LAFIS: Produção Industrial apresenta crescimento de 0,2% em Outubro

SÃO PAULO, 4 de dezembro de 2018 /PRNewswire/ -- De acordo com a divulgação da Pesquisa Industrial Mensal (PIM) elaborada pelo IBGE e anunciada hoje, 04/12, a produção industrial apresentou crescimento de 0,2% entre outubro e setembro, após três meses de queda consecutiva, que acumulou recuo de 2,7% na atividade industrial.

As principais atividades que influenciaram positivamente o resultado da produção industrial no mês foram: indústrias extrativas (3,1%), máquinas e equipamentos (8,8%), veículos automotores, reboques e carrocerias (3,0%) e bebidas (8,6%). Todas haviam apresentado resultados negativos em setembro.

Na comparação sem ajuste, ou seja, em relação a outubro de 2017, a produção industrial também apresentou crescimento geral, com um avanço de 1,1%, e em todas as categorias econômicas, com exceção de bens intermediários (-0,3%).

No acumulado do ano, com os resultados até outubro, a produção industrial ainda apresenta um crescimento de 1,8% em relação ao mesmo período de 2017, ancorada, principalmente, na alta da produção de bens de consumo duráveis, com um crescimento de 15,8% na produção de veículos automotores. Além disso, vale destacar o crescimento da metalurgia (5,2%), celulose, papel e produtos de papel (6,0%), e de máquinas e equipamentos (4,5%), com o aumento da produção de máquinas agrícolas.

Por fim, é possível afirmar que o crescimento da indústria nacional ainda se mantém, mas em um ritmo cada vez menor, impactado pela desaceleração das exportações do País, as oscilações cambiais, e a cautela dos investidores e consumidores, embora a confiança na economia esteja se restabelecendo passada as eleições presidenciais. Nesse sentido, a Lafis estima, para 2018, um crescimento de 1,8% do PIB da Indústria (com Construção).

Especialista Responsável: Laís Soares.

Mais Informações:

Lafis Consultoria – www.lafis.com.br

Stefany Alencarstefany.alencar@lafis.com.br

(11) 3257-2952

FONTE Lafis

SÃO PAULO, 4 de dezembro de 2018 /PRNewswire/ -- De acordo com a divulgação da Pesquisa Industrial Mensal (PIM) elaborada pelo IBGE e anunciada hoje, 04/12, a produção industrial apresentou crescimento de 0,2% entre outubro e setembro, após três meses de queda consecutiva, que acumulou recuo de 2,7% na atividade industrial.

As principais atividades que influenciaram positivamente o resultado da produção industrial no mês foram: indústrias extrativas (3,1%), máquinas e equipamentos (8,8%), veículos automotores, reboques e carrocerias (3,0%) e bebidas (8,6%). Todas haviam apresentado resultados negativos em setembro.

Na comparação sem ajuste, ou seja, em relação a outubro de 2017, a produção industrial também apresentou crescimento geral, com um avanço de 1,1%, e em todas as categorias econômicas, com exceção de bens intermediários (-0,3%).

No acumulado do ano, com os resultados até outubro, a produção industrial ainda apresenta um crescimento de 1,8% em relação ao mesmo período de 2017, ancorada, principalmente, na alta da produção de bens de consumo duráveis, com um crescimento de 15,8% na produção de veículos automotores. Além disso, vale destacar o crescimento da metalurgia (5,2%), celulose, papel e produtos de papel (6,0%), e de máquinas e equipamentos (4,5%), com o aumento da produção de máquinas agrícolas.

Por fim, é possível afirmar que o crescimento da indústria nacional ainda se mantém, mas em um ritmo cada vez menor, impactado pela desaceleração das exportações do País, as oscilações cambiais, e a cautela dos investidores e consumidores, embora a confiança na economia esteja se restabelecendo passada as eleições presidenciais. Nesse sentido, a Lafis estima, para 2018, um crescimento de 1,8% do PIB da Indústria (com Construção).

Especialista Responsável: Laís Soares.

Mais Informações:

Lafis Consultoria – www.lafis.com.br

Stefany Alencarstefany.alencar@lafis.com.br

(11) 3257-2952

FONTE Lafis