GOL Conclui Aumento de Capital

SÃO PAULO, 14 de junho de 2021 /PRNewswire/ -- A GOL Linhas Aéreas Inteligentes S.A. (B3: GOLL4 e NYSE: GOL) (GOL ou "Companhia"), a maior empresa aérea do Brasil, anuncia hoje a conclusão do prazo para exercício de preferência pelos seus acionistas com relação ao seu processo de aumento de capital anunciado no dia 28 de abril de 2021 ("Aumento de Capital"), o qual foi ancorado em um aporte de R$268 milhões pelo acionista controlador da Companhia, os irmãos Constantino. Os acionistas minoritários da GOL contribuíram com outros R$155 milhões, elevando o total captado para R$423 milhões, em linha com as expectativas.

Em conjunto com aumento do capital da Companhia de R$607 milhões relativo à incorporação da participação minoritária da Smiles, esse mês a Companhia emitiu aproximadamente R$1,0 bilhão em capital (equity) novo, tornando a GOL a única empresa aérea sul-americana a aumentar seu capital (equity) nos últimos 12 meses. Proforma, considerando as emissões de ações, o acionista controlador da Companhia mantém uma participação econômica de 57% no capital da GOL. Também, essas emissões recentes de equity tornam a GOL a ação mais líquida de companhia aérea da América Latina, com um volume médio diário de negociação de aproximadamente R$300 milhões.

Combinado com o recente re-tap nos Secured Notes da Companhia, a GOL levantou mais de R$2,7 bilhões em capital de longo prazo neste trimestre. Assim, a Companhia possui o melhor balanço patrimonial entre todas as empresas aéreas de capital aberto da América do Sul, e os recursos para o crescimento e investimento nas suas operações com a recuperação da economia brasileira.

"Nosso sucesso em manter a liquidez durante essa pandemia é o resultado de esforços concentrados para o adequado dimensionamento do nosso balanço patrimonial nos últimos cinco anos", disse Paulo Kakinoff, Diretor Presidente. "Ao minimizar a diluição nos últimos 12 meses e executar duas transações estratégicas importantes, estamos posicionados para um crescimento significativo dos lucros, à medida em que o aumento da imunização e o início da alta temporada impulsionam o crescimento da demanda por viagens aéreas no Brasil."

Destaques Financeiros em 2020/1S2021

Desde o início de 2020, a Companhia gerou mais de R$6 bilhões em liquidez por meio da gestão de capital de giro, ao mesmo tempo em que reduziu seu endividamento líquido em R$2 bilhões. Concomitantemente, a GOL realizou duas transações estratégicas com crédito positivo e que viabilizam maior lucratividade, incluindo a reintegração do programa de fidelidade Smiles, e a assinatura do contrato de aquisição da MAP Linhas Aéreas, o qual prevê a expansão da malha regional da Companhia nas cidades de São Paulo e Manaus.

Richard Lark, Diretor Vice-Presidente Financeiro acrescentou: "Todas as transações e iniciativas que iniciamos ou implementamos durante a pandemia tiveram dois objetivos principais: (i) garantir que mantivéssemos o cumprimento de nossa rígida política financeira; e (ii) emergir da pandemia com nossa histórica vantagem de custo sobre os concorrentes."

Um resumo dos principais destaques financeiros durante esse período:

Capital social: Capitalização de seu balanço em aproximadamente R$1,0 bilhão de equity novo com (i) o Aumento de Capital de R$423 milhões e (ii) o aumento de capital de R$607 milhões como parte da incorporação de R$1,3 bilhão de participação minoritária do seu programa de fidelidade Smiles.

Obrigações de dívida: Retorno de US$530 milhões de principal e juros aos investidores de dívida no mercado público; amortização de R$800 milhões de dívidas bancárias locais com utilização de R$300 milhões de caixa restrito; pagamento integral de todas as despesas com juros no montante de mais de R$800 milhões; e captação de US$500 milhões (aproximadamente R$2,7 bilhões) em títulos de longo prazo no mercado público.

Custos e caixa: Manutenção de um nível consistente de liquidez ao longo da crise; conversão de 50% de suas despesas fixas (arrendamentos e gastos com pessoal) em custos variáveis; e gerenciamento adequado de capital de giro de entradas (vendas) com saídas (despesas operacionais, capex e despesas de juros de dívidas de capital de giro).

