Instituições de pagamento ajudam clientes a economizarem em 2019

SÃO PAULO, 20 de dezembro de 2019 /PRNewswire/ -- As instituições de pagamentos são empresas que possibilitam transações de compras, vendas e movimentações financeiras de forma independente dos bancos. Como as instituições de pagamento são regulamentadas e fiscalizadas pelo Banco Central, os clientes que contam com essas organizações têm os seus recursos protegidos. Nos últimos anos, esse tipo de organização ganhou popularidade por desburocratizar processos de recebimento e reduzir os gastos gerados pelos bancos.

Para quem emite cobranças, essa economia em tarifas pode fazer muita diferença. Afinal, cortar os custos bancários, como os gastos de emissão de boletos, transferências, mensalidades e manutenções, ajuda a aumentar os lucros. Para se ter uma ideia, só em 2019, a empresa Gerencianet promoveu uma economia de R$ 90 milhões em tarifas de emissão, transferências e mensalidades para os clientes que utilizam a plataforma.

Assim, além de contar com um atendimento especializado, uma plataforma segura e a melhoria contínua do sistema, os clientes da Gerencianet gastaram 49,3% a menos com tarifas para gerar ou receber cobranças. Esses dados consideram a média das tarifas praticadas pelos principais bancos no Brasil. A pesquisa foi baseada em pacotes básicos para contas de pessoas físicas e jurídicas, de acordo com as informações disponíveis no portal da Federação Nacional de Bancos (Febraban).

Como funcionam as instituições de pagamento

As instituições de pagamento funcionam em três diferentes modalidades e finalidades. Na modalidade de emissor de moeda eletrônica, a instituição é autorizada a atender contas de pagamentos pré-pagas. Assim, elas são responsáveis por contas onde os recursos devem ser previamente depositados. A Gerencianet é uma das primeiras instituições de pagamentos autorizadas pelo Banco Central como emissor de moeda eletrônica e também é uma das pioneiras na emissão de boletos registrados.

A segunda modalidade de instituição de pagamento são os emissores de instrumentos de pagamento pós-pago. Nessa modalidade, as contas atendidas contam com recursos depositados para pagamentos de débitos já assumidos, como as instituições de cartão de crédito. Por fim, as empresas também podem funcionar como credenciadoras de estabelecimentos comerciais para que eles aceitem instrumentos de pagamentos. Os credenciadores são as instituições que assinam contratos com o estabelecimento comercial para adoção de cartão de pagamento.

Como ter mais praticidade nas cobranças em 2020

Atualmente, a redução de gastos é tão relevante quanto a economia de tempo. No entanto, gerar boletos em bancos pode ser considerado mais burocrático e difícil. Para emitir esse tipo de cobrança em instituições bancárias, primeiramente, é necessário estabelecer um contrato de emissão de boletos. Após o contrato, o emissor deve informar os dados do sacador/avalista, do sacado, o prazo de pagamento, o valor, os juros e as multas. Em seguida, o boleto deve ser encaminhado ao cliente e a confirmação será aguardada. Mas, é preciso estar atento, pois o processo de emissão e as tarifas cobradas podem variar de acordo com o banco.

A emissão de boletos por meio de uma instituição de pagamento não requer um vínculo bancário. Para começar a emitir dessa maneira, é necessário criar um cadastro em uma plataforma online. Após a confirmação dos dados, o boleto é emitido de forma personalizada. Com mais praticidade na emissão, sobra tempo para investir em outras ações. Por isso, cada vez mais, os prestadores de serviço investem em diversas estratégias para agilizar o recebimento.

Uma dessas táticas é a emissão de boletos e carnês em lotes para todo o ano seguinte. Essa é uma prática comum entre as empresas que oferecem mensalidades para muitos consumidores, como escolas, academias, provedores de internet e imobiliárias. As instituições de pagamento podem trazer mais agilidade para esse tipo de cobrança, já que todo o processo de emissão e recebimento da cobrança é simplificado.

Na Gerencianet, além de boletos e carnês, é possível receber por outros meios de pagamentos, como links, assinaturas e marketplaces. O emissor também conta com a possibilidade de utilizar o saldo recebido na plataforma para saques ou compras por meio do Cartão Gerencianet. Ainda é possível gerar relatórios diversos, acompanhar o histórico de pagamentos e verificar o extrato de modo detalhado. Dessa forma, a gestão financeira do negócio pode ser otimizada e o emissor passa a contar com um sistema de pagamentos completo para facilitar as suas cobranças.

