Livros antigos inspiram padres a voltar a produzir cerveja na abadia na nova microcervejaria da cerveja Grimbergen

- Nova microcervejaria planejada para a Abadia de Grimbergen, conhecida por séculos de produção de cerveja

- Livros antigos servirão de inspiração para as novas cervejas da microcervejaria

- Padre Karel se tornará o primeiro padre a combinar o aprendizado formal de produção de cerveja com gerações de conhecimento da abadia sobre como fazer cerveja

GRIMBERGEN, Bélgica, 22 de maio de 2019 /PRNewswire/ -- A Grimbergen, conhecida por suas cervejas belgas premiadas e saborosas, anunciou que recebeu as licenças necessárias para construir uma nova microcervejaria dentro das paredes da Abadia de Grimbergen, perto de Bruxelas. A microcervejaria trará a cerveja de volta para seu local de criação e combinará métodos tradicionais de produção de cerveja de livros antigos da biblioteca da abadia com técnicas modernas e inovadoras para produzir lotes de edição limitada de cervejas de qualidade superior.

Os livros medievais estão na imensa biblioteca da abadia há séculos e, recentemente, os padres mergulharam nas suas páginas para descobrir técnicas de produção de cerveja que até agora estavam perdidas na história. A Grimbergen planeja utilizar estas informações na sua microcervejaria para criar cervejas únicas e excepcionais com sabores nunca antes conhecidos.

Os livros datam do século XII e as suas páginas revelam detalhes fascinantes sobre como as cervejas Grimbergen eram produzidas no passado. A coleção sobreviveu aos três incêndios que destruíram a abadia. O terceiro incêndio foi em 1798 durante a Revolução Francesa e ameaçou destruir completamente a coleção, mas os livros foram salvos graças à incrível coragem e engenhosidade dos padres da Abadia de Grimbergen. Eles fizeram um buraco na parede da biblioteca e secretamente removeram cerca de 300 livros antes que a abadia fosse incendiada e destruída pela terceira vez.

Os padres de Grimbergen também desempenharam um papel fundamental em tornar realidade a ideia de trazer a produção de cerveja de volta para seu local de criação. Eles escolheram o Padre Karel Stautemas como subprior da abadia, para cuidar da microcervejaria. Ele assumirá um papel a mais em sua vida cotidiana e fará um aprendizado formal em produção de cerveja. Isso lhe permitirá combinar os séculos de tradição de produção de cerveja na abadia com técnicas modernas para continuar o legado de gerações de padres anteriores a ele.

Ao falar em um evento de lançamento na Abadia de Grimbergen, Padre Karel declarou: "A cerveja sempre fez parte da vida na abadia e estamos orgulhosos das cervejas que temos atualmente. Gostamos muito de ler mais sobre as tradições passadas de produção de cerveja nas páginas destes textos antigos. Passamos horas folheando os livros, que estão escritos em latim e holandês antigo, e descobrimos listas de ingredientes que eram usados para produzir cervejas nos séculos passados, os lúpulos utilizados, os tipos de barris e garrafas, e até mesmo uma lista das cervejas produzidas séculos atrás. Este novo conhecimento agrega valor à nossa tradição de produção de cerveja e estou realmente ansioso por combiná-lo com meu aprendizado a fim de voltar a produzir cerveja na Abadia de Grimbergen. Continuaremos a estudar para aprender mais sobre os segredos não descobertos dos livros".

Padre Karel e os padres da abadia ajudarão o mestre-cervejeiro Marc-Antoine Sochon, que está extremamente empenhado em tornar a microcervejaria uma realidade. Marc-Antoine disse: "A microcervejaria será um lugar para combinarmos métodos modernos e inventivos com a antiga tradição de produção de cerveja da Grimbergen. Estamos entusiasmados em utilizar estes livros para voltar a usar técnicas e ingredientes medievais para criar cervejas novas que complementam perfeitamente a excelente oferta e sabores das cervejas Grimbergen existentes, como a Blonde, a Blanche e a Double-Ambrée".

No evento da abadia onde a nova cervejaria foi anunciada, a Grimbergen apresentou uma edição limitada nova da Grimbergen Triple D'Abbaye, que é um exemplo dos tipos de cerveja que serão oferecidos na nova microcervejaria. A nova cerveja de edição limitada foi envelhecida em barris de uísque durante cinco meses, uma técnica semelhante à utilizada para produzir cerveja belga nos anos 1500s.

A Grimbergen planeja abrir sua microcervejaria ao público no final de 2020. Também incluirá um centro de visitantes que dará aos mesmos a oportunidade de mergulhar no rico patrimônio da Grimbergen. O bar e o restaurante do local darão aos visitantes a chance de saborear as deliciosas cervejas e combiná-las com a culinária local.

Para assistir a um vídeo sobre a tradição de produção de cerveja da Grimbergen e a nova microcervejaria da abadia, acesse http://bit.ly/grimbergenmb.

