Fato Relevante

SÃO PAULO, 10 de fevereiro de 2020 /PRNewswire/ -- ITAÚ UNIBANCO HOLDING S.A. ("Companhia") comunica aos seus acionistas que o Conselho de Administração, reunido em 10.2.2020, aprovou o pagamento, em 6.3.2020, dos seguintes proventos aos acionistas, tendo como base de cálculo a posição acionária final registrada no dia 20.2.2020:

  • dividendos complementares no valor de R$ 0,4832 por ação; e
  • juros sobre o capital próprio complementares no valor de R$ 0,5235 por ação, com retenção de 15% de imposto de renda na fonte, resultando em juros líquidos de R$ 0,444975 por ação, excetuados dessa retenção os acionistas pessoas jurídicas comprovadamente imunes ou isentos.
  • Aprovou, ainda, que os juros sobre o capital próprio declarados pelo Conselho de Administração em 28.11.2019, no valor bruto de R$ 0,037560 por ação (líquido de R$ 0,031926 por ação), também serão pagos em 6.3.2020 aos acionistas com posição acionária final registrada no dia 12.12.2019.

    Em relação ao resultado de 2019, os acionistas da Companhia receberão R$ 1,9270 por ação, que totaliza R$ 18,8 bilhões em dividendos e juros sobre o capital próprio (líquido de imposto de renda), valor esse que equivale a 66,2% do lucro líquido consolidado recorrente do exercício de 2019.

    Em caso de dúvidas, por favor acesse www.itau.com.br/relacoes-com-investidores e siga a rota: Fale com RI > Atendimento.

    ALEXSANDRO BROEDEL

    Diretor Executivo de Finanças e Relações com Investidores

    Observação: Os valores de dividendos e juros sobre o capital próprio são pagos igualmente para as ações ordinárias (ITUB3) e preferenciais (ITUB4).

    Itaú Unibanco - Corporate Communication, (11) 5019-8880 / 8881 - imprensa@itau-unibanco.com.br

    FONTE Itaú Unibanco Holding S.A.

    SÃO PAULO, 10 de fevereiro de 2020 /PRNewswire/ -- ITAÚ UNIBANCO HOLDING S.A. ("Companhia") comunica aos seus acionistas que o Conselho de Administração, reunido em 10.2.2020, aprovou o pagamento, em 6.3.2020, dos seguintes proventos aos acionistas, tendo como base de cálculo a posição acionária final registrada no dia 20.2.2020:

  • dividendos complementares no valor de R$ 0,4832 por ação; e
  • juros sobre o capital próprio complementares no valor de R$ 0,5235 por ação, com retenção de 15% de imposto de renda na fonte, resultando em juros líquidos de R$ 0,444975 por ação, excetuados dessa retenção os acionistas pessoas jurídicas comprovadamente imunes ou isentos.
  • Aprovou, ainda, que os juros sobre o capital próprio declarados pelo Conselho de Administração em 28.11.2019, no valor bruto de R$ 0,037560 por ação (líquido de R$ 0,031926 por ação), também serão pagos em 6.3.2020 aos acionistas com posição acionária final registrada no dia 12.12.2019.

    Em relação ao resultado de 2019, os acionistas da Companhia receberão R$ 1,9270 por ação, que totaliza R$ 18,8 bilhões em dividendos e juros sobre o capital próprio (líquido de imposto de renda), valor esse que equivale a 66,2% do lucro líquido consolidado recorrente do exercício de 2019.

    Em caso de dúvidas, por favor acesse www.itau.com.br/relacoes-com-investidores e siga a rota: Fale com RI > Atendimento.

    ALEXSANDRO BROEDEL

    Diretor Executivo de Finanças e Relações com Investidores

    Observação: Os valores de dividendos e juros sobre o capital próprio são pagos igualmente para as ações ordinárias (ITUB3) e preferenciais (ITUB4).

    Itaú Unibanco - Corporate Communication, (11) 5019-8880 / 8881 - imprensa@itau-unibanco.com.br

    FONTE Itaú Unibanco Holding S.A.

    Você acabou de ler:

    Fato Relevante

    Compartilhe

    https://prnewswire.com.br/releases/fato-relevante-3/