Maceió (AL) é uma das 10 capitais campeãs em destinação correta de lâmpadas fluorescentes usadas no Brasil

Programa Reciclus conta com 1.838 pontos de coleta em todo o País e é responsável por financiar o processo, coletar e descontaminar os resíduos

SÃO PAULO, 27 de agosto de 2020 /PRNewswire/ -- Se você é consumidor doméstico, já deve ter se deparado com a seguinte situação: o que fazer com as lâmpadas fluorescentes, depois que elas queimam? Essas lâmpadas possuem componentes que demandam um fluxo específico na coleta e destinação final. Por isso, o descarte incorreto, como no lixo comum, pode acarretar diversos problemas ambientais.

Com a finalidade de realizar a coleta e a destinação ambientalmente correta desses resíduos, o programa da Reciclus (Associação Brasileira para a Gestão da Logística Reversa) disponibiliza 1.838 pontos de coleta em todo o País, dos quais 29 em Alagoas, nas cidades de: Maceió (24), Arapiraca (2), Rio Largo (2), Marechal Deodoro (1), a fim de cumprir com a determinação do Acordo Setorial.

A Reciclus é uma organização civil sem fins lucrativos, criada pelos principais importadores de lâmpadas, para atuar como Entidade Gestora do processo, seguindo um modelo de operação autossustentável.

A iniciativa envolveu diversos segmentos da sociedade e atende à determinação da PNRS (Política Nacional de Resíduos Sólidos), a Lei Federal nº 12.305/2010 que fala na responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos e na logística reversa (LR) como soluções para o descarte correto de itens que podem causar danos ao meio ambiente.

Participam do programa apenas as lâmpadas de uso doméstico, dos seguintes tipos: fluorescentes compactas e tubulares; de vapor de mercúrio, sódio ou metálico; e luz mista. Não há limite para descarte, desde que seja realizado por consumidor doméstico.

Recentemente, a Reciclus alcançou 1,3 milhões de kg de lâmpadas pós-uso coletados em todo o País, dos quais 19.896,9 kg e 136.280 unidades em Maceió (AL), sendo que as 10 capitais que mais coletaram lâmpadas fluorescentes usadas nos pontos de coleta Reciclus, desde 2017, foram:



Capital

UF

Kg's

Unidades



São Paulo

SP

135.045,5

924.969

Curitiba

PR

67.760,1

464.111

Porto Alegre

RS

54.042,1

370.151

Goiânia

GO

40.025,1

274.145

Brasília

DF

37.175,6

254.628

Florianópolis

SC

35.741,3

244.803

Belo Horizonte

MG

32.176,2

220.385

Maceió

AL

19.896,9

136.280

Recife

PE

13.066,0

89.493

10º

Fortaleza

CE

12.769,2

87.460

Para saber o ponto de coleta mais próximo de sua residência, acesse: https://reciclus.org.br/lista-de-pontos-de-coleta/

A implantação dos pontos de coleta segue os critérios técnicos indicados no Acordo Setorial, como número de habitantes, área urbana, densidade populacional, domicílios com energia elétrica, poder aquisitivo, infraestrutura viária e acessibilidade.

Sobre a RECICLUS

A Reciclus é uma associação sem fins lucrativos que reúne os principais produtores e importadores de lâmpadas do Brasil, com o objetivo de promover o Sistema de Logística Reversa. Atualmente conta com 99 empresas associadas. O objetivo é envolver toda a sociedade e a cadeia produtiva em um grande movimento estruturado de coleta de lâmpadas ao final de seu ciclo de vida e realizar a sua destinação final ambientalmente adequada.

Mais informações: www.reciclus.org.br ou pelo telefone (11) 5083-0124.

 

FONTE Reciclus

Programa Reciclus conta com 1.838 pontos de coleta em todo o País e é responsável por financiar o processo, coletar e descontaminar os resíduos

SÃO PAULO, 27 de agosto de 2020 /PRNewswire/ -- Se você é consumidor doméstico, já deve ter se deparado com a seguinte situação: o que fazer com as lâmpadas fluorescentes, depois que elas queimam? Essas lâmpadas possuem componentes que demandam um fluxo específico na coleta e destinação final. Por isso, o descarte incorreto, como no lixo comum, pode acarretar diversos problemas ambientais.

Com a finalidade de realizar a coleta e a destinação ambientalmente correta desses resíduos, o programa da Reciclus (Associação Brasileira para a Gestão da Logística Reversa) disponibiliza 1.838 pontos de coleta em todo o País, dos quais 29 em Alagoas, nas cidades de: Maceió (24), Arapiraca (2), Rio Largo (2), Marechal Deodoro (1), a fim de cumprir com a determinação do Acordo Setorial.

A Reciclus é uma organização civil sem fins lucrativos, criada pelos principais importadores de lâmpadas, para atuar como Entidade Gestora do processo, seguindo um modelo de operação autossustentável.

A iniciativa envolveu diversos segmentos da sociedade e atende à determinação da PNRS (Política Nacional de Resíduos Sólidos), a Lei Federal nº 12.305/2010 que fala na responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos e na logística reversa (LR) como soluções para o descarte correto de itens que podem causar danos ao meio ambiente.

Participam do programa apenas as lâmpadas de uso doméstico, dos seguintes tipos: fluorescentes compactas e tubulares; de vapor de mercúrio, sódio ou metálico; e luz mista. Não há limite para descarte, desde que seja realizado por consumidor doméstico.

Recentemente, a Reciclus alcançou 1,3 milhões de kg de lâmpadas pós-uso coletados em todo o País, dos quais 19.896,9 kg e 136.280 unidades em Maceió (AL), sendo que as 10 capitais que mais coletaram lâmpadas fluorescentes usadas nos pontos de coleta Reciclus, desde 2017, foram:



Capital

UF

Kg's

Unidades



São Paulo

SP

135.045,5

924.969

Curitiba

PR

67.760,1

464.111

Porto Alegre

RS

54.042,1

370.151

Goiânia

GO

40.025,1

274.145

Brasília

DF

37.175,6

254.628

Florianópolis

SC

35.741,3

244.803

Belo Horizonte

MG

32.176,2

220.385

Maceió

AL

19.896,9

136.280

Recife

PE

13.066,0

89.493

10º

Fortaleza

CE

12.769,2

87.460

Para saber o ponto de coleta mais próximo de sua residência, acesse: https://reciclus.org.br/lista-de-pontos-de-coleta/

A implantação dos pontos de coleta segue os critérios técnicos indicados no Acordo Setorial, como número de habitantes, área urbana, densidade populacional, domicílios com energia elétrica, poder aquisitivo, infraestrutura viária e acessibilidade.

Sobre a RECICLUS

A Reciclus é uma associação sem fins lucrativos que reúne os principais produtores e importadores de lâmpadas do Brasil, com o objetivo de promover o Sistema de Logística Reversa. Atualmente conta com 99 empresas associadas. O objetivo é envolver toda a sociedade e a cadeia produtiva em um grande movimento estruturado de coleta de lâmpadas ao final de seu ciclo de vida e realizar a sua destinação final ambientalmente adequada.

Mais informações: www.reciclus.org.br ou pelo telefone (11) 5083-0124.

 

FONTE Reciclus