FS anuncia construção da terceira planta em Primavera do Leste (MT) e evolução significativa na produção de um biocombustível carbono negativo

O projeto Primavera do Leste receberá um investimento de R$ 2,3 bilhões (US$ 420 milhões) e, quando estiver concluída, aplanta terá produção superior a 682 milhões de litros de etanol por ano

PRIMAVERA DO LESTE, Brasil, 18 de novembro de 2021 /PRNewswire/ -- A FS, líder de mercado na produção de biocombustíveis de baixo carbono e nutrição animal, anuncia sua expansão no estado de Mato Grosso e a construção de sua terceira fábrica, localizada em Primavera do Leste/MT.

A planta, localizada em Primavera do Leste, terá um investimento de R$ 2,3 bilhões (US$ 420 milhões), gerando aproximadamente oito mil empregos indiretos durante a fase de construção e 500 empregos diretos e indiretos durante sua operação. A preparação do local já começou, com o início das operações previsto para 2023, com uma capacidade planejada para mais de 682 milhões de litros de etanol por ano.

"Primavera do Leste é uma região muito importante para a FS devido à grande oferta de milho e sua localização estratégica para a distribuição de nossos produtos", afirmou Rafael Abud, CEO da FS. "Assim como em nossas outras unidades em operação, será utilizado zero combustíveis fósseis no processo de produção que impulsiona a referência global para a produção de biocombustíveis de baixo carbono", complementou Rafael.

Atualmente, com duas usinas de etanol entre as maiores do país que utilizam o milho como matéria-prima, em Lucas do Rio Verde e Sorriso/ MT, a FS já tem capacidade de produção superior a 1.705 milhões de litros por ano e, com a inauguração da usina de Primavera do Leste, a empresa deve se tornar uma das três maiores produtoras de etanol do Brasil, atingindo uma capacidade de produção de 2.387 milhões de litros por ano. Com o plano de investimentos completo, que inclui mais três usinas até 2026 no mesmo estado, a FS poderá chegar à capacidade de produção de 5,9 bilhões de litros de etanol por ano.

Expansão baseada na sustentabilidade 

Em 2020, a FS obteve a certificação para fazer parte da RenovaBio e emitir créditos de descarbonização (CBIOs) e, em 2021, assumiu seis compromissos de longo prazo junto à sociedade (Compromissos de Sustentabilidade FS 2030). Esses compromissos têm metas correlacionadas com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas e estão alinhados com o Acordo de Paris.

Atualmente, a empresa possui a melhor pontuação de Eficiência Energético-Ambiental (NEEA) de etanol anidro do país. Além disso, a FS também é a única produtora de etanol de milho certificada com a divulgação de dados primários, que inclui rastreabilidade total das emissões agrícolas dos fornecedores de grãos e adesão à Climate Bonds Initiative, de acordo com a avaliação da Sustainalytics.

Além disso, a FS anunciou em 2021 a implementação do primeiro projeto BECCS (bioenergia com captura e armazenamento de carbono) do Brasil. O projeto BECCS da FS, localizado na planta de Lucas do Rio Verde, teve evolução significativa ao longo do ano, incluindo a contratação da Schlumberger como parceira-chave para estudos geológicos e de injeção. Após a implementação deste projeto, a FS deverá ser a primeira empresa do mundo a produzir em escala um biocombustível carbono negativo líquido.

FONTE FS

O projeto Primavera do Leste receberá um investimento de R$ 2,3 bilhões (US$ 420 milhões) e, quando estiver concluída, aplanta terá produção superior a 682 milhões de litros de etanol por ano

PRIMAVERA DO LESTE, Brasil, 18 de novembro de 2021 /PRNewswire/ -- A FS, líder de mercado na produção de biocombustíveis de baixo carbono e nutrição animal, anuncia sua expansão no estado de Mato Grosso e a construção de sua terceira fábrica, localizada em Primavera do Leste/MT.

A planta, localizada em Primavera do Leste, terá um investimento de R$ 2,3 bilhões (US$ 420 milhões), gerando aproximadamente oito mil empregos indiretos durante a fase de construção e 500 empregos diretos e indiretos durante sua operação. A preparação do local já começou, com o início das operações previsto para 2023, com uma capacidade planejada para mais de 682 milhões de litros de etanol por ano.

"Primavera do Leste é uma região muito importante para a FS devido à grande oferta de milho e sua localização estratégica para a distribuição de nossos produtos", afirmou Rafael Abud, CEO da FS. "Assim como em nossas outras unidades em operação, será utilizado zero combustíveis fósseis no processo de produção que impulsiona a referência global para a produção de biocombustíveis de baixo carbono", complementou Rafael.

Atualmente, com duas usinas de etanol entre as maiores do país que utilizam o milho como matéria-prima, em Lucas do Rio Verde e Sorriso/ MT, a FS já tem capacidade de produção superior a 1.705 milhões de litros por ano e, com a inauguração da usina de Primavera do Leste, a empresa deve se tornar uma das três maiores produtoras de etanol do Brasil, atingindo uma capacidade de produção de 2.387 milhões de litros por ano. Com o plano de investimentos completo, que inclui mais três usinas até 2026 no mesmo estado, a FS poderá chegar à capacidade de produção de 5,9 bilhões de litros de etanol por ano.

Expansão baseada na sustentabilidade 

Em 2020, a FS obteve a certificação para fazer parte da RenovaBio e emitir créditos de descarbonização (CBIOs) e, em 2021, assumiu seis compromissos de longo prazo junto à sociedade (Compromissos de Sustentabilidade FS 2030). Esses compromissos têm metas correlacionadas com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas e estão alinhados com o Acordo de Paris.

Atualmente, a empresa possui a melhor pontuação de Eficiência Energético-Ambiental (NEEA) de etanol anidro do país. Além disso, a FS também é a única produtora de etanol de milho certificada com a divulgação de dados primários, que inclui rastreabilidade total das emissões agrícolas dos fornecedores de grãos e adesão à Climate Bonds Initiative, de acordo com a avaliação da Sustainalytics.

Além disso, a FS anunciou em 2021 a implementação do primeiro projeto BECCS (bioenergia com captura e armazenamento de carbono) do Brasil. O projeto BECCS da FS, localizado na planta de Lucas do Rio Verde, teve evolução significativa ao longo do ano, incluindo a contratação da Schlumberger como parceira-chave para estudos geológicos e de injeção. Após a implementação deste projeto, a FS deverá ser a primeira empresa do mundo a produzir em escala um biocombustível carbono negativo líquido.

FONTE FS

Você acabou de ler:

FS anuncia construção da terceira planta em Primavera do Leste (MT) e evolução significativa na produção de um biocombustível carbono negativo

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/fs-anuncia-construcao-da-terceira-planta-em-primavera-do-leste-mt-e-evolucao-significativa-na-producao-de-um-biocombustivel-carbono-negativo/