LAFIS: Com pouco espaço para corte, Banco Central opta pela redução mínima da Selic

SÃO PAULO, 6 de agosto de 2020 /PRNewswire/ -- A direção do Copom, em sua última reunião ocorrida nos dias de 05 e 06 de agosto, decidiu por unanimidade reduzir a taxa Selic de 2,25% para 2,00% a.a. Esta decisão jogou ainda mais para baixo a taxa Selic, que já havia alcançado sua cotação histórica mínima na última reunião.

Evolução da taxa SELIC (final do mês)

Mesmo com a observância de um nível inflacionário muito abaixo da meta prevista, a intensidade do corte feito pelo Copom foi mínima em virtude do comitê ter reconhecido que a politica monetária talvez  tenha atingido seu limite em virtude do balanço risco x rentabilidade dos títulos oferecidos.

O Copom entende que a conjuntura econômica continua a prescrever estímulo monetário extraordinariamente elevado, mas reconhece que, devido a questões prudenciais e de estabilidade financeira, o espaço remanescente para utilização da política monetária, se houver, deve ser pequeno. Comunicado à imprensa – 06/08/2020

O que faz a Lafis a projetar que a taxa Selic permaneça em 2,00% até meados de 2021, quando a partir daí recomece uma trajetória de elevação gradual para corrigir o baixo patamar atual à um nível mais condizente ao patamar normal que torne simétrico o balanço risco x rentabilidade dos títulos públicos brasileiros.

Economista Responsável: Felipe Souza.

Para mais informações: atendimento@lafis.com.br 

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1225276/Chart.jpg

FONTE Lafis

SÃO PAULO, 6 de agosto de 2020 /PRNewswire/ -- A direção do Copom, em sua última reunião ocorrida nos dias de 05 e 06 de agosto, decidiu por unanimidade reduzir a taxa Selic de 2,25% para 2,00% a.a. Esta decisão jogou ainda mais para baixo a taxa Selic, que já havia alcançado sua cotação histórica mínima na última reunião.

Evolução da taxa SELIC (final do mês)

Mesmo com a observância de um nível inflacionário muito abaixo da meta prevista, a intensidade do corte feito pelo Copom foi mínima em virtude do comitê ter reconhecido que a politica monetária talvez  tenha atingido seu limite em virtude do balanço risco x rentabilidade dos títulos oferecidos.

O Copom entende que a conjuntura econômica continua a prescrever estímulo monetário extraordinariamente elevado, mas reconhece que, devido a questões prudenciais e de estabilidade financeira, o espaço remanescente para utilização da política monetária, se houver, deve ser pequeno. Comunicado à imprensa – 06/08/2020

O que faz a Lafis a projetar que a taxa Selic permaneça em 2,00% até meados de 2021, quando a partir daí recomece uma trajetória de elevação gradual para corrigir o baixo patamar atual à um nível mais condizente ao patamar normal que torne simétrico o balanço risco x rentabilidade dos títulos públicos brasileiros.

Economista Responsável: Felipe Souza.

Para mais informações: atendimento@lafis.com.br 

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1225276/Chart.jpg

FONTE Lafis

Você acabou de ler:

LAFIS: Com pouco espaço para corte, Banco Central opta pela redução mínima da Selic

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/lafis-com-pouco-espaco-para-corte-banco-central-opta-pela-reducao-minima-da-selic/