Governo regional dos Açores determina a conservação de 150.000 km de oceano em novas áreas protegidas

FAIAL, Portugal, 28 de fevereiro de 2019 /PRNewswire/ -- O governo regional dos Açores anunciou a implementação da proteção de novas áreas marinhas abrangendo 15% da Zona Econômica Exclusiva açoriana. A decisão corresponde a uma nova aliança internacional entre o governo regional dos Açores, a Fundação Oceano Azul e o Waitt Institute visando promover a conservação marinha, o uso sustentável dos Açores e a valorização da herança ímpar da região através do programa Blue Azores.

De acordo com Vasco Cordeiro, presidente do governo regional dos Açores, a parceria se estenderá por gerações porque "o trabalho não será concluído no período definido neste memorando. Devemos considerar este trabalho não como um ponto de chegada, mas sim como um passo adicional em direção ao objetivo maior de preservar os Açores para as gerações futuras".

Ted Waitt, fundador e presidente da Waitt Foundation, afirmou: "A visão e a liderança do governo regional dos Açores é o motivo pelo qual estamos aqui. Com a jornada para a Prosperidade Azul, os Açores podem ser o líder global na proteção marinha e no crescimento da economia azul. Nossa parceria acelerará as iniciativas dos Açores para aprimorar a prosperidade do povo a longo prazo enquanto protege os recursos marinhos inigualáveis que tornam os Açores um lugar único".

José Soares dos Santos, presidente da Fundação Oceano Azul, acredita que "os Açores podem ser um exemplo em uma escala global, onde o capital natural é protegido, incentivado e valorizado com a participação integral de seus principais interessados: a comunidade açoriana. E, cada vez mais, o mundo necessita de ações conjuntas e de esforços de comum acordo".

O programa Blue Azores se concentra na conservação e no uso sustentável de recursos, envolvendo a educação, a economia e a gestão do setor pesqueiro. O Blue Azores se baseia nas seguintes ações:

  • Declarar 15% da Zona Econômica Exclusiva (ZEE) dos Açores como novas áreas de proteção marinha;
  • Criar e implementar planos de administração para as novas reservas marinhas e todas as áreas marinhas existentes já protegidas;
  • Desenvolver e adotar legalmente um plano territorial marinho;
  • Desenvolver estudos e abordagens que contribuam para a gestão sustentável do setor pesqueiro;
  • Identificar novas áreas de interesse para conservação;
  • Implementar um programa de educação azul nas escolas e na comunidade.

O programa Blue Azores auxiliará também os Açores e Portugal a atingir os objetivos internacionais estabelecidos pela Agenda 2030 das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável, pela Convenção sobre Diversidade Biológica e as metas da União Internacional para a Conservação da Natureza.

Sobre a Fundação Oceano Azul  

Fundada em 2017 com a meta de promover oceanos mais saudáveis e produtivos através da educação, conservação e desenvolvimento de capacidade, a Fundação Oceano Azul atua como uma voz para o uso sustentável do oceano.

Sediada em Portugal, a Fundação Oceano Azul trabalha para posicionar o país como um líder internacional em assuntos relacionados ao oceano desenvolvendo uma geração azul e uma economia azul, enquanto apoia a inovação nas pesquisas científicas. A Fundação Oceano Azul trabalha em prol de um futuro sustentável tanto para os seres humanos como para os oceanos sob o lema "Do ponto de vista do oceano".

Sobre a Waitt Foundation and Institute   

Waitt Foundation, fundada em 1993 por Ted Waitt, o cofundador da Gateway, Inc., se especializa na parceria pública e privada, e suporta iniciativas globais direcionadas aos oceanos com o objetivo de promover mares sustentáveis, resilientes e ricos trabalhando em parceria com coalizões únicas e exclusivas com governos, filantropos, ONGs, estudiosos e empresas. O segmento operacional da fundação, o Waitt Institute, atua conjuntamente com governos comprometidos com o desenvolvimento e a implementação de planos de gestão de oceanos abrangentes e baseados em ciências que beneficiem a economia e o meio ambiente. Mais informações em http://www.waittfoundation.org (@WaittFdn) e http://www.waittinstitute.org (@Waittinstitute).

Para solicitações da mídia contate:

Governo Regional dos Açores

Pedro Caetano, Pedro.AF.Caetano@azores.gov.pt, assessor de imprensa do gabinete do presidente do governo regional, +351-91-9130314

Gina Macedo, Gina.MA.Macedo@azores.gov.pt, assessora de imprensa do gabinete da secretaria regional do mar, ciências e tecnologia, +351-91-7425055

Fundação Oceano Azul  

Maria João Soares, mjsoares@jlma.pt, +351-914-237487

Maria Roquete, mariaroquete@jlma.pt, +351-962-068-300

Waitt Institute

Shayna Brody, sbrody@waittinstitute.org, +1-719-229-5237

FONTE Waitt Foundation and Institute

FAIAL, Portugal, 28 de fevereiro de 2019 /PRNewswire/ -- O governo regional dos Açores anunciou a implementação da proteção de novas áreas marinhas abrangendo 15% da Zona Econômica Exclusiva açoriana. A decisão corresponde a uma nova aliança internacional entre o governo regional dos Açores, a Fundação Oceano Azul e o Waitt Institute visando promover a conservação marinha, o uso sustentável dos Açores e a valorização da herança ímpar da região através do programa Blue Azores.