Frota: Redução de suas obrigações com aeronaves MAX 2020-2023 em mais de R$10 bilhões por meio da diminuição de 34 pedidos firmes, postergação entregas futuras em até três anos, e recebimento de procedimentos de caixa de seu acordo de compensação com a Boeing; venda de 11 aeronaves NG gerando ganhos de caixa de mais de R$500 milhões; redução da sua frota de NGs em 15 aviões com planos para a devolução adicional de 5 aeronaves NG até o final de 2021, diminuindo assim a dívida de arrendamento de aeronaves em mais de R$1 bilhão; e redução em mais de 50% nos custos mensais de arrendamento por meio de redução de alugueis, conversão de contratos fixos para PBH (power by the hour), e acordos de diferimento.

Desde o início da pandemia, a Administração da GOL proveu a visibilidade e transparência necessária de sua gestão e as variações de oferta e demanda e a Companhia emerge desta crise como a empresa aérea com o menor endividamento dentre seus pares na América do Sul. A contribuição dos parceiros de negócio da GOL na forma de diferimentos, descontos e rolagens de suas exposições, ajudou a Companhia manter o equilíbrio do caixa durante todo esse período. À medida em que a GOL retoma suas operações, ela continuará contando com o suporte de seus principais parceiros.

Posicionada para o Crescimento no 2S21

Como resultado dessas iniciativas, a Companhia tem fortalecido seu balanço e está posicionada para emergir da pandemia com uma estrutura de capital que atenda a sua política de alavancagem financeira de longo prazo, ao mesmo tempo em que minimizou a diluição para os acionistas da GOL.

Em maio, a GOL registrou um aumento significativo nas vendas de passagens no mercado doméstico de viagens aéreas, o que, combinado com as outras medidas importantes tomadas pela Administração, estão proporcionando melhorias significativas nessa fase de recuperação. Para o 2T21, a Companhia espera uma taxa de ocupação de 81% (versus os 79% previstos anteriormente) e os custos unitários recorrentes devem cair 40% quando comparados ao 2T20 (versus a queda de 27% anteriormente projetada).

Constantino de Oliveira Júnior, Presidente do Conselho concluiu: "Nossa Equipe de Gestão executou uma estratégia robusta para garantir a liquidez, manter boas relações com todos os seus principais parceiros de negócios e colaboradores, preservar a vantagem de custo da Companhia e minimizar diluição. Isso posiciona a GOL pós-pandemia para criar valor significativo para os acionistas".

Informações sobre o Aumento de Capital

Além das informações divulgadas no Aviso de Acionistas de 28 de abril de 2021 ("Aviso aos Acionistas"), no âmbito do aumento de capital por subscrição privada aprovado em reunião do Conselho de Administração realizada em 28 de abril de 2021, vem informar o quanto segue:

Conclusão do Prazo para Exercício do Direito de Preferência

Foi encerrado, no dia 09 de junho de 2021, o prazo para o exercício do direito de preferência para a subscrição de ações por acionistas elegíveis no âmbito do Aumento de Capital da Companhia de acordo com a legislação brasileira. Foram subscritas 183.735.889 ações nominativas, escriturais e sem valor nominal, no valor total de R$423.060.185,12, sendo: (i) 171.136.137 ações ordinárias, subscritas e integralizadas pelos acionistas que exerceram o direito de preferência ao preço de R$0,6911 por ação ordinária, no valor total de R$118.272.184,28; e (ii) 12.599.752 ações preferenciais, subscritas e integralizadas pelos acionistas que exerceram o direito de preferência ao preço de R$24,19 por ação preferencial, perfazendo R$304.788.000,88.

Dentre os direitos de preferência exercidos, serão cancelados os direitos dos subscritores que (i) condicionaram sua participação no Aumento de Capital à subscrição da quantidade máxima de ações do Aumento de Capital; ou (ii) solicitaram, nos respectivos boletins de subscrição, receber quantidade de Ações proporcional ao número de ações serem efetivamente emitidas.

Dessa forma, o total de ações a serem canceladas dos investidores que condicionaram sua participação ao Aumento de Capital será de 18.567 ações preferenciais. Não houve investidores que condicionaram a subscrição de ações ordinárias.

