Huawei lança informe técnico do NetX 2025

SHENZHEN, China, 19 de fevereiro de 2021 /PRNewswire/ -- Na sessão informativa prévia para analistas e mídia on-line da Huawei para o MWC Shanghai 2021, Peng Song, presidente do departamento de vendas de soluções e marketing de operadores da Huawei, fez um discurso de abertura intitulado "NetX 2025: the Path to Future Networks" (NetX 2025: o caminho para as redes do futuro). Durante este discurso, Peng anunciou o lançamento do informe técnico do NetX 2025, que inclui dados de suporte baseados em pesquisa e análise de IDC. Este documento apresenta o modelo GUIDE, que explica como serão as redes de operadores do futuro.

Nas últimas duas décadas, os serviços de comunicação evoluíram deixando de oferecer apenas serviço de voz para incluir diversos tipos de dados, vídeo e muito mais. As tecnologias sem fio, de transporte e de TI se desenvolveram acompanhando os serviços de comunicação para atender às necessidades crescentes.

De acordo com Peng, à medida que a transformação avança em direção a uma sociedade inteligente, todos os setores entram na era digital, onde a infraestrutura das TIC desempenhará um papel crucial na economia digital. O planejamento da rede de destino para todos os cenários de serviço é a chave para o novo crescimento dos operadores. Com o planejamento da rede de destino apontando para o êxito empresarial, o setor deve atuar tendo a essência dos negócios em mente. As redes de telecomunicações estão destinadas a mudar tremendamente para se adaptarem aos novos serviços e necessidades tecnológicas. Portanto, os operadores deverão realizar planos de rede de destino hoje para aproveitar novas oportunidades amanhã.

Durante o seu discurso de abertura, Peng compartilhou a visão da Huawei para a rede de operadores de destino de 2025. Desde a perspectiva do sucesso empresarial e das capacidades tecnológicas, a Huawei acredita que a rede de destino deve ter cinco características: Gigabit em qualquer lugar, ultra-automação, conexão multi-nuvem inteligente, experiência diferenciada e harmonia do meio ambiente.

O Gigabit em qualquer lugar é essencial para que as redes de destino ofereçam serviços digitais aos usuários. As redes Gigabit são a base sobre a qual uma empresa, uma cidade e até mesmo a economia de um país podem crescer. A conectividade em Gigabit é o requisito mais fundamental para as aplicações de fabricação como RV e RA, câmera industrial e coleta de dados de produção.

A ultra-automação é essencial para redes de destino com operações e manutenção inteligentes. Com o 5G experimentando uma implantação em grande escala e cada vez mais operadores lançando serviços de digitalização do setor, a escala e a complexidade das redes estão aumentando exponencialmente. Os operadores devem permitir a ultra-automação mediante a adoção de big data e tecnologias inteligentes. As redes de operadores podem criar um maior valor ao automatizar de forma inteligente tarefas complexas e simplificar o trabalho humano.

A conexão inteligente de múltiplas nuvens cria uma plataforma de rede de destino para a agregação de serviços. Após anos de desenvolvimento, a tecnologia em nuvem evoluiu desde a TI tradicional até a computação em nuvem e, em seguida, para a nativa da nuvem. A transformação digital das empresas levou os sistemas de TI a se tornarem baseados em nuvem, e a conexão de múltiplas nuvens agora é essencial para atender aos requisitos de controle de custos, confiabilidade do serviço e recuperação de desastres de múltiplas nuvens. Essas mudanças geraram novos requisitos para a conexão inteligente de múltiplas nuvens e trouxeram novas oportunidades para que os operadores desenvolvessem serviços de convergência de redes na nuvem.

A experiência diferenciada é a chave para permitir que as redes de destino facilitem o sucesso empresarial. A essência da experiência do usuário é o negócio, e a essência do negócio é a monetização. Cada vez mais práticas comprovam que a experiência diferenciada pode criar valor agregado. Por exemplo, no mercado empresarial e governamental, as bolsas de valores estão dispostas a pagar 10 vezes o valor do aluguel por uma latência de rede 1 ms menor. Para os operadores, a experiência diferenciada significa oferecer tanto a experiência do melhor esforço quanto a experiência determinista. Uma boa experiência pode satisfazer as necessidades pessoais dos usuários e a experiência diferenciada é onde os operadores obtêm um novo valor.

A harmonia do meio ambiente é o compromisso da rede de destino com as responsabilidades sociais e faz parte da estratégia de desenvolvimento sustentável dos principais operadores em todo o mundo. Os operadores devem inovar continuamente os produtos e tecnologias para economizar energia, reduzir as emissões e desenvolver uma economia circular. Eles também devem incentivar os agentes do setor a cooperar para construir uma sociedade de baixo carbono, com a adoção de conexões, serviços, O&M e aplicações ecológicas, por meio de inovações em equipamentos, energia, implementação de rede, centros de dados, operações e aplicações.

O informe técnico do NetX 2025, publicado na sessão informativa prévia ao MWCS, explica a abordagem da Huawei para redes de operadores de destino, incluindo o impulsor do NetX 2025, o modelo GUIDE que caracteriza o NetX 2025, recomendações para o desenvolvimento do NetX 2025, e importantes tecnologias inovadoras para 2025.

Ao encerrar o discurso, Peng declarou que o modelo GUIDE do NetX 2025 para os operadores representa a compreensão e a visão da Huawei para o desenvolvimento de serviços e redes futuras dos operadores. A Huawei está empenhada em trabalhar com operadores e setores para explorar e desenvolver redes de destino voltadas para o futuro e alcançar o sucesso empresarial até 2025.