De acordo com Vasco Cordeiro, presidente do governo regional dos Açores, a parceria se estenderá por gerações porque "o trabalho não será concluído no período definido neste memorando. Devemos considerar este trabalho não como um ponto de chegada, mas sim como um passo adicional em direção ao objetivo maior de preservar os Açores para as gerações futuras".

Ted Waitt, fundador e presidente da Waitt Foundation, afirmou: "A visão e a liderança do governo regional dos Açores é o motivo pelo qual estamos aqui. Com a jornada para a Prosperidade Azul, os Açores podem ser o líder global na proteção marinha e no crescimento da economia azul. Nossa parceria acelerará as iniciativas dos Açores para aprimorar a prosperidade do povo a longo prazo enquanto protege os recursos marinhos inigualáveis que tornam os Açores um lugar único".

José Soares dos Santos, presidente da Fundação Oceano Azul, acredita que "os Açores podem ser um exemplo em uma escala global, onde o capital natural é protegido, incentivado e valorizado com a participação integral de seus principais interessados: a comunidade açoriana. E, cada vez mais, o mundo necessita de ações conjuntas e de esforços de comum acordo".

O programa Blue Azores se concentra na conservação e no uso sustentável de recursos, envolvendo a educação, a economia e a gestão do setor pesqueiro. O Blue Azores se baseia nas seguintes ações:

  • Declarar 15% da Zona Econômica Exclusiva (ZEE) dos Açores como novas áreas de proteção marinha;
  • Criar e implementar planos de administração para as novas reservas marinhas e todas as áreas marinhas existentes já protegidas;
  • Desenvolver e adotar legalmente um plano territorial marinho;
  • Desenvolver estudos e abordagens que contribuam para a gestão sustentável do setor pesqueiro;
  • Identificar novas áreas de interesse para conservação;
  • Implementar um programa de educação azul nas escolas e na comunidade.

O programa Blue Azores auxiliará também os Açores e Portugal a atingir os objetivos internacionais estabelecidos pela Agenda 2030 das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável, pela Convenção sobre Diversidade Biológica e as metas da União Internacional para a Conservação da Natureza.

Sobre a Fundação Oceano Azul  

Fundada em 2017 com a meta de promover oceanos mais saudáveis e produtivos através da educação, conservação e desenvolvimento de capacidade, a Fundação Oceano Azul atua como uma voz para o uso sustentável do oceano.

Sediada em Portugal, a Fundação Oceano Azul trabalha para posicionar o país como um líder internacional em assuntos relacionados ao oceano desenvolvendo uma geração azul e uma economia azul, enquanto apoia a inovação nas pesquisas científicas. A Fundação Oceano Azul trabalha em prol de um futuro sustentável tanto para os seres humanos como para os oceanos sob o lema "Do ponto de vista do oceano".

Sobre a Waitt Foundation and Institute   

Waitt Foundation, fundada em 1993 por Ted Waitt, o cofundador da Gateway, Inc., se especializa na parceria pública e privada, e suporta iniciativas globais direcionadas aos oceanos com o objetivo de promover mares sustentáveis, resilientes e ricos trabalhando em parceria com coalizões únicas e exclusivas com governos, filantropos, ONGs, estudiosos e empresas. O segmento operacional da fundação, o Waitt Institute, atua conjuntamente com governos comprometidos com o desenvolvimento e a implementação de planos de gestão de oceanos abrangentes e baseados em ciências que beneficiem a economia e o meio ambiente. Mais informações em http://www.waittfoundation.org (@WaittFdn) e http://www.waittinstitute.org (@Waittinstitute).

Para solicitações da mídia contate:

Governo Regional dos Açores

Pedro Caetano, Pedro.AF.Caetano@azores.gov.pt, assessor de imprensa do gabinete do presidente do governo regional, +351-91-9130314

Gina Macedo, Gina.MA.Macedo@azores.gov.pt, assessora de imprensa do gabinete da secretaria regional do mar, ciências e tecnologia, +351-91-7425055

Fundação Oceano Azul  

Maria João Soares, mjsoares@jlma.pt, +351-914-237487

Maria Roquete, mariaroquete@jlma.pt, +351-962-068-300

Waitt Institute

Shayna Brody, sbrody@waittinstitute.org, +1-719-229-5237

FONTE Waitt Foundation and Institute

Você acabou de ler:

Governo regional dos Açores determina a conservação de 150.000 km de oceano em novas áreas protegidas

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/governo-regional-dos-acores-determina-a-conservacao-de-150-000-km-de-oceano-em-novas-areas-protegidas/