Índice econômico e comercial sino-russo (Harbin) lançado para servir como barômetro do comércio bilateral

HARBIN, China, 17 de junho de 2019 /PRNewswire/ -- O índice econômico e comercial sino-russo (Harbin) foi lançado em 16 de junho em Harbin, capital da província Heilongjiang, nordeste da China.

O índice, desenvolvido por especialistas de instituições, entre elas a Academia Chinesa de Ciências Sociais (CASS, em inglês), a Universidade Renmin da China (RUC, em inglês) e a Universidade de Economia e Negócios Internacionais (UIBE, em inglês), e organizado pelo Serviço de Informação Econômica da China (CEIS, em inglês) deverá refletir os intercâmbios econômicos e comerciais e também a tendência de desenvolvimento do comércio entre a China e a Rússia, de maneira objetiva, total e em diversos níveis.

Composto de um índice comercial nacional e um índice comercial regional, o primeiro tema do índice econômico e comercial sino-russo (Harbin) cobre especificamente o índice comercial sino-russo, índice de importações sino-russas, índice de exportações sino-russas, índice comercial interindustrial e o índice de complementaridade comercial.

Ele também inclui o índice de cobertura da influência urbana da Harbin, que vai ajudar a tornar a Harbin um polo municipal aberto à Rússia, fornecendo suporte de decisão relacionado.

O índice não somente é um exame abrangente e pesquisa a respeito da cooperação entre Heilongjiang e suas contrapartidas na Rússia, mas também um guia em suporte de dados para sua cooperação econômica e social, disse Ma Youjun, um especialista da Academia Provinciana de Ciências Sociais de Heilongjiang, acrescentando que suporte de big data será necessário na futura cooperação regional, de investimentos e industrial sino-russa. 

FONTE China Economic Information Service

HARBIN, China, 17 de junho de 2019 /PRNewswire/ -- O índice econômico e comercial sino-russo (Harbin) foi lançado em 16 de junho em Harbin, capital da província Heilongjiang, nordeste da China.

O índice, desenvolvido por especialistas de instituições, entre elas a Academia Chinesa de Ciências Sociais (CASS, em inglês), a Universidade Renmin da China (RUC, em inglês) e a Universidade de Economia e Negócios Internacionais (UIBE, em inglês), e organizado pelo Serviço de Informação Econômica da China (CEIS, em inglês) deverá refletir os intercâmbios econômicos e comerciais e também a tendência de desenvolvimento do comércio entre a China e a Rússia, de maneira objetiva, total e em diversos níveis.

Composto de um índice comercial nacional e um índice comercial regional, o primeiro tema do índice econômico e comercial sino-russo (Harbin) cobre especificamente o índice comercial sino-russo, índice de importações sino-russas, índice de exportações sino-russas, índice comercial interindustrial e o índice de complementaridade comercial.

Ele também inclui o índice de cobertura da influência urbana da Harbin, que vai ajudar a tornar a Harbin um polo municipal aberto à Rússia, fornecendo suporte de decisão relacionado.

O índice não somente é um exame abrangente e pesquisa a respeito da cooperação entre Heilongjiang e suas contrapartidas na Rússia, mas também um guia em suporte de dados para sua cooperação econômica e social, disse Ma Youjun, um especialista da Academia Provinciana de Ciências Sociais de Heilongjiang, acrescentando que suporte de big data será necessário na futura cooperação regional, de investimentos e industrial sino-russa. 

FONTE China Economic Information Service

Você acabou de ler:

Índice econômico e comercial sino-russo (Harbin) lançado para servir como barômetro do comércio bilateral

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/indice-economico-e-comercial-sino-russo-harbin-lancado-para-servir-como-barometro-do-comercio-bilateral/