Investimentos estratégicos da Venus Medtech na Keystone Heart aprofundam a estrutura técnica do mercado de proteção contra a embolia cerebral

HANGZHOU, China, 23 de maio de 2018 /PRNewswire/ -- A China Venus Medtech (Hangzhou) Inc. anunciou um acordo de parceria com a Keystone Heart para fins de investimentos estratégicos e autorização. O acordo concederá à Venus Medtech o direito exclusivo de desenvolvimento, fabricação e venda na China e outros importantes mercados asiáticos da 3a geração do dispositivo TriGUARD 3™ e da próxima geração do dispositivo de proteção contra a embolia cerebral. Em março de 2017, a Venus Medtech anunciou um acordo de parceria para a promoção na China e outros grandes mercados da Ásia do VenusA-Valve, o sistema de TAVR da Venus Medtech em combinação com a 1ª geração do dispositivo de proteção contra embolia cerebral TriGuard™ da Keystone Heart. O novo acordo demonstra que a Venus Medtech aprofunda ainda mais sua estrutura técnica no mercado de proteção contra a embolia cerebral e fortalece a cooperação estratégica com a Keystone Heart.

Em fevereiro de 2017, a associação de pesquisas da área de neurociências (NeuroARC) emitiu oficialmente diretrizes para o estabelecimento e fornecimento de ocorrências finais neurológicas padronizadas para experimentos clínicos vasculares. As diretrizes foram publicadas no Journal of the American Cardiology e no European Heart Journal, indicando também que cada vez mais evidências demonstram danos cerebrais "recessivos" em pacientes que receberam a substituição da válvula aórtica por cateter (TAVR na sigla em inglês) e outras cirurgias cardiovasculares. Este tópico tem sido particularmente proeminente durante os últimos 5 anos. Um total de 13 estudos conduzidos nos EUA e na Europa demonstram que cerca de 80% dos pacientes desenvolvem novas lesões cerebrais após a TAVR. O estudo NeuroTAVR indicou que 94% dos pacientes apresentaram novas lesões cerebrais após o procedimento, 22,6% dos pacientes sofreram uma nova lesão de nervo após a TAVR, e 41% dos pacientes apresentaram deficiência neurocognitiva dentro de 30 dias.

Eric Zi, cofundador e CEO da Venus Medtech disse: "A Venus Medtech não está apenas concentrada em produtos de válvula por cateter. Nós nos preocupamos com o procedimento total da TAVR, com as complicações associadas e a qualidade de vida em geral do paciente. A parceria com a Keystone Heart tornará a Venus Medtech a única provedora do tratamento holístico abrangendo "proteção contra embolia cerebral - balão - válvula" no campo global da TAVR. A cooperação adicional confirma a determinação de fornecer uma solução total e expressa novamente a confiança na aplicação de tecnologias inovadoras".

Chris Richardson, presidente e CEO da Keystone Heart, LTD comentou: "O aprofundamento da parceria com a importante empresa Heart Valve da China garante aos pacientes deste mercado geográfico significativo o acesso às gerações inovadoras e futuras de tecnologias de proteção contra a embolia cerebral da Keystone Heart".

A substituição da válvula aórtica por cateter (TAVR) é um procedimento minimamente invasivo realizado para reparar uma válvula aórtica enferma. Com a maior incidência de lesões degenerativas valvulares em idosos, a estenose por calcificação da válvula aórtica se tornou uma enfermidade cardíaca valvular comum neste grupo etário. O grupo é gravemente assintomático, sofre de recuperação deficiente após a cirurgia e apresenta uma alta taxa de mortalidade. Para pacientes com risco intermediário/alto ou com contraindicações cirúrgicas, a TAVR pode ser utilizada como um tratamento efetivo, com vantagens claras de trauma mínimo e recuperação rápida. Evitando o risco da cirurgia tradicional de peito aberto e da cirurgia de bypass cardiopulmonar, a TAVR pode trazer a esperança de um renascimento para este grupo de pacientes.

A China é o mercado emergente para o procedimento de TAVR. O sistema VenusA-Valve, independentemente pesquisado e desenvolvido pela Venus Medtech, obteve o certificado de registro da CFDA em abril de 2017. Atingiu o marco de ser o primeiro implante de substituição da válvula aórtica por cateter para uso comercial na China. Os especialistas estimam que acima de 10.000 cirurgias de TAVR serão realizadas até 2020 e que o mercado em geral crescerá em uma taxa de 30% a 50% ao ano.

Sobre a Venus Medtech (Hangzhou) Inc.

A Venus Medtech, que foi estabelecida em 2009 e está localizada em Hangzhou, compromete-se com o desenvolvimento tecnológico e a utilização comercial de soluções minimamente invasivas para doenças de válvulas cardíacas. A empresa dedica-se totalmente à pesquisa e ao desenvolvimento e orgulha-se de suas duas tecnologias líderes mundialmente: o sistema de válvula por cateter pré-carregado e o sistema da válvula pulmonar por cateter auto-expansível. A Venus Medtech realizou inúmeros estudos e experimentos, sendo a pioneira das pesquisas clínicas no campo das válvulas por cateter, implantando e testando dispositivos chineses de válvulas cardíacas na Europa, e estabelecendo um instituto de válvulas cardíacas na China. Para mais informações acesse http://www.venusmedtech.com/.

Sobre a Keystone Heart

A Keystone Heart Ltd. é uma empresa de dispositivos médicos que desenvolve e manufatura dispositivos de proteção contra embolia cerebral destinados a reduzir o risco de AVC, degeneração neurocognitiva e demência causados por danos cerebrais associados a procedimentos cardiovasculares. Sediada em Israel, a Keystone Heart dedica-se a promover cuidados a pacientes através de tecnologia inovadora e pesquisas clínicas. Para mais informações acesse www.keystoneheart.com.

FONTE Venus Medtech (Hangzhou) Inc.