As ações preferenciais subscritas no âmbito do Aumento de Capital mencionadas acima incluem 616.104 ações preferenciais subjacentes a 308.052 ADSs subscritos na oferta de direitos de ADS, sendo que cada ADS representa duas ações preferenciais. O prazo para subscrição de novos ADSs por detentores de ADS elegíveis nos termos da oferta de direitos de ADS foi encerrado em 1º de junho de 2021.

Aumento de capital da empresa

Está convocada para o dia 15 de junho de 2021 a Reunião do Conselho de Administração que apreciará a homologação parcial do Aumento de Capital.

Caso o Aumento de Capital seja homologado parcialmente, o capital social da Companhia, já considerando o resgate das ações preferenciais classe B e classe C emitidas no âmbito da incorporação pela GOL da participação minoritária da Smiles, passará para R$4.194.953.561,82, dividido em 3.034.818.847 ações ordinárias e 309.039.417 ações preferenciais.

Em consequência ao cancelamento dos direitos de preferência informado acima, a Companhia devolverá os valores já integralizados em 17 de junho de 2021, sem juros ou atualização monetária, por meio dos agentes de custódia para os acionistas que subscreveram via B3 e por meio de transferência bancária para os acionistas com ações em ambiente no escritural, nas contas correntes indicadas pelos subscritores nos respectivos boletins de subscrição.

As ações a serem emitidas conferirão aos seus titulares os respectivos direitos, vantagens e restrições de cada espécie conferidos pelas demais ações ordinárias e preferenciais de emissão da Companhia, conforme estabelecido no seu Estatuto Social, inclusive quanto ao recebimento integral de dividendos e/ou juros sobre capital próprio que vierem a ser declarados pela Companhia a partir da data de homologação do Aumento de Capital.

Caso o Aumento de Capital seja ratificado pelo Conselho de Administração em 15 de junho de 2021, as novas ações preferencias e novos ADSs serão entregues em ou assim que possível após 16 de junho de 2021 e 17 de junho de 2021, respectivamente.

Mais informações sobre o aumento de capital estão disponíveis na página da CVM (http://www.cvm.gov.br/) e da B3 (http://www.b3.com.br/pt_br/), ou no site de relações com investidores da GOL (http://ri.voegol.com.br), ou no contato abaixo.

Relações com Investidores 

ri@voegol.com.br

www.voegol.com.br/ri 

+55 (11) 2128-4700

Sobre a GOL Linhas Aéreas Inteligentes S.A.

A GOL é uma companhia brasileira e transporta mais de 36 milhões de passageiros anualmente. Com a maior malha de transporte aéreo no país, a GOL oferece aos seus Clientes mais de 750 voos diários para mais de 100 destinos no Brasil, América do Sul, Caribe e Estados Unidos. A GOLLOG é líder no negócio de logística e transporte de cargas, e atende mais de 3.400 municípios brasileiros e chega a mais que 200 destinos internacionais em 95 países. Por sua vez, a controlada SMILES permite que mais de 16 milhões de participantes cadastrados acumulem milhas e resgatem passagens aéreas para mais de 700 localidades em todo o mundo na malha de parceiros da GOL. Com sede em São Paulo, a GOL conta com uma equipe de mais de 14 mil profissionais altamente qualificados, e opera uma frota padronizada de 127 aeronaves Boeing 737, sendo a companhia aérea líder no mercado doméstico e com um histórico de segurança de 20 anos. A GOL investiu bilhões de reais em instalações, produtos e serviços e tecnologia para melhorar a experiência do cliente no ar e em terra. As ações da GOL são negociadas na B3 (GOLL4) e na NYSE (GOL). Para mais informações, visite www.voegol.com.br/ri.

