Guillermo Lasso, Presidente do Equador, abre a COP26 com o anúncio de uma nova reserva marinha para as Ilhas Galápagos

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA DO EQUADOR, GUILLERMO LASSO, FEZ UMA DAS DECLARAÇÕES MAIS AMBICIOSAS QUANTO À PROTEÇÃO DE ESPÉCIES MARINHAS AMEAÇADAS

GLASGOW, Reino Unido, 1 de novembro de 2021  /PRNewswire/ -- Hoje, em Glasgow, na Escócia, no evento mais importante do mundo com respeito às mudanças climáticas e diante dos principais líderes mundiais, foi dado um passo exemplar para a ação: o Presidente Lasso fez o anúncio de uma nova reserva marinha em Galápagos. Um anúncio que promove avanços no compromisso do Equador de atingir 30% de proteção marinha até 2030, ad portas de um novo tratado para a proteção do planeta na Convenção da Diversidade Biológica das Nações Unidas.

"Essa nova área de reserva amplia o atual anel em mais 60 mil quilômetros quadrados e cria um corredor que conecta as águas equatorianas com as costarriquenhas, formando uma via de migração segura, por onde transitam espécies migratórias muito relevantes mas que estão em perigo, como tubarões, baleias, tartarugas e arraias-manta, entre muitas outras", disse Gustavo Manrique, Ministro do Meio Ambiente, Água e Transição Ecológica.

A nova reserva marinha também servirá como laboratório-viveiro para o desenvolvimento de pesquisas científicas para que se compreenda ainda mais como funciona a biosfera. As áreas marinhas protegidas são ferramentas reconhecidas para o combate às mudanças climáticas, proporcionando ao oceano uma maior resiliência e que, assim, possa continuar gerando benefícios para a humanidade.

"Mais uma vez, o Equador dá um passo à frente na proteção do meio ambiente em nível latino-americano e mundial." "Hoje é um dia histórico para o Equador, para Galápagos e para o mundo. Estamos preservando não só o futuro do país, mas também o de toda a humanidade", disse Guillermo Lasso, Presidente do Equador.

O Equador lidera a ação para proteger a biosfera do planeta, demonstrando o compromisso decidido de avançar para uma transição ecológica que permita ao país um desenvolvimento econômico produtivo e sustentável.

 

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1675537/1.jpg

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1674722/Reserva_Marina_Galapagos.jpg 

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1675536/2.jpg

FONTE Ministerio del Ambiente, Agua y Transición Ecológica - Ecuador

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA DO EQUADOR, GUILLERMO LASSO, FEZ UMA DAS DECLARAÇÕES MAIS AMBICIOSAS QUANTO À PROTEÇÃO DE ESPÉCIES MARINHAS AMEAÇADAS

GLASGOW, Reino Unido, 1 de novembro de 2021  /PRNewswire/ -- Hoje, em Glasgow, na Escócia, no evento mais importante do mundo com respeito às mudanças climáticas e diante dos principais líderes mundiais, foi dado um passo exemplar para a ação: o Presidente Lasso fez o anúncio de uma nova reserva marinha em Galápagos. Um anúncio que promove avanços no compromisso do Equador de atingir 30% de proteção marinha até 2030, ad portas de um novo tratado para a proteção do planeta na Convenção da Diversidade Biológica das Nações Unidas.

"Essa nova área de reserva amplia o atual anel em mais 60 mil quilômetros quadrados e cria um corredor que conecta as águas equatorianas com as costarriquenhas, formando uma via de migração segura, por onde transitam espécies migratórias muito relevantes mas que estão em perigo, como tubarões, baleias, tartarugas e arraias-manta, entre muitas outras", disse Gustavo Manrique, Ministro do Meio Ambiente, Água e Transição Ecológica.

A nova reserva marinha também servirá como laboratório-viveiro para o desenvolvimento de pesquisas científicas para que se compreenda ainda mais como funciona a biosfera. As áreas marinhas protegidas são ferramentas reconhecidas para o combate às mudanças climáticas, proporcionando ao oceano uma maior resiliência e que, assim, possa continuar gerando benefícios para a humanidade.

"Mais uma vez, o Equador dá um passo à frente na proteção do meio ambiente em nível latino-americano e mundial." "Hoje é um dia histórico para o Equador, para Galápagos e para o mundo. Estamos preservando não só o futuro do país, mas também o de toda a humanidade", disse Guillermo Lasso, Presidente do Equador.

O Equador lidera a ação para proteger a biosfera do planeta, demonstrando o compromisso decidido de avançar para uma transição ecológica que permita ao país um desenvolvimento econômico produtivo e sustentável.

 

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1675537/1.jpg

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1674722/Reserva_Marina_Galapagos.jpg 

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1675536/2.jpg

FONTE Ministerio del Ambiente, Agua y Transición Ecológica - Ecuador

Você acabou de ler:

Guillermo Lasso, Presidente do Equador, abre a COP26 com o anúncio de uma nova reserva marinha para as Ilhas Galápagos

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/guillermo-lasso-presidente-do-equador-abre-a-cop26-com-o-anuncio-de-uma-nova-reserva-marinha-para-as-ilhas-galapagos/