Infosolo investe em compliance e cria canal de denúncias independente

Segundo pesquisa recente da KPMG, o nível de maturidade em compliance das empresas teve evolução das notas de 2,6 para 2,75 em 2019 (pontuação máxima 5)

BRASÍLIA, Brasil, 20 de fevereiro de 2020 /PRNewswire/ -- A partir da aprovação da Lei Anticorrupção, em 2013, as empresas brasileiras vem investindo constantemente em compliance e governabilidade para se adequar a norma e apresentar respostas contra corrupção institucional. No fim do ano passado, a KPMG - uma das principais empresas de consultoria empresarial do mundo, apresentou uma pesquisa de campo sobre a evolução das práticas no Brasil.

Esta é a 4a edição da pesquisa "Maturidade do Compliance no Brasil" e mostra uma evolução da percepção sobre o comprometimento das empresas brasileiras, que viu a nota do país subir de 2,6 em 2018 para 2,75 em 2019 (numa escala de 0 a 5). A apuração levou em consideração a avaliação dos riscos de compliance das empresas, bem como políticas e procedimentos, comunicação e treinamento, análise de dados e tecnologia, governança e cultura, e reporte.

Na esteira dos investimentos em compliance por parte das empresas, a brasiliense Infosolo Informática graduou seu time de executivos e advogados em um programa de compliance com a chancela da KPMG.

A Infosolo, que atua tanto no setor público quanto privado e no ano passado criou uma aceleradora de startups, investe alto para garantir o cumprimento estrito das obrigações legais, mas também em tornar público aos seus parceiros de negócios as regras e os valores que norteiam sua operação.

Conforme Brunella Santos, advogada e Compliance Officer da instituição, foi implantado nos últimos dias um canal de denúncias anônimas independente, para que os colaboradores, parceiros e clientes possam encaminhar denúncias de fatos que julgarem não estar de acordo com as regras de compliance da empresa. As denúncias podem ser feitas de forma anônima e serão encaminhadas para apuração pelo comitê de ética da Infosolo.

"Esse canal de denúncias é um dos principais pontos do programa supervisionado pela KPMG, que faz a apuração das denúncias e encaminha para o comitê de Ética. Para nós é um atestado de transparência com o mercado, autoridades e sociedade. Atuamos de forma absolutamente correta e fazemos questão de demonstrar isso", destaca a Advogada.

Referência no setor de registro de financiamento de veículos, atuando junto aos Detrans de 11 estados, a Infosolo agrega aos seus anos de experiência, capacidade técnica e organizacional, também um programa e combate à lavagem de dinheiro.

"Estamos indo muito além do que hoje é exigido pelo mercado. Implantamos o nosso programa PLD, com apoio e supervisão da KPMG, além de uma auditoria externa que é feita pela Ernest & Young. Quantas empresas do nosso segmento estão cercadas por regras tão rígidas quanto às nossas?", questiona a Compliance Officer da empresa.

Iniciativas da empresa

Em 2018, a Infosolo criou a Logo Aceleradora, que atua no fomento de startups. Com um trabalho focado na qualidade do produto, a empresa investe anualmente em cerca de seis startups, oferecendo mentoria, espaço de coworking e infraestrutura comercial, jurídica, financeira e tecnológica para que alcancem o crescimento e rentabilidade esperada.

O portfólio da Infosolo conta ainda com uma plataforma de streaming chamada voltada ao público cristão chamada Believe, que estreia nesta semana.

FONTE Infosolo Informática

Segundo pesquisa recente da KPMG, o nível de maturidade em compliance das empresas teve evolução das notas de 2,6 para 2,75 em 2019 (pontuação máxima 5)

BRASÍLIA, Brasil, 20 de fevereiro de 2020 /PRNewswire/ -- A partir da aprovação da Lei Anticorrupção, em 2013, as empresas brasileiras vem investindo constantemente em compliance e governabilidade para se adequar a norma e apresentar respostas contra corrupção institucional. No fim do ano passado, a KPMG - uma das principais empresas de consultoria empresarial do mundo, apresentou uma pesquisa de campo sobre a evolução das práticas no Brasil.

Esta é a 4a edição da pesquisa "Maturidade do Compliance no Brasil" e mostra uma evolução da percepção sobre o comprometimento das empresas brasileiras, que viu a nota do país subir de 2,6 em 2018 para 2,75 em 2019 (numa escala de 0 a 5). A apuração levou em consideração a avaliação dos riscos de compliance das empresas, bem como políticas e procedimentos, comunicação e treinamento, análise de dados e tecnologia, governança e cultura, e reporte.

Na esteira dos investimentos em compliance por parte das empresas, a brasiliense Infosolo Informática graduou seu time de executivos e advogados em um programa de compliance com a chancela da KPMG.

A Infosolo, que atua tanto no setor público quanto privado e no ano passado criou uma aceleradora de startups, investe alto para garantir o cumprimento estrito das obrigações legais, mas também em tornar público aos seus parceiros de negócios as regras e os valores que norteiam sua operação.

Conforme Brunella Santos, advogada e Compliance Officer da instituição, foi implantado nos últimos dias um canal de denúncias anônimas independente, para que os colaboradores, parceiros e clientes possam encaminhar denúncias de fatos que julgarem não estar de acordo com as regras de compliance da empresa. As denúncias podem ser feitas de forma anônima e serão encaminhadas para apuração pelo comitê de ética da Infosolo.

"Esse canal de denúncias é um dos principais pontos do programa supervisionado pela KPMG, que faz a apuração das denúncias e encaminha para o comitê de Ética. Para nós é um atestado de transparência com o mercado, autoridades e sociedade. Atuamos de forma absolutamente correta e fazemos questão de demonstrar isso", destaca a Advogada.

Referência no setor de registro de financiamento de veículos, atuando junto aos Detrans de 11 estados, a Infosolo agrega aos seus anos de experiência, capacidade técnica e organizacional, também um programa e combate à lavagem de dinheiro.

"Estamos indo muito além do que hoje é exigido pelo mercado. Implantamos o nosso programa PLD, com apoio e supervisão da KPMG, além de uma auditoria externa que é feita pela Ernest & Young. Quantas empresas do nosso segmento estão cercadas por regras tão rígidas quanto às nossas?", questiona a Compliance Officer da empresa.

Iniciativas da empresa

Em 2018, a Infosolo criou a Logo Aceleradora, que atua no fomento de startups. Com um trabalho focado na qualidade do produto, a empresa investe anualmente em cerca de seis startups, oferecendo mentoria, espaço de coworking e infraestrutura comercial, jurídica, financeira e tecnológica para que alcancem o crescimento e rentabilidade esperada.

O portfólio da Infosolo conta ainda com uma plataforma de streaming chamada voltada ao público cristão chamada Believe, que estreia nesta semana.

FONTE Infosolo Informática

Você acabou de ler:

Infosolo investe em compliance e cria canal de denúncias independente

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/infosolo-investe-em-compliance-e-cria-canal-de-denuncias-independente/