Aviso Legal

As informações contidas neste comunicado não foram submetidas a qualquer auditoria independente ou revisão e contêm declarações prospectivas, estimativas e projeções relacionadas a eventos futuros, e que são, por natureza, sujeitas a riscos significativos e incertezas. Exceto pelas declarações de fatos históricos, todas as declarações contidas neste comunicado, inclusive, sem qualquer tipo de limitação, as declarações referentes à situação financeira futura da GOL e os resultados operacionais, estratégia, planos, objetivos e metas, eventos futuros nos mercados em que a GOL opera ou busca operar e quaisquer declarações precedidas de, seguidas de ou que incluam as palavras "acredita", "espera", "pretende", "tem a intenção de", "fará", "deve", "projeta", "estima", "antecipa", "almeja", "prevê" ou palavras e expressões similares, são declarações prospectivas. Os eventos futuros referidos nessas declarações prospectivas envolvem riscos conhecidos e desconhecidos, incertezas, contingências e outros fatores, muitos dos quais estão além do controle da GOL, que podem fazer com que os resultados, performances ou eventos sejam substancialmente diferentes daqueles expressos ou implícitos nessas declarações. Essas declarações prospectivas são baseadas em inúmeras premissas relacionadas às estratégias de negócio atuais e futuras da GOL e ao ambiente no qual a GOL atuará no futuro e não são garantia de performance futura. Tais declarações prospectivas se aplicam tão somente à data na qual elas foram dadas. Nem a GOL ou qualquer de suas afiliadas, diretores, conselheiros, empregados e representantes assume qualquer dever ou obrigação de atualizar ou revisar qualquer declaração prospectiva, seja em função de novas informações, eventos futuros ou qualquer outro motivo, exceto conforme exigido por lei. Nem a GOL ou qualquer de suas afiliadas, diretores, conselheiros, empregados e representantes emitem qualquer declaração, garantia ou previsão de que os resultados antecipados pelas declarações prospectivas serão alcançados, e que tais declarações prospectivas representam, em cada caso, apenas uma dentre muitos possíveis cenários e não deveriam ser vistos como o cenário padrão ou o cenário mais provável de se concretizar. Ainda que a GOL acredite que as estimativas e projeções nessas declarações prospectivas sejam razoáveis, elas poderão se mostrar incorretas e os resultados finais podem se mostrar diferentes das estimativas e projeções. Sendo assim, você não deverá se basear nessas declarações prospectivas.

 

FONTE GOL Linhas Aéreas Inteligentes S.A.

SÃO PAULO, 14 de junho de 2021 /PRNewswire/ -- A GOL Linhas Aéreas Inteligentes S.A. (B3: GOLL4 e NYSE: GOL) (GOL ou "Companhia"), a maior empresa aérea do Brasil, anuncia hoje a conclusão do prazo para exercício de preferência pelos seus acionistas com relação ao seu processo de aumento de capital anunciado no dia 28 de abril de 2021 ("Aumento de Capital"), o qual foi ancorado em um aporte de R$268 milhões pelo acionista controlador da Companhia, os irmãos Constantino. Os acionistas minoritários da GOL contribuíram com outros R$155 milhões, elevando o total captado para R$423 milhões, em linha com as expectativas.

Em conjunto com aumento do capital da Companhia de R$607 milhões relativo à incorporação da participação minoritária da Smiles, esse mês a Companhia emitiu aproximadamente R$1,0 bilhão em capital (equity) novo, tornando a GOL a única empresa aérea sul-americana a aumentar seu capital (equity) nos últimos 12 meses. Proforma, considerando as emissões de ações, o acionista controlador da Companhia mantém uma participação econômica de 57% no capital da GOL. Também, essas emissões recentes de equity tornam a GOL a ação mais líquida de companhia aérea da América Latina, com um volume médio diário de negociação de aproximadamente R$300 milhões.

Combinado com o recente re-tap nos Secured Notes da Companhia, a GOL levantou mais de R$2,7 bilhões em capital de longo prazo neste trimestre. Assim, a Companhia possui o melhor balanço patrimonial entre todas as empresas aéreas de capital aberto da América do Sul, e os recursos para o crescimento e investimento nas suas operações com a recuperação da economia brasileira.

"Nosso sucesso em manter a liquidez durante essa pandemia é o resultado de esforços concentrados para o adequado dimensionamento do nosso balanço patrimonial nos últimos cinco anos", disse Paulo Kakinoff, Diretor Presidente. "Ao minimizar a diluição nos últimos 12 meses e executar duas transações estratégicas importantes, estamos posicionados para um crescimento significativo dos lucros, à medida em que o aumento da imunização e o início da alta temporada impulsionam o crescimento da demanda por viagens aéreas no Brasil."

