim ter esta exposição itinerante dentro deste prédio", comentou Amerkhan Rakhimzhanov. "A Biblioteca do Primeiro Presidente valoriza profundamente as parcerias com pessoas locais e internacionais que pensam de forma parecida." Em sua mensagem durante a abertura (https://www.daisakuikeda.org/sub/resources/works/lect/20191001-msg-nuke-abol-kazakhstan.html), o presidente do SGI, Daisaku Ikeda, expressou respeito pelas contribuições do Cazaquistão em prol da abolição nuclear. "Semipalatinsk foi o local da cerimônia de assinatura do Tratado de Zona Livre de Armas Nucleares na Ásia Central", observou. "Foi também um lugar central para um movimento popular que se opunha aos armamentos nucleares: o Movimento Nevada-Semipalatinsk, famoso por ter se transformado em um esforço global de base para proibir os testes de armas nucleares e as próprias armas nucleares." A exposição "Tudo o que você valoriza – por um mundo livre de armas nucleares" (https://www.sgi.org/in-focus/2012/eyt-world-free-nuclear-weapons.html) foi criada conjuntamente pela rede budista Soka Gakkai International (SGI) e pela Campanha Internacional para Abolir as Armas Nucleares (ICAN), vencedora do Prêmio Nobel da Paz de 2017. Foi mostrada pela primeira vez em 2012 em Hiroshima e já chegou a 90 cidades no mundo todo. www.sgi.org Contato: Joan Anderson Gabinete de Informação ao Público Soka Gakkai International +81-80-5957-4711 anderson[at]soka.jp FONTE Soka Gakkai International
NUR-SULTAN, Cazaquistão e TÓQUIO, 4 de outubro de 2019 /PRNewswire/ -- A mostra "Tudo o que você valoriza – por um mundo livre de armas nucleares" está em exibição em Nur-Sultan (Astana), na Biblioteca do Primeiro Presidente da República do Cazaquistão – Elbasy, de 2 a 13 de outubro para marcar o 30º aniversário do fim dos testes de armas nucleares na instalação de testes de Semipalatinsk e o 10º aniversário do Tratado de Zona Livre de Armas Nucleares na Ásia Central. Com uma estimativa de 1,5 milhão de pessoas que sofrem os efeitos dos testes de 456 armas nucleares realizados em Semipalatinsk durante um período de 40 anos, o Cazaquistão é conhecido pelo empenho em livrar o mundo dos armamentos nucleares. Em 29 de agosto deste ano, tornou-se o 26º país do mundo a ratificar o Tratado de Proibição de Armas Nucleares. Patrocinada pela Soka Gakkai International (SGI), pela Campanha Internacional para Abolir as Armas Nucleares (ICAN) e pela Biblioteca do Primeiro Presidente da República do Cazaquistão – Elbasy, esta passagem de "Tudo o que você valoriza" busca atrair apoio ao tratado de proibição nuclear e galvanizar ainda mais o interesse por esta questão na Ásia Central. O Cazaquistão é o 21º país pelo qual passa a exposição, que pela primeira vez é realizada na língua russa. A mostra pede aos espectadores que pensem em como todos os seus tesouros na vida seriam ameaçados pelas armas nucleares. Ela reexamina a questão dos armamentos nucleares a partir de diversas perspectivas, como aspectos ambientais, médicos, econômicos, de direitos humanos, energéticos, espirituais, de gênero, geracionais e de segurança. Amerkhan Rakhimzhanov, diretor da Biblioteca do Primeiro Presidente da República do Cazaquistão – Elbasy, Kuanysh Sultanov, presidente da Comissão de Direitos Humanos do Cazaquistão, e Hirotsugu Terasaki, diretor geral de paz e assuntos globais da SGI, discursaram na cerimônia de abertura, que contou com a presença de 100 pessoas. "É especialmente emocionante para mim ter esta exposição itinerante dentro deste prédio", comentou Amerkhan Rakhimzhanov. "A Biblioteca do Primeiro Presidente valoriza profundamente as parcerias com pessoas locais e internacionais que pensam de forma parecida." Em sua mensagem durante a abertura (https://www.daisakuikeda.org/sub/resources/works/lect/20191001-msg-nuke-abol-kazakhstan.html), o presidente do SGI, Daisaku Ikeda, expressou respeito pelas contribuições do Cazaquistão em prol da abolição nuclear. "Semipalatinsk foi o local da cerimônia de assinatura do Tratado de Zona Livre de Armas Nucleares na Ásia Central", observou. "Foi também um lugar central para um movimento popular que se opunha aos armamentos nucleares: o Movimento Nevada-Semipalatinsk, famoso por ter se transformado em um esforço global de base para proibir os testes de armas nucleares e as próprias armas nucleares." A exposição "Tudo o que você valoriza – por um mundo livre de armas nucleares" (https://www.sgi.org/in-focus/2012/eyt-world-free-nuclear-weapons.html) foi criada conjuntamente pela rede budista Soka Gakkai International (SGI) e pela Campanha Internacional para Abolir as Armas Nucleares (ICAN), vencedora do Prêmio Nobel da Paz de 2017. Foi mostrada pela primeira vez em 2012 em Hiroshima e já chegou a 90 cidades no mundo todo. www.sgi.org Contato: Joan Anderson Gabinete de Informação ao Público Soka Gakkai International +81-80-5957-4711 anderson[at]soka.jp FONTE Soka Gakkai International

Você acabou de ler:

Exposição ''Tudo o que você valoriza - por um mundo livre de armas nucleares'' chega ao Cazaquistão

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/exposicao-tudo-o-que-voce-valoriza-por-um-mundo-livre-de-armas-nucleares-chega-ao-cazaquistao-2/