Grupo Energisa está entre as 100 empresas mais engajadas em inovação aberta no Brasil

- Ranking 10 Open Corps avalia o engajamento de grandes empresas no ecossistema de inovação no país

RIO DE JANEIRO, 27 de agosto de 2020 /PRNewswire/ -- O Grupo Energisa está entre as 100 empresas mais engajadas em inovação aberta no Brasil. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (26/08/2020), na edição especial de agosto da XII Open Innovation Week (Oiweek), pela 100 Open Startups, plataforma referência no mercado que conecta startups a grandes empresas.

"A inovação está entre nossos valores essenciais e a praticamos desde o início de nossa trajetória. Estimulamos a criatividade que gera valor, seja para produzir algo completamente novo ou para trazer uma possibilidade de melhoria. Acreditamos na inovação colocada a serviço do cliente, um diferencial do nosso grupo", afirma Ricardo Botelho, presidente do Grupo Energisa.

Levantamento realizado pela plataforma mostra que o setor de energia está entre os que mais estimulam a inovação aberta no país. A Energisa possui forte atuação em ecossistemas de inovação, brasileiros e internacionais. Em 2019, foram aprovados 22 projetos de experimentação (PoCs), com investimento de aproximadamente R$ 5 milhões, além de terem sido realizados 50 pitches com startups. A empresa também prospectou ativamente 755 soluções em Israel, Canadá, Reino Unido, EUA e China e em 15 PoCs contratadas do exterior.

Outro destaque da atuação da Energisa é o patrocínio ao Energy Future, a maior chamada de projetos de inovação do setor elétrico. Em fevereiro deste ano, a empresa realizou roadshows do projeto no Mato Grosso do Sul, Paraíba e Rondônia. Os 18 projetos finalistas receberam uma mentoria, e suas ideias serão apresentadas às empresas parceiras, inclusive à Energisa. Os vencedores serão anunciados no dia 10 de setembro. A iniciativa tem o objetivo de conectar o meio acadêmico, centros de pesquisas e startups.

Referência para o mercado, o ranking 100 Open Startups utiliza critérios objetivos, vinculados estritamente com as relações de negócios estabelecidas entre startups e médias e grandes empresas - aquelas com mais de 100 funcionários ou faturamento superior a R$ 100 milhões no ano. Diferentemente dos anos anteriores, o resultado da categoria TOP 100 Open Startups será divulgada separadamente, em novembro. Em 2020, o ranking reuniu 13 mil startups participam do ranking e 3 mil médias e grandes empresas conectadas. "O Open Innovation já é uma realidade no país e vem crescendo exponencialmente porque existe um mercado real", comenta Bruno Rondani, fundador e CEO da 100 Open Startups.

Sobre a Energisa

Com 115 anos de história, o Grupo Energisa é o 5º maior em distribuição de energia elétrica. Uma das primeiras empresas a abrir capital no Brasil, a companhia controla 11 distribuidoras em Minas Gerais, Paraíba, Rio de Janeiro, Sergipe, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, São Paulo, Paraná, Rondônia e Acre. Com receita líquida anual de R$ 16,9 bilhões (ano 2019), o Grupo atende a 7,8 milhões de clientes (o que representa uma população atendida de aproximadamente 20 milhões de pessoas) em 862 municípios de todas as regiões do Brasil, além de gerar cerca de 20,5 mil empregos diretos e indiretos.

Com a missão de transformar energia em conforto, desenvolvimento e oportunidades de forma sustentável, responsável e ética, a Energisa atua com um portfólio diversificado que engloba distribuição, geração, transmissão, serviços para o setor elétrico (Energisa Soluções), serviços especializados de Call Center (Multi Energisa), comercialização de energia (Energisa Comercializadora) e soluções em energias renováveis (Alsol).

Sobre a 100 Open Startups

A 100 Open Startups é plataforma líder em open innovation. Possui foco na conexão de oportunidades de inovação entre empresas, startups, comunidade científica e investidores. São responsáveis pela Open Innovation Week - Oiweek, plataforma de eventos referência no setor, criada em 2008, e pelo Ranking 100 Open Startups, criado em 2016. O modelo de negócios é baseado no atendimento a grandes empresas e investidores que buscam curadoria de startups, e no apoio a startups que buscam clientes e investidores. O time é liderado por Bruno Rondani, Rafael Levy e Carla Colonna, que, juntos, contribuem na formação da comunidade de open innovation no Brasil desde 2008, com a criação da primeira edição da Oiweek. A plataforma conta com cerca de 13 mil startups, 130 universidades, 3 mil empresas e 3 mil investidores-anjo, com mais de 17 mil negócios registrados entre os participantes, totalizando R$ 1 bilhão em transações de open innovation desde a sua criação.

