HABANOS, S.A. mantém o crescimento de seus negócios, atingindo um faturamento recorde de US$ 537 milhões

A Habanos, S.A. mantém sua liderança global no mercado de charutos premium

HAVANA, 18 de fevereiro de 2019 /PRNewswire/ -- A Habanos, S.A., que comercializa com exclusividade as 27 marcas de Habanos feitos totalmente à mão com bucha longa (Totalmente a Mano con Tripa Larga), anunciou durante a apresentação da 21a edição do Festival dos Habanos seus resultados econômicos de 2018: a empresa registrou um faturamento de US$ 537 milhões, com um crescimento de 7% sobre 2017.

Para ver o comunicado à imprensa em multimídia, clique em: https://www.multivu.com/players/uk/8499651-habanos-record-turnover-537million-dollars/  

"2018 foi, mais uma vez, um ano bem-sucedido para o Habano", confirmaram os copresidentes da Habanos, S.A., Inocente Núñez e Luis Sánchez-Harguindey Pardo de Vera. "As vendas continuaram a crescer em mercados diferentes, tanto em termos de volume quanto de valor, enquanto, ao mesmo tempo, mantivemos nossa participação de mercado, estimada em cerca de 70% em volume nos mercados onde vendemos nossas marcas". No ano passado, cerca de 450 milhões de charutos premium foram vendidos em todo o mundo.

Os cinco mercados mais importantes para a Habanos, S.A., em termos de volume de vendas, foram os da Espanha, China, França, Alemanha e Cuba. Por regiões, a Europa continua sendo o mercado principal, com 53% das vendas por volume, seguida da América (18%), Ásia e Pacífico (15%), África e Oriente Médio (14%).

O vice-presidente comercial, Leopoldo Cintra González, e o vice-presidente de desenvolvimento de negócios da Habanos, S.A., José María López Inchaurbe, declararam: "A grande qualidade e exclusividade do produto, junto com sua origem única, transformaram o Habano em um produto premium, que está encontrando sucesso em todo o mundo".

O festival (de 18 a 22 de fevereiro) irá prestar um tributo especial ao 500o Aniversário de Havana. Um protagonismo especial será dado à marca Trinidad por seu 50o aniversário, e à marca San Cristóbal de La Habana por seu 20o aniversário. O Hoyo de Monterrey irá apresentar seu primeiro Gran Reserva Cosecha 2013 em sua bitola Double Coronas.

As Edições Limitadas de 2019 serão: Montecristo Supremos, Allones No.2 de Ramón Allones e Quai D'Orsay Senadores; junto com os produtos da rede La Casa del Habano e Habanos Especialists: Cohiba Novedosos e San Cristóbal de La Habana 20 Aniversario. O Umidor especial, dedicado ao 50o Aniversário da marca Trinidad e o Umidor San Cristóbal de La Habana 1519, dedicado ao 500o Aniversário de Havana, também serão apresentados.

* (D.O.P.) Protected Appellations of Origins (Denominações de Origem Protegidas).

Material gráfico: https://eshare.yr.com/fl/NkwaAaIafG

Para obter mais informações: www.habanos.com

Contato: Young & Rubicam: press.habanos@yr.com, Carla Lladó, telefone +34-669-54-69-09. 

Foto: https://mma.prnewswire.com/media/823150/HABANOS_SA_Cigars.jpg

FONTE HABANOS SA

A Habanos, S.A. mantém sua liderança global no mercado de charutos premium

HAVANA, 18 de fevereiro de 2019 /PRNewswire/ -- A Habanos, S.A., que comercializa com exclusividade as 27 marcas de Habanos feitos totalmente à mão com bucha longa (Totalmente a Mano con Tripa Larga), anunciou durante a apresentação da 21a edição do Festival dos Habanos seus resultados econômicos de 2018: a empresa registrou um faturamento de US$ 537 milhões, com um crescimento de 7% sobre 2017.

Para ver o comunicado à imprensa em multimídia, clique em: https://www.multivu.com/players/uk/8499651-habanos-record-turnover-537million-dollars/  

"2018 foi, mais uma vez, um ano bem-sucedido para o Habano", confirmaram os copresidentes da Habanos, S.A., Inocente Núñez e Luis Sánchez-Harguindey Pardo de Vera. "As vendas continuaram a crescer em mercados diferentes, tanto em termos de volume quanto de valor, enquanto, ao mesmo tempo, mantivemos nossa participação de mercado, estimada em cerca de 70% em volume nos mercados onde vendemos nossas marcas". No ano passado, cerca de 450 milhões de charutos premium foram vendidos em todo o mundo.

Os cinco mercados mais importantes para a Habanos, S.A., em termos de volume de vendas, foram os da Espanha, China, França, Alemanha e Cuba. Por regiões, a Europa continua sendo o mercado principal, com 53% das vendas por volume, seguida da América (18%), Ásia e Pacífico (15%), África e Oriente Médio (14%).

O vice-presidente comercial, Leopoldo Cintra González, e o vice-presidente de desenvolvimento de negócios da Habanos, S.A., José María López Inchaurbe, declararam: "A grande qualidade e exclusividade do produto, junto com sua origem única, transformaram o Habano em um produto premium, que está encontrando sucesso em todo o mundo".

O festival (de 18 a 22 de fevereiro) irá prestar um tributo especial ao 500o Aniversário de Havana. Um protagonismo especial será dado à marca Trinidad por seu 50o aniversário, e à marca San Cristóbal de La Habana por seu 20o aniversário. O Hoyo de Monterrey irá apresentar seu primeiro Gran Reserva Cosecha 2013 em sua bitola Double Coronas.

As Edições Limitadas de 2019 serão: Montecristo Supremos, Allones No.2 de Ramón Allones e Quai D'Orsay Senadores; junto com os produtos da rede La Casa del Habano e Habanos Especialists: Cohiba Novedosos e San Cristóbal de La Habana 20 Aniversario. O Umidor especial, dedicado ao 50o Aniversário da marca Trinidad e o Umidor San Cristóbal de La Habana 1519, dedicado ao 500o Aniversário de Havana, também serão apresentados.

* (D.O.P.) Protected Appellations of Origins (Denominações de Origem Protegidas).

Material gráfico: https://eshare.yr.com/fl/NkwaAaIafG

Para obter mais informações: www.habanos.com

Contato: Young & Rubicam: press.habanos@yr.com, Carla Lladó, telefone +34-669-54-69-09. 

Foto: https://mma.prnewswire.com/media/823150/HABANOS_SA_Cigars.jpg

FONTE HABANOS SA

Você acabou de ler:

HABANOS, S.A. mantém o crescimento de seus negócios, atingindo um faturamento recorde de US$ 537 milhões

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/habanos-s-a-mantem-o-crescimento-de-seus-negocios-atingindo-um-faturamento-recorde-de-us-537-milhoes/