LIDE Next debate desafios tecnológicos e regulamentação da blockchain

Especialistas debatem blockchain no LIDE Next, tecnologia que reduz tempo, remove custos, mitiga riscos e gera novos modelos de negócios

SÃO PAULO, 27 de novembro de 2018 /PRNewswire/ -- O LIDE – Grupo de Líderes Empresariais promoveu nesta terça-feira, 27 de novembro, no Museu da Imagem e Som (MIS), em São Paulo, mais uma edição do LIDE NEXT, dedicado ao tema "Blockchain". O evento teve como anfitriões Leonardo Framil, presidente do LIDE Tecnologia e da Accenture e Gustavo Ene, CEO do LIDE. A blockchain é uma tecnologia de registro distribuída que visa a descentralização como medida de segurança. São bases de registros e dados distribuídos e compartilhados que têm a função de criar um índice global para todas as transações que ocorrem em um determinado mercado. A tecnologia surgiu em 2008 para permitir que o bitcoin fosse criado. Na criptomoeda, a blockchain pode ser entendida como o conjunto de regras que possibilitam seu funcionamento.

No primeiro painel, o professor Gil Giardelli e cofundador da 5ERA apresentou 50 cases ao redor do mundo, como a Estônia, país que está fazendo seu censo com base na leitura do par de cromossomos de seus habitantes, por meio da tecnologia. "Nossa fronteira global está acabando. O que vai restar àqueles países que não se prepararam para os desafios trazidos por tecnologias como a blockchain? O Brasil, por exemplo, tem um PIB intelectual que não está percebendo as mudanças", alertou. De acordo com Percival Lucena, pesquisador científico da IBM, a blockchain reduz o tempo, remove custos, mitiga riscos e gera novos modelos de negócios. "Atualmente, uma rede de blockchain pode rastrear toda a cadeia produtiva e de comercialização de soja, por exemplo", explicou.

No segundo painel, palestraram Fernando de Magalhães Furlan, presidente da Associação Brasileira de Criptomoedas e Blockchain (ABCB), e Hélio Ferreira Moraes, da Pinhão e Koiffman Advogados. "Não precisamos ter pressa, pois não podemos travar neste momento a tecnologia. Estamos no timing das discussões", afirmou Moraes. Furlan, porém, fez um alerta: "Se a regulamentação que vier for tão forte, ao ponto de exigir investimentos de adequação pelas startups, ela poderá ser inviabilizada".

No último painel, Gustavo Paro, diretor Latam da R3, apresentou a plataforma Corda, criada pela própria R3, uma maneira diferente de fazer blockchain, para garantir a privacidade das transações. Já George Marcel Smetana, consultor de Pesquisa e Inovação do Bradesco, elencou pontos a serem considerados antes da escolha de uso da blockchain para transações financeiras. "Essa tecnologia não é a solução de todos os problemas. Há situações em que seu uso não faz sentido, outras em que pode ser uma solução e momentos em que é a melhor saída possível."

Esta edição do LIDE Next teve patrocínio de INOVABRA, CARREFOUR e PINHÃO E KOIFFMAN ADVOGADOS. Os fornecedores oficiais foram CDN COMUNICAÇÃO, ECCAPLAN, PROGRAMASOM e RCE DIGITAL. E os mídia partners, NOVA BRASIL FM, PRNEWSWIRE, RÁDIO BANDEIRANTES, RÁDIO BAND NEWS, REVISTA LIDE e STARTSE.

Contato: Larissa Ocampos

Tel: (11) 3643-2706 – larissa.ocampos@cdn.com.br  

FONTE LIDE

Especialistas debatem blockchain no LIDE Next, tecnologia que reduz tempo, remove custos, mitiga riscos e gera novos modelos de negócios

SÃO PAULO, 27 de novembro de 2018 /PRNewswire/ -- O LIDE – Grupo de Líderes Empresariais promoveu nesta terça-feira, 27 de novembro, no Museu da Imagem e Som (MIS), em São Paulo, mais uma edição do LIDE NEXT, dedicado ao tema "Blockchain". O evento teve como anfitriões Leonardo Framil, presidente do LIDE Tecnologia e da Accenture e Gustavo Ene, CEO do LIDE. A blockchain é uma tecnologia de registro distribuída que visa a descentralização como medida de segurança. São bases de registros e dados distribuídos e compartilhados que têm a função de criar um índice global para todas as transações que ocorrem em um determinado mercado. A tecnologia surgiu em 2008 para permitir que o bitcoin fosse criado. Na criptomoeda, a blockchain pode ser entendida como o conjunto de regras que possibilitam seu funcionamento.

No primeiro painel, o professor Gil Giardelli e cofundador da 5ERA apresentou 50 cases ao redor do mundo, como a Estônia, país que está fazendo seu censo com base na leitura do par de cromossomos de seus habitantes, por meio da tecnologia. "Nossa fronteira global está acabando. O que vai restar àqueles países que não se prepararam para os desafios trazidos por tecnologias como a blockchain? O Brasil, por exemplo, tem um PIB intelectual que não está percebendo as mudanças", alertou. De acordo com Percival Lucena, pesquisador científico da IBM, a blockchain reduz o tempo, remove custos, mitiga riscos e gera novos modelos de negócios. "Atualmente, uma rede de blockchain pode rastrear toda a cadeia produtiva e de comercialização de soja, por exemplo", explicou.

No segundo painel, palestraram Fernando de Magalhães Furlan, presidente da Associação Brasileira de Criptomoedas e Blockchain (ABCB), e Hélio Ferreira Moraes, da Pinhão e Koiffman Advogados. "Não precisamos ter pressa, pois não podemos travar neste momento a tecnologia. Estamos no timing das discussões", afirmou Moraes. Furlan, porém, fez um alerta: "Se a regulamentação que vier for tão forte, ao ponto de exigir investimentos de adequação pelas startups, ela poderá ser inviabilizada".

No último painel, Gustavo Paro, diretor Latam da R3, apresentou a plataforma Corda, criada pela própria R3, uma maneira diferente de fazer blockchain, para garantir a privacidade das transações. Já George Marcel Smetana, consultor de Pesquisa e Inovação do Bradesco, elencou pontos a serem considerados antes da escolha de uso da blockchain para transações financeiras. "Essa tecnologia não é a solução de todos os problemas. Há situações em que seu uso não faz sentido, outras em que pode ser uma solução e momentos em que é a melhor saída possível."

Esta edição do LIDE Next teve patrocínio de INOVABRA, CARREFOUR e PINHÃO E KOIFFMAN ADVOGADOS. Os fornecedores oficiais foram CDN COMUNICAÇÃO, ECCAPLAN, PROGRAMASOM e RCE DIGITAL. E os mídia partners, NOVA BRASIL FM, PRNEWSWIRE, RÁDIO BANDEIRANTES, RÁDIO BAND NEWS, REVISTA LIDE e STARTSE.

Contato: Larissa Ocampos

Tel: (11) 3643-2706 – larissa.ocampos@cdn.com.br  

FONTE LIDE