IOF adverte: saiba reconhecer os sintomas de fratura na coluna vertebral

GENEBRA, 19 de Outubro de 2018 /PRNewswire/ -- A osteoporose, uma doença que faz com que os ossos se tornem fracos e frágeis, é a causa de fraturas em aproximadamente uma em cada três mulheres e em um em cada cinco homens acima de 50 anos de idade em todo o mundo.

Fraturas na coluna (ou "vertebrais") são as fraturas osteoporóticas mais comuns. Estima-se que uma nova fratura aconteça a cada 22 segundos em âmbito mundial. Porém, embora sejam uma das principais causas de dor e de incapacidade a longo prazo, até 70 por cento das fraturas na coluna vertebral não recebem atenção clínica.

Por ocasião do Dia Mundial da Osteoporose, celebrado em 20 de Outubro, a Fundação Internacional de Osteoporose (International Osteoporosis Foundation - IOF) insiste que os adultos fiquem alertas para três sinais de possíveis fraturas na coluna vertebral: dor súbita e severa nas costas; perda de mais de três centímetros de altura (pouco mais que uma polegada); ou costas curvadas.

O presidente da IOF, professor Cyrus Cooper, afirmou: "Os pacientes que sentem dores súbitas nas costas geralmente recebem apenas uma receita médica para analgésicos, não são examinados adequadamente e não têm a causa subjacente tratada. Porém, sem tratamento preventivo, uma fratura na coluna vertebral pode marcar o início de uma série de outras fraturas, o que, por sua vez, resulta em incapacidade e dor a longo prazo".

Na verdade, uma em cada cinco mulheres com fratura na coluna vertebral terá outra fratura dentro de doze meses e isso afetará gravemente sua qualidade de vida. Anita, uma paciente da Suécia com histórico familiar de osteoporose, é um exemplo típico. Anita sofreu várias fraturas na coluna vertebral, e a terceira ocorreu quando ela teve uma gripe e simplesmente tossiu. Como resultado, ela perdeu seis centímetros em altura, sofre de dores crônicas e teve que abandonar seu trabalho de enfermeira, que ela adorava.

Junto com as suas 240 organizações associadas, em todo o mundo, a IOF pede que os profissionais de saúde enfrentem o problema de fraturas na coluna vertebral que não são registradas nem recebem tratamento.

O professor Cooper acrescentou: "Aconselhamos os radiologistas que realizam exames de radiografia a prestarem atenção nas fraturas da coluna vertebral e registrá-las adequadamente como 'fraturas'. Os médicos também devem fazer sua parte para garantir que, depois de identificadas as fraturas, os pacientes se beneficiem de estratégias de gerenciamento e tratamento apropriados, antes que haja um dano maior e que ocorram fraturas perigosas".

Fraturas causadas pela osteoporose são um imenso encargo para os sistemas de saúde, e a previsão é que os custos aumentem bastante nas próximas décadas. A IOF defende a implementação de Serviços de Coordenação de Fraturas nos hospitais em todo o mundo – um passo fundamental para reduzir as fraturas por fragilidade e os custos financeiros. Esses serviços ajudam a garantir que a primeira fratura de um paciente seja a última.

Para o Dia Mundial da Osteoporose, a IOF colocou à disposição vários recursos novos para pacientes e profissionais de saúde. O Teste de Um Minuto para Verificar o Risco de Osteoporose está também disponível para ajudar os adultos a identificarem seus fatores pessoais de risco de ter osteoporose.

Visite http://www.worldosteoporosisday.org para obter mais informações.

O Dia Mundial da  Osteoporose, celebrado anualmente no dia 20 de Outubro, marca o início de uma campanha de conscientização de um ano de duração.

 http://www.worldosteoporosisday.org #WorldOsteoporosisDay

Parceiros Oficiais do Dia Mundial da Osteoporose: Amgen, Lilly, Sunsweet

A Fundação Internacional da Osteoporose (IOF) é a ONG que é líder mundial na prevenção, diagnóstico e tratamento da osteoporose e doenças músculo-esqueléticas associadas:

http://www.iofbonehealth.org 

@iofbonehealth

Contato para a mídia: 

P. Halbout

IOF

+41-22-9940100

info@iofbonehealth.org

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/767079/IOF_Infographic.jpg

FONTE The International Osteoporosis Foundation (IOF)

GENEBRA, 19 de Outubro de 2018 /PRNewswire/ -- A osteoporose, uma doença que faz com que os ossos se tornem fracos e frágeis, é a causa de fraturas em aproximadamente uma em cada três mulheres e em um em cada cinco homens acima de 50 anos de idade em todo o mundo.