Destaques Financeiros em 2020/1S2021

Desde o início de 2020, a Companhia gerou mais de R$6 bilhões em liquidez por meio da gestão de capital de giro, ao mesmo tempo em que reduziu seu endividamento líquido em R$2 bilhões. Concomitantemente, a GOL realizou duas transações estratégicas com crédito positivo e que viabilizam maior lucratividade, incluindo a reintegração do programa de fidelidade Smiles, e a assinatura do contrato de aquisição da MAP Linhas Aéreas, o qual prevê a expansão da malha regional da Companhia nas cidades de São Paulo e Manaus.

Richard Lark, Diretor Vice-Presidente Financeiro acrescentou: "Todas as transações e iniciativas que iniciamos ou implementamos durante a pandemia tiveram dois objetivos principais: (i) garantir que mantivéssemos o cumprimento de nossa rígida política financeira; e (ii) emergir da pandemia com nossa histórica vantagem de custo sobre os concorrentes."

Um resumo dos principais destaques financeiros durante esse período:

Capital social: Capitalização de seu balanço em aproximadamente R$1,0 bilhão de equity novo com (i) o Aumento de Capital de R$423 milhões e (ii) o aumento de capital de R$607 milhões como parte da incorporação de R$1,3 bilhão de participação minoritária do seu programa de fidelidade Smiles.

Obrigações de dívida: Retorno de US$530 milhões de principal e juros aos investidores de dívida no mercado público; amortização de R$800 milhões de dívidas bancárias locais com utilização de R$300 milhões de caixa restrito; pagamento integral de todas as despesas com juros no montante de mais de R$800 milhões; e captação de US$500 milhões (aproximadamente R$2,7 bilhões) em títulos de longo prazo no mercado público.

Custos e caixa: Manutenção de um nível consistente de liquidez ao longo da crise; conversão de 50% de suas despesas fixas (arrendamentos e gastos com pessoal) em custos variáveis; e gerenciamento adequado de capital de giro de entradas (vendas) com saídas (despesas operacionais, capex e despesas de juros de dívidas de capital de giro).

Frota: Redução de suas obrigações com aeronaves MAX 2020-2023 em mais de R$10 bilhões por meio da diminuição de 34 pedidos firmes, postergação entregas futuras em até três anos, e recebimento de procedimentos de caixa de seu acordo de compensação com a Boeing; venda de 11 aeronaves NG gerando ganhos de caixa de mais de R$500 milhões; redução da sua frota de NGs em 15 aviões com planos para a devolução adicional de 5 aeronaves NG até o final de 2021, diminuindo assim a dívida de arrendamento de aeronaves em mais de R$1 bilhão; e redução em mais de 50% nos custos mensais de arrendamento por meio de redução de alugueis, conversão de contratos fixos para PBH (power by the hour), e acordos de diferimento.

Desde o início da pandemia, a Administração da GOL proveu a visibilidade e transparência necessária de sua gestão e as variações de oferta e demanda e a Companhia emerge desta crise como a empresa aérea com o menor endividamento dentre seus pares na América do Sul. A contribuição dos parceiros de negócio da GOL na forma de diferimentos, descontos e rolagens de suas exposições, ajudou a Companhia manter o equilíbrio do caixa durante todo esse período. À medida em que a GOL retoma suas operações, ela continuará contando com o suporte de seus principais parceiros.

Posicionada para o Crescimento no 2S21

Como resultado dessas iniciativas, a Companhia tem fortalecido seu balanço e está posicionada para emergir da pandemia com uma estrutura de capital que atenda a sua política de alavancagem financeira de longo prazo, ao mesmo tempo em que minimizou a diluição para os acionistas da GOL.

Em maio, a GOL registrou um aumento significativo nas vendas de passagens no mercado doméstico de viagens aéreas, o que, combinado com as outras medidas importantes tomadas pela Administração, estão proporcionando melhorias significativas nessa fase de recuperação. Para o 2T21, a Companhia espera uma taxa de ocupação de 81% (versus os 79% previstos anteriormente) e os custos unitários recorrentes devem cair 40% quando comparados ao 2T20 (versus a queda de 27% anteriormente projetada).

