Laser inova o tratamento de doenças ginecológicas e o rejuvenescimento vaginal

Dra. Ana Carolina Lucio Pereira fala sobre a novidade que trata de doenças e ressecamento vaginal

SÃO PAULO, 11 de dezembro de 2019 /PRNewswire/ -- Um revolucionário tratamento contra diferentes doenças ginecológicas e o melhoramento da estética da região promete melhorar a vida de milhares de mulheres. "O aparelho é utilizado na parte externa e interna do órgão genital feminino, no tratamento de doenças causadas pelo HPV, como candidíase e herpes. O laser apresentou excelentes resultados na parte estética, no rejuvenescimento vaginal, escurecimento, redução dos pequenos lábios, renovação tecidual e flacidez da pele, pois estimula a produção de colágeno", explica a Dra. Ana Carolina Lucio Pereira.

O laser, testado em estudos médicos no Brasil e no exterior, substitui os procedimentos cirúrgicos. Também pode ser utilizado em mulheres que fizeram quimioterapia para tratamento contra o câncer e sofrem com incontinência urinária e infecções urinárias. "É indicado para todas as mulheres que estão com carência hormonal e com os efeitos colaterais do tratamento contra o câncer, inclusive para as mulheres com contraindicação a tratamentos hormonais, por ser um tratamento local e sem intervenção medicamentosa", afirma a doutora Ana Carolina.

O laser, semelhante ao ultrassom transvaginal, possui dois tipos de ponteira, um utilizado na área externa e outro na área interna. Sua ponteira lança o raio laser em 360° atuando assim em toda a parede do canal vaginal e com uma opção para atuar em casos de incontinência urinária.

A técnica, que não é dolorosa, precisa ser realizada por profissionais da área ginecológica, com 10 dias de abstinência sexual para cicatrização da área. Apresenta os primeiros resultados em 30 dias, com duração de um ano.

Sobre:

Dra. Ana Carolina Lucio Pereira é Ginecologista, Obstetra e Cirurgiã. Atua principalmente na prevenção e tratamento de doenças gineco-obstétricas com foco em qualidade de vida, medicina interativa e gestação de alto risco. Membro da Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia - SP, FEBRASGO, com título TEGO 31/09 em Ginecologia, formada pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro, UFTM, com atualizações em Advanced Live Support-Obstetrics, em ALSO, nos Estados Unidos, além de especialista em Medicina do Tráfego pela Santa Casa de São Paulo. Atua em clínica própria em São José dos Campos, São Paulo.

Site: https://www.clinicafadasaude.com.br Instagram: @draanacarolina_clinicafada

FONTE Dra. Ana Carolina Lucio Pereira

Dra. Ana Carolina Lucio Pereira fala sobre a novidade que trata de doenças e ressecamento vaginal

SÃO PAULO, 11 de dezembro de 2019 /PRNewswire/ -- Um revolucionário tratamento contra diferentes doenças ginecológicas e o melhoramento da estética da região promete melhorar a vida de milhares de mulheres. "O aparelho é utilizado na parte externa e interna do órgão genital feminino, no tratamento de doenças causadas pelo HPV, como candidíase e herpes. O laser apresentou excelentes resultados na parte estética, no rejuvenescimento vaginal, escurecimento, redução dos pequenos lábios, renovação tecidual e flacidez da pele, pois estimula a produção de colágeno", explica a Dra. Ana Carolina Lucio Pereira.

O laser, testado em estudos médicos no Brasil e no exterior, substitui os procedimentos cirúrgicos. Também pode ser utilizado em mulheres que fizeram quimioterapia para tratamento contra o câncer e sofrem com incontinência urinária e infecções urinárias. "É indicado para todas as mulheres que estão com carência hormonal e com os efeitos colaterais do tratamento contra o câncer, inclusive para as mulheres com contraindicação a tratamentos hormonais, por ser um tratamento local e sem intervenção medicamentosa", afirma a doutora Ana Carolina.

O laser, semelhante ao ultrassom transvaginal, possui dois tipos de ponteira, um utilizado na área externa e outro na área interna. Sua ponteira lança o raio laser em 360° atuando assim em toda a parede do canal vaginal e com uma opção para atuar em casos de incontinência urinária.

A técnica, que não é dolorosa, precisa ser realizada por profissionais da área ginecológica, com 10 dias de abstinência sexual para cicatrização da área. Apresenta os primeiros resultados em 30 dias, com duração de um ano.

Sobre:

Dra. Ana Carolina Lucio Pereira é Ginecologista, Obstetra e Cirurgiã. Atua principalmente na prevenção e tratamento de doenças gineco-obstétricas com foco em qualidade de vida, medicina interativa e gestação de alto risco. Membro da Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia - SP, FEBRASGO, com título TEGO 31/09 em Ginecologia, formada pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro, UFTM, com atualizações em Advanced Live Support-Obstetrics, em ALSO, nos Estados Unidos, além de especialista em Medicina do Tráfego pela Santa Casa de São Paulo. Atua em clínica própria em São José dos Campos, São Paulo.

Site: https://www.clinicafadasaude.com.br Instagram: @draanacarolina_clinicafada

FONTE Dra. Ana Carolina Lucio Pereira

Você acabou de ler:

Laser inova o tratamento de doenças ginecológicas e o rejuvenescimento vaginal

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/laser-inova-o-tratamento-de-doencas-ginecologicas-e-o-rejuvenescimento-vaginal/