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/890729/Grimbergen_Beer.jpg

 

FONTE Grimbergen Beer

- Nova microcervejaria planejada para a Abadia de Grimbergen, conhecida por séculos de produção de cerveja

- Livros antigos servirão de inspiração para as novas cervejas da microcervejaria

- Padre Karel se tornará o primeiro padre a combinar o aprendizado formal de produção de cerveja com gerações de conhecimento da abadia sobre como fazer cerveja

GRIMBERGEN, Bélgica, 22 de maio de 2019 /PRNewswire/ -- A Grimbergen, conhecida por suas cervejas belgas premiadas e saborosas, anunciou que recebeu as licenças necessárias para construir uma nova microcervejaria dentro das paredes da Abadia de Grimbergen, perto de Bruxelas. A microcervejaria trará a cerveja de volta para seu local de criação e combinará métodos tradicionais de produção de cerveja de livros antigos da biblioteca da abadia com técnicas modernas e inovadoras para produzir lotes de edição limitada de cervejas de qualidade superior.

Os livros medievais estão na imensa biblioteca da abadia há séculos e, recentemente, os padres mergulharam nas suas páginas para descobrir técnicas de produção de cerveja que até agora estavam perdidas na história. A Grimbergen planeja utilizar estas informações na sua microcervejaria para criar cervejas únicas e excepcionais com sabores nunca antes conhecidos.

Os livros datam do século XII e as suas páginas revelam detalhes fascinantes sobre como as cervejas Grimbergen eram produzidas no passado. A coleção sobreviveu aos três incêndios que destruíram a abadia. O terceiro incêndio foi em 1798 durante a Revolução Francesa e ameaçou destruir completamente a coleção, mas os livros foram salvos graças à incrível coragem e engenhosidade dos padres da Abadia de Grimbergen. Eles fizeram um buraco na parede da biblioteca e secretamente removeram cerca de 300 livros antes que a abadia fosse incendiada e destruída pela terceira vez.

Os padres de Grimbergen também desempenharam um papel fundamental em tornar realidade a ideia de trazer a produção de cerveja de volta para seu local de criação. Eles escolheram o Padre Karel Stautemas como subprior da abadia, para cuidar da microcervejaria. Ele assumirá um papel a mais em sua vida cotidiana e fará um aprendizado formal em produção de cerveja. Isso lhe permitirá combinar os séculos de tradição de produção de cerveja na abadia com técnicas modernas para continuar o legado de gerações de padres anteriores a ele.

Ao falar em um evento de lançamento na Abadia de Grimbergen, Padre Karel declarou: "A cerveja sempre fez parte da vida na abadia e estamos orgulhosos das cervejas que temos atualmente. Gostamos muito de ler mais sobre as tradições passadas de produção de cerveja nas páginas destes textos antigos. Passamos horas folheando os livros, que estão escritos em latim e holandês antigo, e descobrimos listas de ingredientes que eram usados para produzir cervejas nos séculos passados, os lúpulos utilizados, os tipos de barris e garrafas, e até mesmo uma lista das cervejas produzidas séculos atrás. Este novo conhecimento agrega valor à nossa tradição de produção de cerveja e estou realmente ansioso por combiná-lo com meu aprendizado a fim de voltar a produzir cerveja na Abadia de Grimbergen. Continuaremos a estudar para aprender mais sobre os segredos não descobertos dos livros".

Padre Karel e os padres da abadia ajudarão o mestre-cervejeiro Marc-Antoine Sochon, que está extremamente empenhado em tornar a microcervejaria uma realidade. Marc-Antoine disse: "A microcervejaria será um lugar para combinarmos métodos modernos e inventivos com a antiga tradição de produção de cerveja da Grimbergen. Estamos entusiasmados em utilizar estes livros para voltar a usar técnicas e ingredientes medievais para criar cervejas novas que complementam perfeitamente a excelente oferta e sabores das cervejas Grimbergen existentes, como a Blonde, a Blanche e a Double-Ambrée".

No evento da abadia onde a nova cervejaria foi anunciada, a Grimbergen apresentou uma edição limitada nova da Grimbergen Triple D'Abbaye, que é um exemplo dos tipos de cerveja que serão oferecidos na nova microcervejaria. A nova cerveja de edição limitada foi envelhecida em barris de uísque durante cinco meses, uma técnica semelhante à utilizada para produzir cerveja belga nos anos 1500s.

A Grimbergen planeja abrir sua microcervejaria ao público no final de 2020. Também incluirá um centro de visitantes que dará aos mesmos a oportunidade de mergulhar no rico patrimônio da Grimbergen. O bar e o restaurante do local darão aos visitantes a chance de saborear as deliciosas cervejas e combiná-las com a culinária local.

Para assistir a um vídeo sobre a tradição de produção de cerveja da Grimbergen e a nova microcervejaria da abadia, acesse http://bit.ly/grimbergenmb.

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/890729/Grimbergen_Beer.jpg

 

FONTE Grimbergen Beer

Você acabou de ler:

Livros antigos inspiram padres a voltar a produzir cerveja na abadia na nova microcervejaria da cerveja Grimbergen

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/livros-antigos-inspiram-padres-a-voltar-a-produzir-cerveja-na-abadia-na-nova-microcervejaria-da-cerveja-grimbergen/