Constantino de Oliveira Júnior, Presidente do Conselho concluiu: "Nossa Equipe de Gestão executou uma estratégia robusta para garantir a liquidez, manter boas relações com todos os seus principais parceiros de negócios e colaboradores, preservar a vantagem de custo da Companhia e minimizar diluição. Isso posiciona a GOL pós-pandemia para criar valor significativo para os acionistas".

Informações sobre o Aumento de Capital

Além das informações divulgadas no Aviso de Acionistas de 28 de abril de 2021 ("Aviso aos Acionistas"), no âmbito do aumento de capital por subscrição privada aprovado em reunião do Conselho de Administração realizada em 28 de abril de 2021, vem informar o quanto segue:

Conclusão do Prazo para Exercício do Direito de Preferência

Foi encerrado, no dia 09 de junho de 2021, o prazo para o exercício do direito de preferência para a subscrição de ações por acionistas elegíveis no âmbito do Aumento de Capital da Companhia de acordo com a legislação brasileira. Foram subscritas 183.735.889 ações nominativas, escriturais e sem valor nominal, no valor total de R$423.060.185,12, sendo: (i) 171.136.137 ações ordinárias, subscritas e integralizadas pelos acionistas que exerceram o direito de preferência ao preço de R$0,6911 por ação ordinária, no valor total de R$118.272.184,28; e (ii) 12.599.752 ações preferenciais, subscritas e integralizadas pelos acionistas que exerceram o direito de preferência ao preço de R$24,19 por ação preferencial, perfazendo R$304.788.000,88.

Dentre os direitos de preferência exercidos, serão cancelados os direitos dos subscritores que (i) condicionaram sua participação no Aumento de Capital à subscrição da quantidade máxima de ações do Aumento de Capital; ou (ii) solicitaram, nos respectivos boletins de subscrição, receber quantidade de Ações proporcional ao número de ações serem efetivamente emitidas.

Dessa forma, o total de ações a serem canceladas dos investidores que condicionaram sua participação ao Aumento de Capital será de 18.567 ações preferenciais. Não houve investidores que condicionaram a subscrição de ações ordinárias.

As ações preferenciais subscritas no âmbito do Aumento de Capital mencionadas acima incluem 616.104 ações preferenciais subjacentes a 308.052 ADSs subscritos na oferta de direitos de ADS, sendo que cada ADS representa duas ações preferenciais. O prazo para subscrição de novos ADSs por detentores de ADS elegíveis nos termos da oferta de direitos de ADS foi encerrado em 1º de junho de 2021.

Aumento de capital da empresa

Está convocada para o dia 15 de junho de 2021 a Reunião do Conselho de Administração que apreciará a homologação parcial do Aumento de Capital.

Caso o Aumento de Capital seja homologado parcialmente, o capital social da Companhia, já considerando o resgate das ações preferenciais classe B e classe C emitidas no âmbito da incorporação pela GOL da participação minoritária da Smiles, passará para R$4.194.953.561,82, dividido em 3.034.818.847 ações ordinárias e 309.039.417 ações preferenciais.

Em consequência ao cancelamento dos direitos de preferência informado acima, a Companhia devolverá os valores já integralizados em 17 de junho de 2021, sem juros ou atualização monetária, por meio dos agentes de custódia para os acionistas que subscreveram via B3 e por meio de transferência bancária para os acionistas com ações em ambiente no escritural, nas contas correntes indicadas pelos subscritores nos respectivos boletins de subscrição.

As ações a serem emitidas conferirão aos seus titulares os respectivos direitos, vantagens e restrições de cada espécie conferidos pelas demais ações ordinárias e preferenciais de emissão da Companhia, conforme estabelecido no seu Estatuto Social, inclusive quanto ao recebimento integral de dividendos e/ou juros sobre capital próprio que vierem a ser declarados pela Companhia a partir da data de homologação do Aumento de Capital.

Caso o Aumento de Capital seja ratificado pelo Conselho de Administração em 15 de junho de 2021, as novas ações preferencias e novos ADSs serão entregues em ou assim que possível após 16 de junho de 2021 e 17 de junho de 2021, respectivamente.

