Grupo J.Safra integra Pacto Global da ONU

Instituição expande sua agenda de atuação responsável com base em critérios ESG

SAO PAULO, 9 de novembro de 2021 /PRNewswire/ -- O Grupo J.Safra passou a integrar como signatário o Pacto Global da ONU, a maior iniciativa de sustentabilidade empresarial do mundo.

O Pacto Global é formado por organizações que buscam progredir por meio de um modelo sustentável e longevo de crescimento.

A adesão do Grupo J.Safra reforça o compromisso da instituição com as melhores práticas de governança e responsabilidade socioambiental.

Para entrar no Pacto Global, é preciso estar de acordo e vigilante em relação a dez princípios baseados em direitos humanos e trabalhistas, preservação do meio ambiente e medidas anticorrupção:

  • Apoiar e respeitar a proteção de direitos humanos reconhecidos internacionalmente.



  • Assegurar-se de sua não participação em violações destes direitos.



  • Apoiar a liberdade de associação e o reconhecimento efetivo do direito à negociação coletiva.



  • A eliminação de todas as formas de trabalho forçado ou compulsório.



  • A abolição efetiva do trabalho infantil.



  • Eliminar a discriminação no emprego.



  • Apoiar uma abordagem preventiva aos desafios ambientais.



  • Desenvolver iniciativas para promover maior responsabilidade ambiental.



  • Incentivar o desenvolvimento e difusão de tecnologias ambientalmente amigáveis.



  • As empresas devem combater a corrupção em todas as suas formas, inclusive extorsão e propina.
  • Além do cumprimento dos dez princípios, o Grupo J.Safra submete agora ao Pacto Global um relatório anual mostrando como tem evoluído na sua jornada de sustentabilidade.

    Lançado em 2000 pelo então secretário-geral das Nações Unidas, Kofi Annan, o Pacto Global é uma chamada para as empresas alinharem suas estratégias e operações a esses dez princípios. No mundo, essa rede é composta hoje por mais de 10 mil integrantes.

    Quem integra o Pacto Global também assume a responsabilidade de contribuir para o alcance dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) aprovados pelos países-membros das Nações Unidas, por consenso, na Agenda 2030.

    Para o Grupo J.Safra, o ingresso é uma oportunidade para reafirmar a constante avaliação dos impactos do negócio através de lideranças comprometidas e inovadoras.

    Safra e ESG

    O Safra é um dos maiores bancos privados do Brasil. Com atuação nos segmentos Pessoa Física e Pessoa Jurídica, a instituição possui patrimônio líquido de R$ 14 bilhões. A carteira de crédito se aproxima de R$ 130 bilhões e os recursos de terceiros sob gestão totalizam cerca de R$ 315 bilhões. Os números são referentes a março de 2021.

    O banco faz parte da história de uma família que atua no segmento financeiro há 180 anos e que está presente em dezenas de países. Ao redor do mundo, os valores agregados sob gestão chegam a R$ 1,8 trilhão. Em todas as localidades onde atua, a marca Safra é reconhecida pela solidez, segurança e relacionamento próximo.

    Os principais negócios do banco refletem a preocupação com o futuro da sociedade. Em 2021, por exemplo, o Grupo J.Safra anunciou vários fundos com viés ESG e participou da primeira operação do BNDES RenovaBio.

    Além disso, o banco suíço J.Safra Sarasin, pioneiro em investimentos sustentáveis, é parte do Grupo J. Safra, promovendo uma profunda abordagem do tema há décadas e atuando em diversas áreas para fomentar a agenda da sustentabilidade, entre elas o Fórum Europeu de Investimento Sustentável e os Princípios para o Investimento Responsável (PRI) patrocinados pela ONU.

    FONTE Banco Safra

    Instituição expande sua agenda de atuação responsável com base em critérios ESG

    SAO PAULO, 9 de novembro de 2021 /PRNewswire/ -- O Grupo J.Safra passou a integrar como signatário o Pacto Global da ONU, a maior iniciativa de sustentabilidade empresarial do mundo.

    O Pacto Global é formado por organizações que buscam progredir por meio de um modelo sustentável e longevo de crescimento.

    A adesão do Grupo J.Safra reforça o compromisso da instituição com as melhores práticas de governança e responsabilidade socioambiental.

    Para entrar no Pacto Global, é preciso estar de acordo e vigilante em relação a dez princípios baseados em direitos humanos e trabalhistas, preservação do meio ambiente e medidas anticorrupção:

  • Apoiar e respeitar a proteção de direitos humanos reconhecidos internacionalmente.



  • Assegurar-se de sua não participação em violações destes direitos.



  • Apoiar a liberdade de associação e o reconhecimento efetivo do direito à negociação coletiva.



  • A eliminação de todas as formas de trabalho forçado ou compulsório.



  • A abolição efetiva do trabalho infantil.



  • Eliminar a discriminação no emprego.



  • Apoiar uma abordagem preventiva aos desafios ambientais.



  • Desenvolver iniciativas para promover maior responsabilidade ambiental.



  • Incentivar o desenvolvimento e difusão de tecnologias ambientalmente amigáveis.



  • As empresas devem combater a corrupção em todas as suas formas, inclusive extorsão e propina.
  • Além do cumprimento dos dez princípios, o Grupo J.Safra submete agora ao Pacto Global um relatório anual mostrando como tem evoluído na sua jornada de sustentabilidade.

    Lançado em 2000 pelo então secretário-geral das Nações Unidas, Kofi Annan, o Pacto Global é uma chamada para as empresas alinharem suas estratégias e operações a esses dez princípios. No mundo, essa rede é composta hoje por mais de 10 mil integrantes.

    Quem integra o Pacto Global também assume a responsabilidade de contribuir para o alcance dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) aprovados pelos países-membros das Nações Unidas, por consenso, na Agenda 2030.

    Para o Grupo J.Safra, o ingresso é uma oportunidade para reafirmar a constante avaliação dos impactos do negócio através de lideranças comprometidas e inovadoras.

    Safra e ESG

    O Safra é um dos maiores bancos privados do Brasil. Com atuação nos segmentos Pessoa Física e Pessoa Jurídica, a instituição possui patrimônio líquido de R$ 14 bilhões. A carteira de crédito se aproxima de R$ 130 bilhões e os recursos de terceiros sob gestão totalizam cerca de R$ 315 bilhões. Os números são referentes a março de 2021.

    O banco faz parte da história de uma família que atua no segmento financeiro há 180 anos e que está presente em dezenas de países. Ao redor do mundo, os valores agregados sob gestão chegam a R$ 1,8 trilhão. Em todas as localidades onde atua, a marca Safra é reconhecida pela solidez, segurança e relacionamento próximo.

    Os principais negócios do banco refletem a preocupação com o futuro da sociedade. Em 2021, por exemplo, o Grupo J.Safra anunciou vários fundos com viés ESG e participou da primeira operação do BNDES RenovaBio.

    Além disso, o banco suíço J.Safra Sarasin, pioneiro em investimentos sustentáveis, é parte do Grupo J. Safra, promovendo uma profunda abordagem do tema há décadas e atuando em diversas áreas para fomentar a agenda da sustentabilidade, entre elas o Fórum Europeu de Investimento Sustentável e os Princípios para o Investimento Responsável (PRI) patrocinados pela ONU.

    FONTE Banco Safra

    Você acabou de ler:

    Grupo J.Safra integra Pacto Global da ONU

    Compartilhe

    https://prnewswire.com.br/releases/grupo-j-safra-integra-pacto-global-da-onu/