Fórum Global de Pesca discute perspectivas do setor

SÃO PETERSBURGO, Rússia, 17 de setembro de 2018 /PRNewswire/ -- O segundo Fórum Global de Pesca e a Exposição de Frutos do Mar da Rússia, o maior evento do setor nacional de pesca, aconteceu em São Petersburgo, de 13 a 15 de setembro de 2018.

Mais de 3.000 líderes empresariais, representantes da pesca e oficiais governamentais da Dinamarca, Alemanha, Islândia, Itália, Canadá, China, Marrocos, Noruega, Ilhas Faroe, Japão e de outros lugares participaram do Fórum. O ministro da Agricultura, Dmitry Patrushev, leu um discurso de boas-vindas do presidente Vladimir Putin.

O vice-ministro da Agricultura e diretor da Agência Federal de Pesca, Ilya Shestakov, líderes de agências setoriais das Ilhas Faroe e do Marrocos, especialistas da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO, em inglês), da Estação Biológica do Pacífico, do Conselho Internacional para a Exploração dos Mares e da Embaixada da Dinamarca falaram na sessão plenária "Atividades globais de pesca 2050: recursos, mercados, tecnologias". Os participantes discutiram a concorrência nos oceanos mundiais, reservas de recursos biológicos aquáticos e as perspectivas de aquicultura, dada a crescente população da Terra.  

Temas urgentes foram discutidos nas sessões de painel "Questões das atividades comerciais de pesca em áreas transzonais", "Construção naval 2050: uma espiada no futuro", "Recursos""Aquicultura: previsão de desenvolvimento e reprodução para 2050""Mercados consumidores mundiais" , "Pescados russos: uma estratégia de promoção de produtos pescados russos no mercado russo" e "Tecnologias de pesca: o problema do desperdício e da perda de alimentos".

Importantes contratos foram assinados entre a Rússia e a Guiné, Agência Federal de Pesca da Rússia e a Autoridade de Recursos Aquáticos do Panamá, FOR Group e Lenta.

A exposição exibiu pesca, processamento, empresas de comercialização e de transporte, fabricantes de equipamento, agências governamentais e associações comerciais. Os visitantes degustaram produtos, participaram de uma turnê de vídeo pelas principais empresas russas, experimentaram um túnel interativo e participaram da apresentação 3D "120 anos da indústria da pesca da Rússia".

Ela também apresentou estandes conjuntos das regiões de Arkhangelsk, Astracã e Kaliningrado, Carélia e Tartaristão e da bacia de pesca de Azov e do Mar Negro, bem como estandes nacionais da Noruega, Islândia, Marrocos e Argentina. Seus 13.000 metros quadrados abrigaram 180 empresas, entre elas, 122 da Rússia. Russian Fish, o primeiro restaurante de comida rápida de pescados da Rússia, funcionou na área da exposição.

A construção de uma embarcação pesqueira de 30 toneladas/dia foi iniciada (Dmitry Patrushev, Ilya Shestakov e o governador da região de Arkhangelsk, Igor Orlov, participaram da cerimônia), o Ano Internacional do Salmão, criado por acadêmicos e ambientalistas, foi inaugurado e os vencedores do concurso para toda a Rússia, "O melhor produto pesqueiro", foram anunciados.

O evento foi organizado pela Agência Federal de Pesca e o Fórum foi operado pela Roscongress Foundation.

O site oficial Fórum Global de Pesca fica em http://www.fishexpoforum.com  

Foto: https://mma.prnewswire.com/media/745108/Roscongress_Global_Fishery_Forum.jpg

FONTE Roscongress Foundation

SÃO PETERSBURGO, Rússia, 17 de setembro de 2018 /PRNewswire/ -- O segundo Fórum Global de Pesca e a Exposição de Frutos do Mar da Rússia, o maior evento do setor nacional de pesca, aconteceu em São Petersburgo, de 13 a 15 de setembro de 2018.

Mais de 3.000 líderes empresariais, representantes da pesca e oficiais governamentais da Dinamarca, Alemanha, Islândia, Itália, Canadá, China, Marrocos, Noruega, Ilhas Faroe, Japão e de outros lugares participaram do Fórum. O ministro da Agricultura, Dmitry Patrushev, leu um discurso de boas-vindas do presidente Vladimir Putin.

O vice-ministro da Agricultura e diretor da Agência Federal de Pesca, Ilya Shestakov, líderes de agências setoriais das Ilhas Faroe e do Marrocos, especialistas da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO, em inglês), da Estação Biológica do Pacífico, do Conselho Internacional para a Exploração dos Mares e da Embaixada da Dinamarca falaram na sessão plenária "Atividades globais de pesca 2050: recursos, mercados, tecnologias". Os participantes discutiram a concorrência nos oceanos mundiais, reservas de recursos biológicos aquáticos e as perspectivas de aquicultura, dada a crescente população da Terra.  

Temas urgentes foram discutidos nas sessões de painel "Questões das atividades comerciais de pesca em áreas transzonais", "Construção naval 2050: uma espiada no futuro", "Recursos""Aquicultura: previsão de desenvolvimento e reprodução para 2050""Mercados consumidores mundiais" , "Pescados russos: uma estratégia de promoção de produtos pescados russos no mercado russo" e "Tecnologias de pesca: o problema do desperdício e da perda de alimentos".

Importantes contratos foram assinados entre a Rússia e a Guiné, Agência Federal de Pesca da Rússia e a Autoridade de Recursos Aquáticos do Panamá, FOR Group e Lenta.

A exposição exibiu pesca, processamento, empresas de comercialização e de transporte, fabricantes de equipamento, agências governamentais e associações comerciais. Os visitantes degustaram produtos, participaram de uma turnê de vídeo pelas principais empresas russas, experimentaram um túnel interativo e participaram da apresentação 3D "120 anos da indústria da pesca da Rússia".

Ela também apresentou estandes conjuntos das regiões de Arkhangelsk, Astracã e Kaliningrado, Carélia e Tartaristão e da bacia de pesca de Azov e do Mar Negro, bem como estandes nacionais da Noruega, Islândia, Marrocos e Argentina. Seus 13.000 metros quadrados abrigaram 180 empresas, entre elas, 122 da Rússia. Russian Fish, o primeiro restaurante de comida rápida de pescados da Rússia, funcionou na área da exposição.

A construção de uma embarcação pesqueira de 30 toneladas/dia foi iniciada (Dmitry Patrushev, Ilya Shestakov e o governador da região de Arkhangelsk, Igor Orlov, participaram da cerimônia), o Ano Internacional do Salmão, criado por acadêmicos e ambientalistas, foi inaugurado e os vencedores do concurso para toda a Rússia, "O melhor produto pesqueiro", foram anunciados.

O evento foi organizado pela Agência Federal de Pesca e o Fórum foi operado pela Roscongress Foundation.

O site oficial Fórum Global de Pesca fica em http://www.fishexpoforum.com  

Foto: https://mma.prnewswire.com/media/745108/Roscongress_Global_Fishery_Forum.jpg

FONTE Roscongress Foundation

Você acabou de ler:

Fórum Global de Pesca discute perspectivas do setor

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/forum-global-de-pesca-discute-perspectivas-do-setor/