Jovens árabes apoiam ações climáticas e mais da metade diz que boicotará marcas que prejudicarem o meio ambiente: 13ª pesquisa com jovens árabes da ASDA'A BCW

DUBAI, Emirados Árabes Unidos, 2 de novembro de 2021 /PRNewswire/ -- Mais da metade dos jovens árabes (56%) disseram que estão preocupados com as mudanças climáticas, e um número semelhante boicotará uma marca que parecer estar operando de uma forma que prejudique o meio ambiente. Esse sentimento urgente, que reflete as crescentes preocupações com as mudanças climáticas, as ações climáticas e o papel dos governos regionais na mitigação dos problemas climáticos entre os jovens árabes, é um resultado fundamental da 13ª pesquisa anual com jovens árabes da ASDA'A BCW.

Os jovens da região parecem estar preparados para garantir que os governos e as empresas atuem de forma responsável com relação às ações climáticas, agindo com suas carteiras. Quase dois terços (63%) dos jovens do GCC estão dispostos a boicotar uma marca que não respeite o meio ambiente, assim como mais da metade (56%) dos jovens árabes do norte da África e 51% da região do Mediterrâneo.

Esse resultado da pesquisa sobre "mudança climática" foi divulgado hoje pela ASDA'A BCW, a principal consultoria de relações públicas no Oriente Médio e norte da África, para coincidir com a COP26 (a 26ª Conferência das Partes para a Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (UNFCCC)) em Glasgow.  

Para a pesquisa, a PSB Insights, especialista em pesquisa estratégica global e análises , realizou 3.400 entrevistas presenciais com jovens árabes com idade entre 18 e 24 anos em 50 cidades e territórios em 17 estados na região do Oriente Médio e norte da África (MENA) de 6 a 30 de junho de 2021.

Sunil John, presidente, MENA, BCW e fundador da ASDA'A BCW, disse: "Em 2008, durante a pesquisa inaugural com jovens árabes, apenas 11% dos jovens entrevistados sentiram que as mudanças climáticas eram o maior desafio que o mundo enfrentava. Depois de 13 anos, as mudanças climáticas dominam a agenda dos jovens e 56% afirmam que estão preocupados com os problemas. A juventude árabe confia em uma combinação de iniciativas governamentais, avanço tecnológico e ação individual para impulsionar a ação climática. Se considerarmos a pesquisa com jovens árabes da ASDA'A BCW como um barômetro do sentimento, parece que a aspiração dos jovens árabes é incentivar governos e empresas a adotar uma forte postura com relação à sustentabilidade."

Mais de dois quintos (43%) dos entrevistados acreditam que os governos árabes devem fazer mais do que outros países para enfrentar as mudanças climáticas e assumir uma posição de liderança no cenário mundial. A maioria dos jovens do GCC acredita fortemente que seu governo é capaz de promover medidas eficazes de mitigação das mudanças climáticas.  

Para mais detalhes: arabyouthsurvey.com

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1675662/ASDAA_BCW_Arab_Youth_Survey.jpg

FONTE ASDA’A BCW Arab Youth Survey

DUBAI, Emirados Árabes Unidos, 2 de novembro de 2021 /PRNewswire/ -- Mais da metade dos jovens árabes (56%) disseram que estão preocupados com as mudanças climáticas, e um número semelhante boicotará uma marca que parecer estar operando de uma forma que prejudique o meio ambiente. Esse sentimento urgente, que reflete as crescentes preocupações com as mudanças climáticas, as ações climáticas e o papel dos governos regionais na mitigação dos problemas climáticos entre os jovens árabes, é um resultado fundamental da 13ª pesquisa anual com jovens árabes da ASDA'A BCW.

Os jovens da região parecem estar preparados para garantir que os governos e as empresas atuem de forma responsável com relação às ações climáticas, agindo com suas carteiras. Quase dois terços (63%) dos jovens do GCC estão dispostos a boicotar uma marca que não respeite o meio ambiente, assim como mais da metade (56%) dos jovens árabes do norte da África e 51% da região do Mediterrâneo.

Esse resultado da pesquisa sobre "mudança climática" foi divulgado hoje pela ASDA'A BCW, a principal consultoria de relações públicas no Oriente Médio e norte da África, para coincidir com a COP26 (a 26ª Conferência das Partes para a Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (UNFCCC)) em Glasgow.  

Para a pesquisa, a PSB Insights, especialista em pesquisa estratégica global e análises , realizou 3.400 entrevistas presenciais com jovens árabes com idade entre 18 e 24 anos em 50 cidades e territórios em 17 estados na região do Oriente Médio e norte da África (MENA) de 6 a 30 de junho de 2021.

Sunil John, presidente, MENA, BCW e fundador da ASDA'A BCW, disse: "Em 2008, durante a pesquisa inaugural com jovens árabes, apenas 11% dos jovens entrevistados sentiram que as mudanças climáticas eram o maior desafio que o mundo enfrentava. Depois de 13 anos, as mudanças climáticas dominam a agenda dos jovens e 56% afirmam que estão preocupados com os problemas. A juventude árabe confia em uma combinação de iniciativas governamentais, avanço tecnológico e ação individual para impulsionar a ação climática. Se considerarmos a pesquisa com jovens árabes da ASDA'A BCW como um barômetro do sentimento, parece que a aspiração dos jovens árabes é incentivar governos e empresas a adotar uma forte postura com relação à sustentabilidade."

Mais de dois quintos (43%) dos entrevistados acreditam que os governos árabes devem fazer mais do que outros países para enfrentar as mudanças climáticas e assumir uma posição de liderança no cenário mundial. A maioria dos jovens do GCC acredita fortemente que seu governo é capaz de promover medidas eficazes de mitigação das mudanças climáticas.  

Para mais detalhes: arabyouthsurvey.com

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1675662/ASDAA_BCW_Arab_Youth_Survey.jpg

FONTE ASDA’A BCW Arab Youth Survey

Você acabou de ler:

Jovens árabes apoiam ações climáticas e mais da metade diz que boicotará marcas que prejudicarem o meio ambiente: 13ª pesquisa com jovens árabes da ASDA'A BCW

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/jovens-arabes-apoiam-acoes-climaticas-e-mais-da-metade-diz-que-boicotara-marcas-que-prejudicarem-o-meio-ambiente-13a-pesquisa-com-jovens-arabes-da-asdaa-bcw/