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1440656/image1.jpg  

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1440657/image2.jpg  

FONTE Huawei

SHENZHEN, China, 19 de fevereiro de 2021 /PRNewswire/ -- Na sessão informativa prévia para analistas e mídia on-line da Huawei para o MWC Shanghai 2021, Peng Song, presidente do departamento de vendas de soluções e marketing de operadores da Huawei, fez um discurso de abertura intitulado "NetX 2025: the Path to Future Networks" (NetX 2025: o caminho para as redes do futuro). Durante este discurso, Peng anunciou o lançamento do informe técnico do NetX 2025, que inclui dados de suporte baseados em pesquisa e análise de IDC. Este documento apresenta o modelo GUIDE, que explica como serão as redes de operadores do futuro.

Nas últimas duas décadas, os serviços de comunicação evoluíram deixando de oferecer apenas serviço de voz para incluir diversos tipos de dados, vídeo e muito mais. As tecnologias sem fio, de transporte e de TI se desenvolveram acompanhando os serviços de comunicação para atender às necessidades crescentes.

De acordo com Peng, à medida que a transformação avança em direção a uma sociedade inteligente, todos os setores entram na era digital, onde a infraestrutura das TIC desempenhará um papel crucial na economia digital. O planejamento da rede de destino para todos os cenários de serviço é a chave para o novo crescimento dos operadores. Com o planejamento da rede de destino apontando para o êxito empresarial, o setor deve atuar tendo a essência dos negócios em mente. As redes de telecomunicações estão destinadas a mudar tremendamente para se adaptarem aos novos serviços e necessidades tecnológicas. Portanto, os operadores deverão realizar planos de rede de destino hoje para aproveitar novas oportunidades amanhã.

Durante o seu discurso de abertura, Peng compartilhou a visão da Huawei para a rede de operadores de destino de 2025. Desde a perspectiva do sucesso empresarial e das capacidades tecnológicas, a Huawei acredita que a rede de destino deve ter cinco características: Gigabit em qualquer lugar, ultra-automação, conexão multi-nuvem inteligente, experiência diferenciada e harmonia do meio ambiente.

O Gigabit em qualquer lugar é essencial para que as redes de destino ofereçam serviços digitais aos usuários. As redes Gigabit são a base sobre a qual uma empresa, uma cidade e até mesmo a economia de um país podem crescer. A conectividade em Gigabit é o requisito mais fundamental para as aplicações de fabricação como RV e RA, câmera industrial e coleta de dados de produção.

A ultra-automação é essencial para redes de destino com operações e manutenção inteligentes. Com o 5G experimentando uma implantação em grande escala e cada vez mais operadores lançando serviços de digitalização do setor, a escala e a complexidade das redes estão aumentando exponencialmente. Os operadores devem permitir a ultra-automação mediante a adoção de big data e tecnologias inteligentes. As redes de operadores podem criar um maior valor ao automatizar de forma inteligente tarefas complexas e simplificar o trabalho humano.

A conexão inteligente de múltiplas nuvens cria uma plataforma de rede de destino para a agregação de serviços. Após anos de desenvolvimento, a tecnologia em nuvem evoluiu desde a TI tradicional até a computação em nuvem e, em seguida, para a nativa da nuvem. A transformação digital das empresas levou os sistemas de TI a se tornarem baseados em nuvem, e a conexão de múltiplas nuvens agora é essencial para atender aos requisitos de controle de custos, confiabilidade do serviço e recuperação de desastres de múltiplas nuvens. Essas mudanças geraram novos requisitos para a conexão inteligente de múltiplas nuvens e trouxeram novas oportunidades para que os operadores desenvolvessem serviços de convergência de redes na nuvem.

A experiência diferenciada é a chave para permitir que as redes de destino facilitem o sucesso empresarial. A essência da experiência do usuário é o negócio, e a essência do negócio é a monetização. Cada vez mais práticas comprovam que a experiência diferenciada pode criar valor agregado. Por exemplo, no mercado empresarial e governamental, as bolsas de valores estão dispostas a pagar 10 vezes o valor do aluguel por uma latência de rede 1 ms menor. Para os operadores, a experiência diferenciada significa oferecer tanto a experiência do melhor esforço quanto a experiência determinista. Uma boa experiência pode satisfazer as necessidades pessoais dos usuários e a experiência diferenciada é onde os operadores obtêm um novo valor.

A harmonia do meio ambiente é o compromisso da rede de destino com as responsabilidades sociais e faz parte da estratégia de desenvolvimento sustentável dos principais operadores em todo o mundo. Os operadores devem inovar continuamente os produtos e tecnologias para economizar energia, reduzir as emissões e desenvolver uma economia circular. Eles também devem incentivar os agentes do setor a cooperar para construir uma sociedade de baixo carbono, com a adoção de conexões, serviços, O&M e aplicações ecológicas, por meio de inovações em equipamentos, energia, implementação de rede, centros de dados, operações e aplicações.

O informe técnico do NetX 2025, publicado na sessão informativa prévia ao MWCS, explica a abordagem da Huawei para redes de operadores de destino, incluindo o impulsor do NetX 2025, o modelo GUIDE que caracteriza o NetX 2025, recomendações para o desenvolvimento do NetX 2025, e importantes tecnologias inovadoras para 2025.

Ao encerrar o discurso, Peng declarou que o modelo GUIDE do NetX 2025 para os operadores representa a compreensão e a visão da Huawei para o desenvolvimento de serviços e redes futuras dos operadores. A Huawei está empenhada em trabalhar com operadores e setores para explorar e desenvolver redes de destino voltadas para o futuro e alcançar o sucesso empresarial até 2025.

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1440656/image1.jpg  

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1440657/image2.jpg  

FONTE Huawei

Você acabou de ler:

Huawei lança informe técnico do NetX 2025

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/huawei-lanca-informe-tecnico-do-netx-2025/