IMC cresce 60% e atinge novo recorde histórico com receita líquida de R$ 1,85 bilhão em 2021

Vendas nas mesmas lojas fecharam o trimestre 16% acima dos níveis pré-pandemia

SÃO PAULO, 30 de março de 2022 /PRNewswire/ -- A International Meal Company (B3: MEAL3 – IMC) registrou o melhor resultado de vendas de sua história no quarto trimestre de 2021, reportando receita líquida de R$ 544,5 milhões, aumento de 61,3% frente ao 4o trimestre de 2020 e de 31,6% em relação a igual trimestre de 2019, pré-pandemia. O bom desempenho foi impulsionado pela recuperação em todos os segmentos no Brasil e pela consistente evolução nas operações internacionais. O crescimento consolidado de vendas nas mesmas lojas, em reais, foi de 50,6% em comparação a 4T20 e de 15,8% frente a 4T19.

No Brasil, a receita líquida no trimestre foi de R$ 334,2 milhões, crescimento de 44% em relação a 4T20, com destaque para a recuperação das operações de KFC e Frango Assado, que apresentaram, respectivamente, crescimento de 74,7% e 31,1% em suas receitas, frente a 2020. As vendas nas mesmas lojas (SSS) no Brasil cresceram 37,6% versus 4T20 e 3,7% se comparadas ao 4o trimestre de 2019, refletindo a melhora no fluxo de pessoas e o aumento no volume dos gastos de clientes em todas as marcas da companhia.

Segundo Alexandre Santoro, CEO da IMC, que completará um ano à frente da empresa nessa semana, 2021 foi marcado pelo início da jornada de transformação da IMC, pautada em quatro pilares estratégicos: excelência operacional, expansão das marcas-foco, digitalização dos negócios e disciplina financeira. "Ficamos animados com o resultado do trimestre, porém estamos conscientes do tamanho do desafio que temos pela frente. Nossa jornada de transformação está apenas começando, e seguimos confiantes que chegaremos lá com a força das marcas, com um time focado em resultados e atitude de dono", afirma Santoro.

Eficiência e expansão

A IMC encerrou 2021 com 565 lojas, no Brasil e no exterior, sendo 304 próprias, o que representa mais de 54% do total. No último trimestre de 2021, a companhia adicionou 50 novas lojas ao seu portfólio, sendo 44 unidades próprias: 36 lojas da Pizza Hut, 7 lojas do KFC e uma unidade do Frango Assado em Guará (SP), após oito anos sem aberturas. No ano, a expansão líquida foi de 70 unidades, sendo 57 lojas próprias.

Dando continuidade à estratégia de expansão das principais marcas da companhia, a IMC busca aumentar sua presença e densidade em regiões estratégicas do país. Em 2021, a empresa ampliou a implementação de lojas próprias e focou no equilíbrio entre crescimento e rentabilidade. Desta forma, a Pizza Hut encerra o ano com 269 lojas, KFC com 124 e a rede Frango Assado com 26 lojas.

Na busca constante por maior eficiência e rentabilidade das operações, a IMC melhorou a margem dos restaurantes em comparação ao início do ano passado e elevou o aproveitamento da Cozinha Central ao maior nível de produção desde que foi inaugurada em 2019.

Jornada Digital

As vendas digitais seguiram na trajetória de crescimento, com o delivery representando 28% da receita das marcas Pizza Hut e KFC, mesmo com a recuperação gradual do fluxo de pessoas nas lojas físicas. O sistema de CRM atingiu mais de 500 mil clientes cadastrados no KFC, um crescimento de 66% em relação ao trimestre anterior. A companhia segue investindo na expansão dos canais de vendas proprietários, na fidelização da base de clientes, nos programas de fidelidade, totens de autoatendimento e nas vendas via WhatsApp. 

Disciplina financeira

A IMC também avançou significativamente na disciplina financeira. No 4T21, o EBITDA ajustado foi positivo, totalizando R$ 30,5 milhões, aumento de R$ 34,4 milhões em comparação ao 4T20, com a margem atingindo 5,6% no trimestre, acréscimo de 6,8 pontos percentuais em comparação a igual trimestre do ano anterior. Esse resultado foi influenciado pelo maior faturamento do grupo e pela melhora na margem operacional das marcas e dos segmentos.

A empresa encerrou o trimestre com geração operacional de caixa de R$ 27,8 milhões, alavancagem financeira de 2,9x, abaixo dos 5,0x estipulados pelos covenants e uma posição de caixa de R$ 466,8 milhões. Instituiu também um programa de otimização de capital de giro com fornecedores, além de um comitê de investimentos para garantir que atingirá os retornos exigidos no capital empregado da companhia. No mês de março de 2022, realizou sua primeira emissão de notas comerciais no valor de R$ 75 milhões, ao custo de CDI+2,3%, para antecipar pagamentos e, consequentemente, reduzir o custo da dívida.

