ITF revela nova pesquisa sobre igualdade de gênero no esporte

LONDRES, 13 de abril de 2021 /PRNewswire/ -- A ITF anunciou hoje os resultados de um projeto de pesquisa global inédito que examina a igualdade de gênero nos esportes em todos os meios de comunicação e das redes sociais.

Realizada e divulgada por Ipsos MORI, a pesquisa explorou como a representação de atletas masculinos e femininos pode variar, identificando as principais diferenças por mercado e tipo de mídia, bem como quaisquer diferenças nas buscas dos consumidores entre jogadores masculinos e femininos.

O relatório constatou que a discussão e a cobertura do tênis masculino estão mais centradas no esporte, com uma forte narrativa combativa e um senso de história, competição de elite e conquistas.  Por outro lado, a discussão em torno do tênis feminino é menos intensa e relativamente mais centrada na vida fora da quadra, desde saúde e idade até a família.

Principais descobertas dos dados de Global English, França e Espanha:

  • O conteúdo sobre tênis feminino tem o dobro de probabilidade de fazer referência à idade de uma jogadora
  • O conteúdo sobre tênis masculino tem o dobro de probabilidade de fazer referência à terminologia de "Batalha"
  • O conteúdo masculino tem 70% mais probabilidade de mencionar a destreza física de um jogador
  • G.O.A.T foi mencionado 50% mais em conteúdo sobre tênis masculino do que o feminino
  • Houve 40% mais referências a "fazer história" no conteúdo sobre tênis masculino
  • O tênis feminino tem probabilidade duas vezes maior de mencionar saúde e tratamento médico
  • O conteúdo feminino tem 30% mais probabilidade de se referir à família das jogadoras
  • "Carreira" é mencionada quase 50% mais no contexto feminino do que no masculino.

O presidente da ITF, David Haggerty, declarou: "A voz é um dos principais pilares da nossa estratégia Advantage All. Para causar um impacto positivo nessa área, é vital que tenhamos uma compreensão confiável da linguagem dos meios de comunicação e das mídias sociais. Os resultados revelam que, apesar do interesse semelhante de público no tênis masculino e feminino, há uma clara diferença na narrativa que os rodeia. É importante reconhecer que esta diferença não é necessariamente sempre negativa, mas devemos evitar uma situação em que surja um enfoque diferente como resultado de preconceitos conscientes ou inconscientes, já que, em última análise, isso pode reduzir as conquistas esportivas das atletas."

Nota técnica sobre a pesquisa: 

Todos os dados recuperados do conteúdo disponível publicamente são fornecidos por meio da plataforma de escuta social Synthesio para Global English, Espanha e França. Os dados também são provenientes de provedores locais na China. Os dados recuperados em 1º de março de 2021 abrangem todos os anos civis completos de 2020 e 2019, exceto com relação à China, onde recuperamos apenas os dados de 2019. Os dados foram coletados no idioma local e em inglês para cada país e foram traduzidos para o inglês antes da análise.

O conteúdo foi recuperado com base no conteúdo que contém a menção de um atleta top-100 e faz referência ao seu esporte. A análise comparativa entre atletas do sexo masculino e feminino foi realizada em uma amostra de 25.000 publicações on-line por gênero, esporte, ano, idioma/país. A amostra representou o conjunto de dados completo em termos de divisão de canal de mídia. Todas as diferenças relativas entre jogadores masculinos e femininos são estatisticamente significativas no intervalo de confiança de 99%.

A análise de busca foi realizada utilizando o Google, em modo incógnito.

Uma visão geral mais detalhada dos resultados pode ser lida aqui.

 

 

FONTE International Tennis Federation

LONDRES, 13 de abril de 2021 /PRNewswire/ -- A ITF anunciou hoje os resultados de um projeto de pesquisa global inédito que examina a igualdade de gênero nos esportes em todos os meios de comunicação e das redes sociais.

Realizada e divulgada por Ipsos MORI, a pesquisa explorou como a representação de atletas masculinos e femininos pode variar, identificando as principais diferenças por mercado e tipo de mídia, bem como quaisquer diferenças nas buscas dos consumidores entre jogadores masculinos e femininos.

O relatório constatou que a discussão e a cobertura do tênis masculino estão mais centradas no esporte, com uma forte narrativa combativa e um senso de história, competição de elite e conquistas.  Por outro lado, a discussão em torno do tênis feminino é menos intensa e relativamente mais centrada na vida fora da quadra, desde saúde e idade até a família.

Principais descobertas dos dados de Global English, França e Espanha:

  • O conteúdo sobre tênis feminino tem o dobro de probabilidade de fazer referência à idade de uma jogadora
  • O conteúdo sobre tênis masculino tem o dobro de probabilidade de fazer referência à terminologia de "Batalha"
  • O conteúdo masculino tem 70% mais probabilidade de mencionar a destreza física de um jogador
  • G.O.A.T foi mencionado 50% mais em conteúdo sobre tênis masculino do que o feminino
  • Houve 40% mais referências a "fazer história" no conteúdo sobre tênis masculino
  • O tênis feminino tem probabilidade duas vezes maior de mencionar saúde e tratamento médico
  • O conteúdo feminino tem 30% mais probabilidade de se referir à família das jogadoras
  • "Carreira" é mencionada quase 50% mais no contexto feminino do que no masculino.

O presidente da ITF, David Haggerty, declarou: "A voz é um dos principais pilares da nossa estratégia Advantage All. Para causar um impacto positivo nessa área, é vital que tenhamos uma compreensão confiável da linguagem dos meios de comunicação e das mídias sociais. Os resultados revelam que, apesar do interesse semelhante de público no tênis masculino e feminino, há uma clara diferença na narrativa que os rodeia. É importante reconhecer que esta diferença não é necessariamente sempre negativa, mas devemos evitar uma situação em que surja um enfoque diferente como resultado de preconceitos conscientes ou inconscientes, já que, em última análise, isso pode reduzir as conquistas esportivas das atletas."

Nota técnica sobre a pesquisa: 

Todos os dados recuperados do conteúdo disponível publicamente são fornecidos por meio da plataforma de escuta social Synthesio para Global English, Espanha e França. Os dados também são provenientes de provedores locais na China. Os dados recuperados em 1º de março de 2021 abrangem todos os anos civis completos de 2020 e 2019, exceto com relação à China, onde recuperamos apenas os dados de 2019. Os dados foram coletados no idioma local e em inglês para cada país e foram traduzidos para o inglês antes da análise.

O conteúdo foi recuperado com base no conteúdo que contém a menção de um atleta top-100 e faz referência ao seu esporte. A análise comparativa entre atletas do sexo masculino e feminino foi realizada em uma amostra de 25.000 publicações on-line por gênero, esporte, ano, idioma/país. A amostra representou o conjunto de dados completo em termos de divisão de canal de mídia. Todas as diferenças relativas entre jogadores masculinos e femininos são estatisticamente significativas no intervalo de confiança de 99%.

A análise de busca foi realizada utilizando o Google, em modo incógnito.

Uma visão geral mais detalhada dos resultados pode ser lida aqui.

 

 

FONTE International Tennis Federation

Você acabou de ler:

ITF revela nova pesquisa sobre igualdade de gênero no esporte

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/itf-revela-nova-pesquisa-sobre-igualdade-de-genero-no-esporte/