Junior Gomes, compositor cearense, vira referência nacional na música sertaneja

Compositor do sertão sai da pobreza e vira referência nacional na música sertaneja

SALVADOR, Brasil, 27 de junho de 2019 /PRNewswire/ -- Do sertão de Quixeramobim, surge um dos nomes mais solicitados para compor no meio sertanejo. Desconhecido para o público em geral, mas com as estrofes de canções, transformou-se num dos compositores mais conhecidos do país. Aos 28 anos, Júnior Gomes venceu a pobreza e assina os hits mais ouvidos do Brasil.



Há dois anos morando em Goiânia, Júnior atua como compositor para os principais nomes da música sertaneja. O forró foi a porta de entrada para o mundo da música. "Eu já tinha gravado mais de 100 letras no forró. Apesar de eu ter nascido no interior, eu sempre pensei grande".



"Em Fortaleza, eu gravei com 100% das bandas. Aviões, Wesley Safadão, Zé Neto e Cristiano, Henrique e Juliano, Enzo Rabelo, Gusttavo Lima, Marilia Mendonça, Solteirões e Gabriel Diniz foram alguns. Meu primeiro sucesso no Nordeste foi 'Levanta a Mão Pro Céu', em seguida teve 'FDS'. O sertanejo veio depois". Júnior conta que chegou em momento da carreira que decidiu se adaptar a novos estilos e ritmos musicais, engatando ainda mais sua carreira.



"A decisão de me mudar para Goiânia, não tomei sozinho. Trabalho em equipe com outros compositores. Em uma dessas viagens para Goiânia, me questionei por que não morar lá? Já estávamos em uma logística de viajar toda semana. Estava ficando longe da minha família, filho e esposa e então resolvi ir embora. Foi uma das melhores decisões que tomei na minha vida". 



Na capital do sertanejo, a rotina de Júnior é entre nomes conhecidos da música. "O que sinto muito dos cantores sertanejos é a reciprocidade pelos compositores. Por isso que o gênero sertanejo eu considero como música popular brasileira. Eles conseguem ficar próximo de quem produz. 



Com a facilidade de estar na capital do sertanejo, Júnior deslanchou sua carreira com diversos hits de sucesso, gravados pelos maiores músicos do país, "Ar condicionado no 15" de Wesley Safadão, "Notificação preferida" de Zé Neto e Cristiano, "Quem pegou pegou" de Henrique e Juliano, "Tijolinho por tijolinho" de Enzo Rabelo, "Zé da recaída" de Gusttavo Lima "Todo mundo vai sofrer" de Marília Mendonça  e "Igual ela só uma" de Wesley Safadão.

Contato: Bruno Carvalho

Telefone: + 55 71 99287-6050

E-mail: contato@brunocarvalhooficial.com.br  

FONTE Junior Gomes

Compositor do sertão sai da pobreza e vira referência nacional na música sertaneja

SALVADOR, Brasil, 27 de junho de 2019 /PRNewswire/ -- Do sertão de Quixeramobim, surge um dos nomes mais solicitados para compor no meio sertanejo. Desconhecido para o público em geral, mas com as estrofes de canções, transformou-se num dos compositores mais conhecidos do país. Aos 28 anos, Júnior Gomes venceu a pobreza e assina os hits mais ouvidos do Brasil.



Há dois anos morando em Goiânia, Júnior atua como compositor para os principais nomes da música sertaneja. O forró foi a porta de entrada para o mundo da música. "Eu já tinha gravado mais de 100 letras no forró. Apesar de eu ter nascido no interior, eu sempre pensei grande".



"Em Fortaleza, eu gravei com 100% das bandas. Aviões, Wesley Safadão, Zé Neto e Cristiano, Henrique e Juliano, Enzo Rabelo, Gusttavo Lima, Marilia Mendonça, Solteirões e Gabriel Diniz foram alguns. Meu primeiro sucesso no Nordeste foi 'Levanta a Mão Pro Céu', em seguida teve 'FDS'. O sertanejo veio depois". Júnior conta que chegou em momento da carreira que decidiu se adaptar a novos estilos e ritmos musicais, engatando ainda mais sua carreira.



"A decisão de me mudar para Goiânia, não tomei sozinho. Trabalho em equipe com outros compositores. Em uma dessas viagens para Goiânia, me questionei por que não morar lá? Já estávamos em uma logística de viajar toda semana. Estava ficando longe da minha família, filho e esposa e então resolvi ir embora. Foi uma das melhores decisões que tomei na minha vida". 



Na capital do sertanejo, a rotina de Júnior é entre nomes conhecidos da música. "O que sinto muito dos cantores sertanejos é a reciprocidade pelos compositores. Por isso que o gênero sertanejo eu considero como música popular brasileira. Eles conseguem ficar próximo de quem produz. 



Com a facilidade de estar na capital do sertanejo, Júnior deslanchou sua carreira com diversos hits de sucesso, gravados pelos maiores músicos do país, "Ar condicionado no 15" de Wesley Safadão, "Notificação preferida" de Zé Neto e Cristiano, "Quem pegou pegou" de Henrique e Juliano, "Tijolinho por tijolinho" de Enzo Rabelo, "Zé da recaída" de Gusttavo Lima "Todo mundo vai sofrer" de Marília Mendonça  e "Igual ela só uma" de Wesley Safadão.

Contato: Bruno Carvalho

Telefone: + 55 71 99287-6050

E-mail: contato@brunocarvalhooficial.com.br  

FONTE Junior Gomes

Você acabou de ler:

Junior Gomes, compositor cearense, vira referência nacional na música sertaneja

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/junior-gomes-compositor-cearense-vira-referencia-nacional-na-musica-sertaneja/