Laboratório em contêineres para testes de COVID-19 da MGI é testado, protegendo o Campeonato Mundial de Patinação Artística

ESTOCOLMO, 15 de abril de 2021 /PRNewswire/ -- No final de março, o Campeonato Mundial de Patinação Artística organizado pela ISU (União Internacional de Patinação), um evento para qualificação olímpica com duração de uma semana, foi realizado em Estocolmo, Suécia. Os melhores atletas da patinação artística do mundo viajaram para a Suécia para competir pelo título de campeões mundiais. Este foi o maior evento esportivo do país desde o começo da pandemia da COVID-19 no início de 2020.

Os riscos ainda eram altos para um evento esportivo internacional, já que o número de casos e mortes continuava em rápida ascensão em muitas regiões do país. A autoridade nacional adotou medidas extras para gerenciar a maior multidão reunida desde o começo da pandemia. O inovador laboratório em contêineres da MGI, uma solução móvel para aplicar testes de COVID-19, especificamente projetada para a realização rápida de testes em massa, foi posto à "prova", oferecendo testes de COVID-19 para todos os participantes presentes no Campeonato. Todos os viajantes, incluindo atletas e seus membros da equipe, precisavam apresentar um teste de COVID-19 com resultado negativo feito no máximo 48 horas antes de viajar para Estocolmo e realizar um teste adicional após a chegada. Três casos positivos foram identificados durante uma rodada de testes no local competição.

De acordo com a Medical, prestador oficial do serviço de testagem, 10 (dez) pessoas trabalhavam 24 horas por dia no local para realizar os testes. Estimou-se que cerca de 2.500 testes seriam realizados durante o evento que teve duração de uma semana e meia.

O laboratório móvel, construído em um contêiner marítimo de 12 metros, é composto por três cabines principais, incluindo área de armazenamento de reagente, preparação de amostras e testes. O laboratório de última geração com nível 2 de biossegurança é capaz de processar 3.000 amostras de pacientes por dia. O sistema de automação, incluindo digitalização de amostras, transferência e extração de RNA viral, elimina o risco de infecção de técnicos de laboratório durante o processo. O sistema fácil de usar exige apenas três técnicos para gerenciar todo o fluxo de trabalho, enquanto um laboratório de análises tradicional precisaria de uma dúzia de técnicos para processar o mesmo número de amostras.

A solução de laboratório modular é particularmente útil para a aplicação de testes em massa, como em aeroportos, portos e estações de trem, onde grandes volumes de viajantes precisam ser testados para a COVID-19. Christian Lund, coordenador de projetos da Medical, disse: "Geralmente, os resultados estão disponíveis em 48 horas, mas graças a este sistema, podemos prometer aos nossos clientes entregar resultados em 4,5 horas."

A resposta rápida permite que a autoridade de saúde gerencie as multidões de forma segura e eficiente. O sistema de laboratório de contêineres da Suécia, fornecido pela MGI Latvia, base europeia de pesquisa e desenvolvimento da MGI, foi entregue em Estocolmo no final de janeiro.

A MGI  (MGI Tech Co., Ltd.), membro do BGI Group, está empenhada em disponibilizar soluções de saúde eficazes e acessíveis para todos. Com base em sua tecnologia proprietária, a MGI produz dispositivos de sequenciamento, equipamentos, consumíveis e reagentes para apoiar a pesquisa, a medicina e os cuidados da saúde. As plataformas multiômicas da MGI incluem reagentes, imagens médicas, automação laboratorial e sequenciamento genético. A missão da MGI é desenvolver e promover ferramentas avançadas de ciências da vida para futuros cuidados da saúde. Para mais informações, acesse o site da MGI ou conecte-se no Twitter ou Linkedin.

 

 

FONTE MGI Tech Co., Ltd.

ESTOCOLMO, 15 de abril de 2021 /PRNewswire/ -- No final de março, o Campeonato Mundial de Patinação Artística organizado pela ISU (União Internacional de Patinação), um evento para qualificação olímpica com duração de uma semana, foi realizado em Estocolmo, Suécia. Os melhores atletas da patinação artística do mundo viajaram para a Suécia para competir pelo título de campeões mundiais. Este foi o maior evento esportivo do país desde o começo da pandemia da COVID-19 no início de 2020.

Os riscos ainda eram altos para um evento esportivo internacional, já que o número de casos e mortes continuava em rápida ascensão em muitas regiões do país. A autoridade nacional adotou medidas extras para gerenciar a maior multidão reunida desde o começo da pandemia. O inovador laboratório em contêineres da MGI, uma solução móvel para aplicar testes de COVID-19, especificamente projetada para a realização rápida de testes em massa, foi posto à "prova", oferecendo testes de COVID-19 para todos os participantes presentes no Campeonato. Todos os viajantes, incluindo atletas e seus membros da equipe, precisavam apresentar um teste de COVID-19 com resultado negativo feito no máximo 48 horas antes de viajar para Estocolmo e realizar um teste adicional após a chegada. Três casos positivos foram identificados durante uma rodada de testes no local competição.

De acordo com a Medical, prestador oficial do serviço de testagem, 10 (dez) pessoas trabalhavam 24 horas por dia no local para realizar os testes. Estimou-se que cerca de 2.500 testes seriam realizados durante o evento que teve duração de uma semana e meia.

O laboratório móvel, construído em um contêiner marítimo de 12 metros, é composto por três cabines principais, incluindo área de armazenamento de reagente, preparação de amostras e testes. O laboratório de última geração com nível 2 de biossegurança é capaz de processar 3.000 amostras de pacientes por dia. O sistema de automação, incluindo digitalização de amostras, transferência e extração de RNA viral, elimina o risco de infecção de técnicos de laboratório durante o processo. O sistema fácil de usar exige apenas três técnicos para gerenciar todo o fluxo de trabalho, enquanto um laboratório de análises tradicional precisaria de uma dúzia de técnicos para processar o mesmo número de amostras.

A solução de laboratório modular é particularmente útil para a aplicação de testes em massa, como em aeroportos, portos e estações de trem, onde grandes volumes de viajantes precisam ser testados para a COVID-19. Christian Lund, coordenador de projetos da Medical, disse: "Geralmente, os resultados estão disponíveis em 48 horas, mas graças a este sistema, podemos prometer aos nossos clientes entregar resultados em 4,5 horas."

A resposta rápida permite que a autoridade de saúde gerencie as multidões de forma segura e eficiente. O sistema de laboratório de contêineres da Suécia, fornecido pela MGI Latvia, base europeia de pesquisa e desenvolvimento da MGI, foi entregue em Estocolmo no final de janeiro.

A MGI  (MGI Tech Co., Ltd.), membro do BGI Group, está empenhada em disponibilizar soluções de saúde eficazes e acessíveis para todos. Com base em sua tecnologia proprietária, a MGI produz dispositivos de sequenciamento, equipamentos, consumíveis e reagentes para apoiar a pesquisa, a medicina e os cuidados da saúde. As plataformas multiômicas da MGI incluem reagentes, imagens médicas, automação laboratorial e sequenciamento genético. A missão da MGI é desenvolver e promover ferramentas avançadas de ciências da vida para futuros cuidados da saúde. Para mais informações, acesse o site da MGI ou conecte-se no Twitter ou Linkedin.

 

 

FONTE MGI Tech Co., Ltd.

Você acabou de ler:

Laboratório em contêineres para testes de COVID-19 da MGI é testado, protegendo o Campeonato Mundial de Patinação Artística

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/laboratorio-em-conteineres-para-testes-de-covid-19-da-mgi-e-testado-protegendo-o-campeonato-mundial-de-patinacao-artistica/