 

 

FONTE IMC - International Meal Company

Vendas nas mesmas lojas fecharam o trimestre 16% acima dos níveis pré-pandemia

SÃO PAULO, 30 de março de 2022 /PRNewswire/ -- A International Meal Company (B3: MEAL3 – IMC) registrou o melhor resultado de vendas de sua história no quarto trimestre de 2021, reportando receita líquida de R$ 544,5 milhões, aumento de 61,3% frente ao 4o trimestre de 2020 e de 31,6% em relação a igual trimestre de 2019, pré-pandemia. O bom desempenho foi impulsionado pela recuperação em todos os segmentos no Brasil e pela consistente evolução nas operações internacionais. O crescimento consolidado de vendas nas mesmas lojas, em reais, foi de 50,6% em comparação a 4T20 e de 15,8% frente a 4T19.

No Brasil, a receita líquida no trimestre foi de R$ 334,2 milhões, crescimento de 44% em relação a 4T20, com destaque para a recuperação das operações de KFC e Frango Assado, que apresentaram, respectivamente, crescimento de 74,7% e 31,1% em suas receitas, frente a 2020. As vendas nas mesmas lojas (SSS) no Brasil cresceram 37,6% versus 4T20 e 3,7% se comparadas ao 4o trimestre de 2019, refletindo a melhora no fluxo de pessoas e o aumento no volume dos gastos de clientes em todas as marcas da companhia.

Segundo Alexandre Santoro, CEO da IMC, que completará um ano à frente da empresa nessa semana, 2021 foi marcado pelo início da jornada de transformação da IMC, pautada em quatro pilares estratégicos: excelência operacional, expansão das marcas-foco, digitalização dos negócios e disciplina financeira. "Ficamos animados com o resultado do trimestre, porém estamos conscientes do tamanho do desafio que temos pela frente. Nossa jornada de transformação está apenas começando, e seguimos confiantes que chegaremos lá com a força das marcas, com um time focado em resultados e atitude de dono", afirma Santoro.

Eficiência e expansão

A IMC encerrou 2021 com 565 lojas, no Brasil e no exterior, sendo 304 próprias, o que representa mais de 54% do total. No último trimestre de 2021, a companhia adicionou 50 novas lojas ao seu portfólio, sendo 44 unidades próprias: 36 lojas da Pizza Hut, 7 lojas do KFC e uma unidade do Frango Assado em Guará (SP), após oito anos sem aberturas. No ano, a expansão líquida foi de 70 unidades, sendo 57 lojas próprias.

Dando continuidade à estratégia de expansão das principais marcas da companhia, a IMC busca aumentar sua presença e densidade em regiões estratégicas do país. Em 2021, a empresa ampliou a implementação de lojas próprias e focou no equilíbrio entre crescimento e rentabilidade. Desta forma, a Pizza Hut encerra o ano com 269 lojas, KFC com 124 e a rede Frango Assado com 26 lojas.

Na busca constante por maior eficiência e rentabilidade das operações, a IMC melhorou a margem dos restaurantes em comparação ao início do ano passado e elevou o aproveitamento da Cozinha Central ao maior nível de produção desde que foi inaugurada em 2019.

Jornada Digital

As vendas digitais seguiram na trajetória de crescimento, com o delivery representando 28% da receita das marcas Pizza Hut e KFC, mesmo com a recuperação gradual do fluxo de pessoas nas lojas físicas. O sistema de CRM atingiu mais de 500 mil clientes cadastrados no KFC, um crescimento de 66% em relação ao trimestre anterior. A companhia segue investindo na expansão dos canais de vendas proprietários, na fidelização da base de clientes, nos programas de fidelidade, totens de autoatendimento e nas vendas via WhatsApp. 

Disciplina financeira

A IMC também avançou significativamente na disciplina financeira. No 4T21, o EBITDA ajustado foi positivo, totalizando R$ 30,5 milhões, aumento de R$ 34,4 milhões em comparação ao 4T20, com a margem atingindo 5,6% no trimestre, acréscimo de 6,8 pontos percentuais em comparação a igual trimestre do ano anterior. Esse resultado foi influenciado pelo maior faturamento do grupo e pela melhora na margem operacional das marcas e dos segmentos.

A empresa encerrou o trimestre com geração operacional de caixa de R$ 27,8 milhões, alavancagem financeira de 2,9x, abaixo dos 5,0x estipulados pelos covenants e uma posição de caixa de R$ 466,8 milhões. Instituiu também um programa de otimização de capital de giro com fornecedores, além de um comitê de investimentos para garantir que atingirá os retornos exigidos no capital empregado da companhia. No mês de março de 2022, realizou sua primeira emissão de notas comerciais no valor de R$ 75 milhões, ao custo de CDI+2,3%, para antecipar pagamentos e, consequentemente, reduzir o custo da dívida.

 

 

FONTE IMC - International Meal Company

Você acabou de ler:

IMC cresce 60% e atinge novo recorde histórico com receita líquida de R$ 1,85 bilhão em 2021

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/imc-cresce-60-e-atinge-novo-recorde-historico-com-receita-liquida-de-r-185-bilhao-em-2021/