FONTE Gerencianet

SÃO PAULO, 20 de dezembro de 2019 /PRNewswire/ -- As instituições de pagamentos são empresas que possibilitam transações de compras, vendas e movimentações financeiras de forma independente dos bancos. Como as instituições de pagamento são regulamentadas e fiscalizadas pelo Banco Central, os clientes que contam com essas organizações têm os seus recursos protegidos. Nos últimos anos, esse tipo de organização ganhou popularidade por desburocratizar processos de recebimento e reduzir os gastos gerados pelos bancos.

Para quem emite cobranças, essa economia em tarifas pode fazer muita diferença. Afinal, cortar os custos bancários, como os gastos de emissão de boletos, transferências, mensalidades e manutenções, ajuda a aumentar os lucros. Para se ter uma ideia, só em 2019, a empresa Gerencianet promoveu uma economia de R$ 90 milhões em tarifas de emissão, transferências e mensalidades para os clientes que utilizam a plataforma.

Assim, além de contar com um atendimento especializado, uma plataforma segura e a melhoria contínua do sistema, os clientes da Gerencianet gastaram 49,3% a menos com tarifas para gerar ou receber cobranças. Esses dados consideram a média das tarifas praticadas pelos principais bancos no Brasil. A pesquisa foi baseada em pacotes básicos para contas de pessoas físicas e jurídicas, de acordo com as informações disponíveis no portal da Federação Nacional de Bancos (Febraban).

Como funcionam as instituições de pagamento

As instituições de pagamento funcionam em três diferentes modalidades e finalidades. Na modalidade de emissor de moeda eletrônica, a instituição é autorizada a atender contas de pagamentos pré-pagas. Assim, elas são responsáveis por contas onde os recursos devem ser previamente depositados. A Gerencianet é uma das primeiras instituições de pagamentos autorizadas pelo Banco Central como emissor de moeda eletrônica e também é uma das pioneiras na emissão de boletos registrados.

A segunda modalidade de instituição de pagamento são os emissores de instrumentos de pagamento pós-pago. Nessa modalidade, as contas atendidas contam com recursos depositados para pagamentos de débitos já assumidos, como as instituições de cartão de crédito. Por fim, as empresas também podem funcionar como credenciadoras de estabelecimentos comerciais para que eles aceitem instrumentos de pagamentos. Os credenciadores são as instituições que assinam contratos com o estabelecimento comercial para adoção de cartão de pagamento.

Como ter mais praticidade nas cobranças em 2020

Atualmente, a redução de gastos é tão relevante quanto a economia de tempo. No entanto, gerar boletos em bancos pode ser considerado mais burocrático e difícil. Para emitir esse tipo de cobrança em instituições bancárias, primeiramente, é necessário estabelecer um contrato de emissão de boletos. Após o contrato, o emissor deve informar os dados do sacador/avalista, do sacado, o prazo de pagamento, o valor, os juros e as multas. Em seguida, o boleto deve ser encaminhado ao cliente e a confirmação será aguardada. Mas, é preciso estar atento, pois o processo de emissão e as tarifas cobradas podem variar de acordo com o banco.

A emissão de boletos por meio de uma instituição de pagamento não requer um vínculo bancário. Para começar a emitir dessa maneira, é necessário criar um cadastro em uma plataforma online. Após a confirmação dos dados, o boleto é emitido de forma personalizada. Com mais praticidade na emissão, sobra tempo para investir em outras ações. Por isso, cada vez mais, os prestadores de serviço investem em diversas estratégias para agilizar o recebimento.

Uma dessas táticas é a emissão de boletos e carnês em lotes para todo o ano seguinte. Essa é uma prática comum entre as empresas que oferecem mensalidades para muitos consumidores, como escolas, academias, provedores de internet e imobiliárias. As instituições de pagamento podem trazer mais agilidade para esse tipo de cobrança, já que todo o processo de emissão e recebimento da cobrança é simplificado.

Na Gerencianet, além de boletos e carnês, é possível receber por outros meios de pagamentos, como links, assinaturas e marketplaces. O emissor também conta com a possibilidade de utilizar o saldo recebido na plataforma para saques ou compras por meio do Cartão Gerencianet. Ainda é possível gerar relatórios diversos, acompanhar o histórico de pagamentos e verificar o extrato de modo detalhado. Dessa forma, a gestão financeira do negócio pode ser otimizada e o emissor passa a contar com um sistema de pagamentos completo para facilitar as suas cobranças.

FONTE Gerencianet

Você acabou de ler:

Instituições de pagamento ajudam clientes a economizarem em 2019

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/instituicoes-de-pagamento-ajudam-clientes-a-economizarem-em-2019/