InCor, everis Brasil, Xilinx e NTT Disruption trabalham juntas para validar a Observação Virtual de Pacientes

MADRID, 22 de setembro de 2020 /PRNewswire/ -- O Instituto do Coração (InCor), do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, uniu esforços com a everis Brasil, NTT Disruption, e a Xilinx, Inc. para testar a Observação Virtual de Pacientes (VPO) da NTT Disruption, uma nova solução tecnológica para Unidades de Tratamento Intensivo (UTI). 

VPO utiliza vídeo e aprendizagem de máquinas para detectar os comportamentos predefinidos de um paciente, com alertas em tempo real, fornecendo uma ferramenta para a equipe médica, tornando o atendimento ao paciente mais seguro e eficiente. Pode também ser personalizada com base nas necessidades de cada instituição de saúde.

Além disso, a VPO pode ser facilmente escalonada para permitir que a equipe realize respostas em tempo real, independentemente do número de eventos ou do aumento de leitos monitorados. A privacidade do paciente é protegida devido à capacidade do sistema de utilizar processamento em tempo real, identificar e prever comportamentos, através de transmissão de vídeo.

"Por meio desta iniciativa, estamos combinando as capacidades técnicas e visão de NTT Disruption e Xilinx, com o forte desempenho da InCor em inovação propiciado por InovaInCor," assegurou Prof. Dr. José C. Nicolau, diretor da Unidade de Terapia Intensiva Coronariana do InCor. "O desenvolvimento desta tecnologia, proporcionará mais segurança para o paciente, reduzindo o estresse da equipe. É uma tecnologia excelente, especialmente em UTIs de alta complexidade como a do InCor," acrescentou Prof. Nicolau.

Freddy Engineer, Diretor Geral da Global Datacenter BU, na Xilinx, disse que "a Xilinx tem o prazer de fazer parte da solução que oferece atendimento personalizado ao paciente e eficiência na saúde por meio do uso da VPO controlado pela placa aceleradora Alveo™. Como as instituições de saúde continuam a adotar tecnologias hospitalares mais inteligentes, esperamos melhorar os resultados dos pacientes e reduzir os custos do setor de saúde."

"A indústria da saúde tem incorporado novas tecnologias inteligentes, como VPO, para melhorar a segurança do paciente, eficiência operacional e reduzir a síndrome de burnout," disse Fernando Apezteguía, Head de Saúde da NTT Disruption. "COVID-19 acelerou a necessidade de inovar na indústria para fornecer aos profissionais de saúde ferramentas para um melhor atendimento," continuou.  

Os resultados da eficácia desta solução serão analisados durante este projeto, o que vai possibilitar um grande impacto no atendimento ao paciente, ao mesmo tempo em que diminui o estresse dos profissionais.

FONTE NTT Disruption

MADRID, 22 de setembro de 2020 /PRNewswire/ -- O Instituto do Coração (InCor), do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, uniu esforços com a everis Brasil, NTT Disruption, e a Xilinx, Inc. para testar a Observação Virtual de Pacientes (VPO) da NTT Disruption, uma nova solução tecnológica para Unidades de Tratamento Intensivo (UTI). 

VPO utiliza vídeo e aprendizagem de máquinas para detectar os comportamentos predefinidos de um paciente, com alertas em tempo real, fornecendo uma ferramenta para a equipe médica, tornando o atendimento ao paciente mais seguro e eficiente. Pode também ser personalizada com base nas necessidades de cada instituição de saúde.

Além disso, a VPO pode ser facilmente escalonada para permitir que a equipe realize respostas em tempo real, independentemente do número de eventos ou do aumento de leitos monitorados. A privacidade do paciente é protegida devido à capacidade do sistema de utilizar processamento em tempo real, identificar e prever comportamentos, através de transmissão de vídeo.

"Por meio desta iniciativa, estamos combinando as capacidades técnicas e visão de NTT Disruption e Xilinx, com o forte desempenho da InCor em inovação propiciado por InovaInCor," assegurou Prof. Dr. José C. Nicolau, diretor da Unidade de Terapia Intensiva Coronariana do InCor. "O desenvolvimento desta tecnologia, proporcionará mais segurança para o paciente, reduzindo o estresse da equipe. É uma tecnologia excelente, especialmente em UTIs de alta complexidade como a do InCor," acrescentou Prof. Nicolau.

Freddy Engineer, Diretor Geral da Global Datacenter BU, na Xilinx, disse que "a Xilinx tem o prazer de fazer parte da solução que oferece atendimento personalizado ao paciente e eficiência na saúde por meio do uso da VPO controlado pela placa aceleradora Alveo™. Como as instituições de saúde continuam a adotar tecnologias hospitalares mais inteligentes, esperamos melhorar os resultados dos pacientes e reduzir os custos do setor de saúde."

"A indústria da saúde tem incorporado novas tecnologias inteligentes, como VPO, para melhorar a segurança do paciente, eficiência operacional e reduzir a síndrome de burnout," disse Fernando Apezteguía, Head de Saúde da NTT Disruption. "COVID-19 acelerou a necessidade de inovar na indústria para fornecer aos profissionais de saúde ferramentas para um melhor atendimento," continuou.  

Os resultados da eficácia desta solução serão analisados durante este projeto, o que vai possibilitar um grande impacto no atendimento ao paciente, ao mesmo tempo em que diminui o estresse dos profissionais.

FONTE NTT Disruption

Você acabou de ler:

InCor, everis Brasil, Xilinx e NTT Disruption trabalham juntas para validar a Observação Virtual de Pacientes

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/incor-everis-brasil-xilinx-e-ntt-disruption-trabalham-juntas-para-validar-a-observacao-virtual-de-pacientes/