Fundo Global lança busca por inspetor geral

GENEBRA, 11 de agosto de 2020 /PRNewswire/ -- O Fundo Global de Luta contra a AIDS, tuberculose e malária começou a buscar seu próximo inspetor geral.

 

 

Um comitê de indicação de sete participantes ajudará o conselho do Fundo Global a selecionar o próximo inspetor geral. A diretoria aceita candidaturas de interessados com habilidades comprovadas em liderança e supervisão estratégica e com experiências diversas e abrangentes.

O presidente do conselho, Donald Kaberuka, afirmou que um gabinete do inspetor geral (OIG) independente, com bons recursos e transparente nunca foi tão essencial para o sucesso do Fundo Global, à medida que o mundo responde à pandemia da COVID-19.

"O Fundo Global está comprometido com os mais altos padrões de responsabilidade", disse Kaberuka. "À medida que ajudamos os países a derrotar a COVID-19 e a mitigar seu impacto sobre o HIV, a tuberculose e a malária, é essencial manter a confiança dos nossos doadores e parceiros, assim como das comunidades. Anos de conquistas duramente alcançadas podem ser perdidos e a vida de milhões de pessoas das comunidades mais vulneráveis podem estar em risco".

O OIG é independente, porém parte integrante do Fundo Global. Por meio de auditorias, investigações e trabalho de consultoria, o OIG fornece ao Fundo Global garantia independente e objetiva sobre a definição e a eficácia dos controles em vigor para administrar os principais riscos que afetam os programas e operações do Fundo Global. O OIG informa todas as suas atividades, visando à transparência e a responsabilidade. Os resultados de suas auditorias e investigações são publicados no site do Fundo Global.

O atual inspetor geral Mouhamadou Diagne informou ao conselho, no início deste ano, que deixaria esse cargo para assumir o de vice-presidente de integridade do Grupo Banco Mundial.

Durante seus mais de cinco anos como inspetor geral, liderou uma equipe de 50 profissionais de auditoria e investigação, com experiência em gestão de risco, controles internos e governança. O OIG implementa uma abordagem estratégica e proativa para prevenir fraudes e mau uso de fundos, conforme recomendado pelo conselho e seu Comitê de Auditoria e Finanças.

O Fundo Global, o maior investidor multilateral em subsídios para sistemas de saúde, salvou mais de 32 milhões de vidas e ajudou a reduzir as mortes por HIV, tuberculose e malária pela metade, desembolsando US$ 45 bilhões para mais de 100 países. No entanto, a pandemia da COVID-19 ameaça reverter os ganhos extraordinários obtidos pelo Fundo Global na luta contra as três doenças.

O Fundo reagiu de forma decisiva ao surgimento da COVID-19, disponibilizando rapidamente até US$ 1 bilhão para apoiar os países em sua resposta à pandemia, para adaptar seus programas de HIV, tuberculose e malária e fortalecer seus sistemas de saúde já sobrecarregados.

O comitê de nomeação, com o apoio de uma empresa de recrutamento de executivos, espera entrevistar os candidatos mais fortes e recomendar um candidato final ao conselho para indicação até novembro de 2020. O Fundo Global está trabalhando com a empresa Egon Zehnder para auxiliar na busca por um inspetor geral. Para obter mais informações sobre o cargo, as qualificações e os requisitos, visite http://appointments.egonzehnder.com.

Logo - https://mma.prnewswire.com/media/1195636/The_Global_Fund_Logo.jpg

FONTE The Global Fund

GENEBRA, 11 de agosto de 2020 /PRNewswire/ -- O Fundo Global de Luta contra a AIDS, tuberculose e malária começou a buscar seu próximo inspetor geral.

 

 

Um comitê de indicação de sete participantes ajudará o conselho do Fundo Global a selecionar o próximo inspetor geral. A diretoria aceita candidaturas de interessados com habilidades comprovadas em liderança e supervisão estratégica e com experiências diversas e abrangentes.

O presidente do conselho, Donald Kaberuka, afirmou que um gabinete do inspetor geral (OIG) independente, com bons recursos e transparente nunca foi tão essencial para o sucesso do Fundo Global, à medida que o mundo responde à pandemia da COVID-19.

"O Fundo Global está comprometido com os mais altos padrões de responsabilidade", disse Kaberuka. "À medida que ajudamos os países a derrotar a COVID-19 e a mitigar seu impacto sobre o HIV, a tuberculose e a malária, é essencial manter a confiança dos nossos doadores e parceiros, assim como das comunidades. Anos de conquistas duramente alcançadas podem ser perdidos e a vida de milhões de pessoas das comunidades mais vulneráveis podem estar em risco".

O OIG é independente, porém parte integrante do Fundo Global. Por meio de auditorias, investigações e trabalho de consultoria, o OIG fornece ao Fundo Global garantia independente e objetiva sobre a definição e a eficácia dos controles em vigor para administrar os principais riscos que afetam os programas e operações do Fundo Global. O OIG informa todas as suas atividades, visando à transparência e a responsabilidade. Os resultados de suas auditorias e investigações são publicados no site do Fundo Global.

O atual inspetor geral Mouhamadou Diagne informou ao conselho, no início deste ano, que deixaria esse cargo para assumir o de vice-presidente de integridade do Grupo Banco Mundial.

Durante seus mais de cinco anos como inspetor geral, liderou uma equipe de 50 profissionais de auditoria e investigação, com experiência em gestão de risco, controles internos e governança. O OIG implementa uma abordagem estratégica e proativa para prevenir fraudes e mau uso de fundos, conforme recomendado pelo conselho e seu Comitê de Auditoria e Finanças.

O Fundo Global, o maior investidor multilateral em subsídios para sistemas de saúde, salvou mais de 32 milhões de vidas e ajudou a reduzir as mortes por HIV, tuberculose e malária pela metade, desembolsando US$ 45 bilhões para mais de 100 países. No entanto, a pandemia da COVID-19 ameaça reverter os ganhos extraordinários obtidos pelo Fundo Global na luta contra as três doenças.

O Fundo reagiu de forma decisiva ao surgimento da COVID-19, disponibilizando rapidamente até US$ 1 bilhão para apoiar os países em sua resposta à pandemia, para adaptar seus programas de HIV, tuberculose e malária e fortalecer seus sistemas de saúde já sobrecarregados.

O comitê de nomeação, com o apoio de uma empresa de recrutamento de executivos, espera entrevistar os candidatos mais fortes e recomendar um candidato final ao conselho para indicação até novembro de 2020. O Fundo Global está trabalhando com a empresa Egon Zehnder para auxiliar na busca por um inspetor geral. Para obter mais informações sobre o cargo, as qualificações e os requisitos, visite http://appointments.egonzehnder.com.

Logo - https://mma.prnewswire.com/media/1195636/The_Global_Fund_Logo.jpg

FONTE The Global Fund

Você acabou de ler:

Fundo Global lança busca por inspetor geral

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/fundo-global-lanca-busca-por-inspetor-geral/