 

FONTE Energisa

- Ranking 10 Open Corps avalia o engajamento de grandes empresas no ecossistema de inovação no país

RIO DE JANEIRO, 27 de agosto de 2020 /PRNewswire/ -- O Grupo Energisa está entre as 100 empresas mais engajadas em inovação aberta no Brasil. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (26/08/2020), na edição especial de agosto da XII Open Innovation Week (Oiweek), pela 100 Open Startups, plataforma referência no mercado que conecta startups a grandes empresas.

"A inovação está entre nossos valores essenciais e a praticamos desde o início de nossa trajetória. Estimulamos a criatividade que gera valor, seja para produzir algo completamente novo ou para trazer uma possibilidade de melhoria. Acreditamos na inovação colocada a serviço do cliente, um diferencial do nosso grupo", afirma Ricardo Botelho, presidente do Grupo Energisa.

Levantamento realizado pela plataforma mostra que o setor de energia está entre os que mais estimulam a inovação aberta no país. A Energisa possui forte atuação em ecossistemas de inovação, brasileiros e internacionais. Em 2019, foram aprovados 22 projetos de experimentação (PoCs), com investimento de aproximadamente R$ 5 milhões, além de terem sido realizados 50 pitches com startups. A empresa também prospectou ativamente 755 soluções em Israel, Canadá, Reino Unido, EUA e China e em 15 PoCs contratadas do exterior.

Outro destaque da atuação da Energisa é o patrocínio ao Energy Future, a maior chamada de projetos de inovação do setor elétrico. Em fevereiro deste ano, a empresa realizou roadshows do projeto no Mato Grosso do Sul, Paraíba e Rondônia. Os 18 projetos finalistas receberam uma mentoria, e suas ideias serão apresentadas às empresas parceiras, inclusive à Energisa. Os vencedores serão anunciados no dia 10 de setembro. A iniciativa tem o objetivo de conectar o meio acadêmico, centros de pesquisas e startups.

Referência para o mercado, o ranking 100 Open Startups utiliza critérios objetivos, vinculados estritamente com as relações de negócios estabelecidas entre startups e médias e grandes empresas - aquelas com mais de 100 funcionários ou faturamento superior a R$ 100 milhões no ano. Diferentemente dos anos anteriores, o resultado da categoria TOP 100 Open Startups será divulgada separadamente, em novembro. Em 2020, o ranking reuniu 13 mil startups participam do ranking e 3 mil médias e grandes empresas conectadas. "O Open Innovation já é uma realidade no país e vem crescendo exponencialmente porque existe um mercado real", comenta Bruno Rondani, fundador e CEO da 100 Open Startups.

Sobre a Energisa

Com 115 anos de história, o Grupo Energisa é o 5º maior em distribuição de energia elétrica. Uma das primeiras empresas a abrir capital no Brasil, a companhia controla 11 distribuidoras em Minas Gerais, Paraíba, Rio de Janeiro, Sergipe, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, São Paulo, Paraná, Rondônia e Acre. Com receita líquida anual de R$ 16,9 bilhões (ano 2019), o Grupo atende a 7,8 milhões de clientes (o que representa uma população atendida de aproximadamente 20 milhões de pessoas) em 862 municípios de todas as regiões do Brasil, além de gerar cerca de 20,5 mil empregos diretos e indiretos.

Com a missão de transformar energia em conforto, desenvolvimento e oportunidades de forma sustentável, responsável e ética, a Energisa atua com um portfólio diversificado que engloba distribuição, geração, transmissão, serviços para o setor elétrico (Energisa Soluções), serviços especializados de Call Center (Multi Energisa), comercialização de energia (Energisa Comercializadora) e soluções em energias renováveis (Alsol).

Sobre a 100 Open Startups

A 100 Open Startups é plataforma líder em open innovation. Possui foco na conexão de oportunidades de inovação entre empresas, startups, comunidade científica e investidores. São responsáveis pela Open Innovation Week - Oiweek, plataforma de eventos referência no setor, criada em 2008, e pelo Ranking 100 Open Startups, criado em 2016. O modelo de negócios é baseado no atendimento a grandes empresas e investidores que buscam curadoria de startups, e no apoio a startups que buscam clientes e investidores. O time é liderado por Bruno Rondani, Rafael Levy e Carla Colonna, que, juntos, contribuem na formação da comunidade de open innovation no Brasil desde 2008, com a criação da primeira edição da Oiweek. A plataforma conta com cerca de 13 mil startups, 130 universidades, 3 mil empresas e 3 mil investidores-anjo, com mais de 17 mil negócios registrados entre os participantes, totalizando R$ 1 bilhão em transações de open innovation desde a sua criação.

 

FONTE Energisa

Você acabou de ler:

Grupo Energisa está entre as 100 empresas mais engajadas em inovação aberta no Brasil

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/grupo-energisa-esta-entre-as-100-empresas-mais-engajadas-em-inovacao-aberta-no-brasil/