Fraturas na coluna (ou "vertebrais") são as fraturas osteoporóticas mais comuns. Estima-se que uma nova fratura aconteça a cada 22 segundos em âmbito mundial. Porém, embora sejam uma das principais causas de dor e de incapacidade a longo prazo, até 70 por cento das fraturas na coluna vertebral não recebem atenção clínica.

Por ocasião do Dia Mundial da Osteoporose, celebrado em 20 de Outubro, a Fundação Internacional de Osteoporose (International Osteoporosis Foundation - IOF) insiste que os adultos fiquem alertas para três sinais de possíveis fraturas na coluna vertebral: dor súbita e severa nas costas; perda de mais de três centímetros de altura (pouco mais que uma polegada); ou costas curvadas.

O presidente da IOF, professor Cyrus Cooper, afirmou: "Os pacientes que sentem dores súbitas nas costas geralmente recebem apenas uma receita médica para analgésicos, não são examinados adequadamente e não têm a causa subjacente tratada. Porém, sem tratamento preventivo, uma fratura na coluna vertebral pode marcar o início de uma série de outras fraturas, o que, por sua vez, resulta em incapacidade e dor a longo prazo".

Na verdade, uma em cada cinco mulheres com fratura na coluna vertebral terá outra fratura dentro de doze meses e isso afetará gravemente sua qualidade de vida. Anita, uma paciente da Suécia com histórico familiar de osteoporose, é um exemplo típico. Anita sofreu várias fraturas na coluna vertebral, e a terceira ocorreu quando ela teve uma gripe e simplesmente tossiu. Como resultado, ela perdeu seis centímetros em altura, sofre de dores crônicas e teve que abandonar seu trabalho de enfermeira, que ela adorava.

Junto com as suas 240 organizações associadas, em todo o mundo, a IOF pede que os profissionais de saúde enfrentem o problema de fraturas na coluna vertebral que não são registradas nem recebem tratamento.

O professor Cooper acrescentou: "Aconselhamos os radiologistas que realizam exames de radiografia a prestarem atenção nas fraturas da coluna vertebral e registrá-las adequadamente como 'fraturas'. Os médicos também devem fazer sua parte para garantir que, depois de identificadas as fraturas, os pacientes se beneficiem de estratégias de gerenciamento e tratamento apropriados, antes que haja um dano maior e que ocorram fraturas perigosas".

Fraturas causadas pela osteoporose são um imenso encargo para os sistemas de saúde, e a previsão é que os custos aumentem bastante nas próximas décadas. A IOF defende a implementação de Serviços de Coordenação de Fraturas nos hospitais em todo o mundo – um passo fundamental para reduzir as fraturas por fragilidade e os custos financeiros. Esses serviços ajudam a garantir que a primeira fratura de um paciente seja a última.

Para o Dia Mundial da Osteoporose, a IOF colocou à disposição vários recursos novos para pacientes e profissionais de saúde. O Teste de Um Minuto para Verificar o Risco de Osteoporose está também disponível para ajudar os adultos a identificarem seus fatores pessoais de risco de ter osteoporose.

Visite http://www.worldosteoporosisday.org para obter mais informações.

O Dia Mundial da  Osteoporose, celebrado anualmente no dia 20 de Outubro, marca o início de uma campanha de conscientização de um ano de duração.

 http://www.worldosteoporosisday.org #WorldOsteoporosisDay

Parceiros Oficiais do Dia Mundial da Osteoporose: Amgen, Lilly, Sunsweet

A Fundação Internacional da Osteoporose (IOF) é a ONG que é líder mundial na prevenção, diagnóstico e tratamento da osteoporose e doenças músculo-esqueléticas associadas:

http://www.iofbonehealth.org 

@iofbonehealth

Contato para a mídia: 

P. Halbout

IOF

+41-22-9940100

info@iofbonehealth.org

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/767079/IOF_Infographic.jpg

FONTE The International Osteoporosis Foundation (IOF)

Você acabou de ler:

IOF adverte: saiba reconhecer os sintomas de fratura na coluna vertebral

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/iof-adverte-saiba-reconhecer-os-sintomas-de-fratura-na-coluna-vertebral/