Mais informações sobre o aumento de capital estão disponíveis na página da CVM (http://www.cvm.gov.br/) e da B3 (http://www.b3.com.br/pt_br/), ou no site de relações com investidores da GOL (http://ri.voegol.com.br), ou no contato abaixo.

Relações com Investidores 

ri@voegol.com.br

www.voegol.com.br/ri 

+55 (11) 2128-4700

Sobre a GOL Linhas Aéreas Inteligentes S.A.

A GOL é uma companhia brasileira e transporta mais de 36 milhões de passageiros anualmente. Com a maior malha de transporte aéreo no país, a GOL oferece aos seus Clientes mais de 750 voos diários para mais de 100 destinos no Brasil, América do Sul, Caribe e Estados Unidos. A GOLLOG é líder no negócio de logística e transporte de cargas, e atende mais de 3.400 municípios brasileiros e chega a mais que 200 destinos internacionais em 95 países. Por sua vez, a controlada SMILES permite que mais de 16 milhões de participantes cadastrados acumulem milhas e resgatem passagens aéreas para mais de 700 localidades em todo o mundo na malha de parceiros da GOL. Com sede em São Paulo, a GOL conta com uma equipe de mais de 14 mil profissionais altamente qualificados, e opera uma frota padronizada de 127 aeronaves Boeing 737, sendo a companhia aérea líder no mercado doméstico e com um histórico de segurança de 20 anos. A GOL investiu bilhões de reais em instalações, produtos e serviços e tecnologia para melhorar a experiência do cliente no ar e em terra. As ações da GOL são negociadas na B3 (GOLL4) e na NYSE (GOL). Para mais informações, visite www.voegol.com.br/ri.

Aviso Legal

As informações contidas neste comunicado não foram submetidas a qualquer auditoria independente ou revisão e contêm declarações prospectivas, estimativas e projeções relacionadas a eventos futuros, e que são, por natureza, sujeitas a riscos significativos e incertezas. Exceto pelas declarações de fatos históricos, todas as declarações contidas neste comunicado, inclusive, sem qualquer tipo de limitação, as declarações referentes à situação financeira futura da GOL e os resultados operacionais, estratégia, planos, objetivos e metas, eventos futuros nos mercados em que a GOL opera ou busca operar e quaisquer declarações precedidas de, seguidas de ou que incluam as palavras "acredita", "espera", "pretende", "tem a intenção de", "fará", "deve", "projeta", "estima", "antecipa", "almeja", "prevê" ou palavras e expressões similares, são declarações prospectivas. Os eventos futuros referidos nessas declarações prospectivas envolvem riscos conhecidos e desconhecidos, incertezas, contingências e outros fatores, muitos dos quais estão além do controle da GOL, que podem fazer com que os resultados, performances ou eventos sejam substancialmente diferentes daqueles expressos ou implícitos nessas declarações. Essas declarações prospectivas são baseadas em inúmeras premissas relacionadas às estratégias de negócio atuais e futuras da GOL e ao ambiente no qual a GOL atuará no futuro e não são garantia de performance futura. Tais declarações prospectivas se aplicam tão somente à data na qual elas foram dadas. Nem a GOL ou qualquer de suas afiliadas, diretores, conselheiros, empregados e representantes assume qualquer dever ou obrigação de atualizar ou revisar qualquer declaração prospectiva, seja em função de novas informações, eventos futuros ou qualquer outro motivo, exceto conforme exigido por lei. Nem a GOL ou qualquer de suas afiliadas, diretores, conselheiros, empregados e representantes emitem qualquer declaração, garantia ou previsão de que os resultados antecipados pelas declarações prospectivas serão alcançados, e que tais declarações prospectivas representam, em cada caso, apenas uma dentre muitos possíveis cenários e não deveriam ser vistos como o cenário padrão ou o cenário mais provável de se concretizar. Ainda que a GOL acredite que as estimativas e projeções nessas declarações prospectivas sejam razoáveis, elas poderão se mostrar incorretas e os resultados finais podem se mostrar diferentes das estimativas e projeções. Sendo assim, você não deverá se basear nessas declarações prospectivas.

 

FONTE GOL Linhas Aéreas Inteligentes S.A.

Você acabou de ler:

GOL Conclui Aumento de Capital

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/gol-conclui-aumento-de-capital/