Maire Tecnimont Group (MT.MI) fecha acordo com a Greenfield Nitrogen LLC para o desenvolvimento de uma planta de amônia verde nos Estados Unidos

MILÃO, 30 de setembro de 2021 /PRNewswire/ -- A Maire Tecnimont S.p.A. anuncia que suas subsidiárias MET Development, Stamicarbon e NextChem chegaram a um acordo com a Greenfield Nitrogen LLC, sediada nos EUA, para desenvolver a primeira planta dedicada a amônia verde no centro-oeste dos EUA. Como parte do acordo, a NextChem iniciará um estudo de viabilidade para o projeto de 240 toneladas métricas por dia de amônia verde utilizando energia sustentável através da produção intermediária de hidrogênio verde. A MET Development ajudará a Greenfield Nitrogen no desenvolvimento do projeto. A tecnologia para a planta será fornecida pela Stamicarbon, que no início deste ano lançou sua nova tecnologia de amônia verde STAMI.

O projeto é o primeiro de uma série de plantas de amônia verde que a Greenfield Nitrogen planeja desenvolver de maneira estratégica no cinturão do milho dos EUA. A planta e as instalações de armazenamento, que estarão localizadas perto de Garner, Iowa, serão alimentadas por fontes locais de energia renovável e fornecerão amônia para o mercado local, que é tradicionalmente um grande mercado consumidor de amônia.

A planta de amônia verde fortalecerá o desenvolvimento do setor de baixo carbono na região e deverá economizar mais de 166 mil toneladas de emissões de CO2 por ano. A produção anual de cerca de 83 mil toneladas de amônia reduzirá a dependência da região da amônia importada atualmente do exterior .

Pierroberto FolgieroCEO do Maire Tecnimont Group, comentou: "Estamos muito satisfeitos que a Greenfield Nitrogen tenha escolhido a Maire Tecnimont como sua parceira preferencial para este projeto empolgante. A combinação de co-desenvolvedor, fornecedor de tecnologia e empreiteiro EPC faz da Maire Tecnimont um participante diferenciado no mercado de amônia verde, uma área que será vital para industrializar a transição energética em curso por meio do hidrogênio verde. Graças à experiência da Greenfield Nitrogem e sua presença local, esperamos que este primeiro projeto abra o caminho para outras iniciativas industriais verdes no futuro."

Linda Thrasher, presidente da Greenfield Nitrogen, LLC comentou: "Esta parceria representa uma colaboração de forças. Como parceira de desenvolvimento, a Maire Tecnimont e suas subsidiárias trazem décadas de experiência bem-sucedida na engenharia e execução de projetos de nitrogênio, bem como na criação de novas tecnologias, incluindo instalações de carbono zero de última geração. A expertise de desenvolvimento, experiência operacional e conhecimento de mercado da Greenfield alinham-se bem com a Maire Tecnimont e posicionam ambas as empresas para desempenhar um papel fundamental no cumprimento das metas mundiais de descarbonização."

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/1322292/Maire_Tecnimont_Logo.jpg   

FONTE Maire Tecnimont S.p.A.

MILÃO, 30 de setembro de 2021 /PRNewswire/ -- A Maire Tecnimont S.p.A. anuncia que suas subsidiárias MET Development, Stamicarbon e NextChem chegaram a um acordo com a Greenfield Nitrogen LLC, sediada nos EUA, para desenvolver a primeira planta dedicada a amônia verde no centro-oeste dos EUA. Como parte do acordo, a NextChem iniciará um estudo de viabilidade para o projeto de 240 toneladas métricas por dia de amônia verde utilizando energia sustentável através da produção intermediária de hidrogênio verde. A MET Development ajudará a Greenfield Nitrogen no desenvolvimento do projeto. A tecnologia para a planta será fornecida pela Stamicarbon, que no início deste ano lançou sua nova tecnologia de amônia verde STAMI.

O projeto é o primeiro de uma série de plantas de amônia verde que a Greenfield Nitrogen planeja desenvolver de maneira estratégica no cinturão do milho dos EUA. A planta e as instalações de armazenamento, que estarão localizadas perto de Garner, Iowa, serão alimentadas por fontes locais de energia renovável e fornecerão amônia para o mercado local, que é tradicionalmente um grande mercado consumidor de amônia.

A planta de amônia verde fortalecerá o desenvolvimento do setor de baixo carbono na região e deverá economizar mais de 166 mil toneladas de emissões de CO2 por ano. A produção anual de cerca de 83 mil toneladas de amônia reduzirá a dependência da região da amônia importada atualmente do exterior .

Pierroberto FolgieroCEO do Maire Tecnimont Group, comentou: "Estamos muito satisfeitos que a Greenfield Nitrogen tenha escolhido a Maire Tecnimont como sua parceira preferencial para este projeto empolgante. A combinação de co-desenvolvedor, fornecedor de tecnologia e empreiteiro EPC faz da Maire Tecnimont um participante diferenciado no mercado de amônia verde, uma área que será vital para industrializar a transição energética em curso por meio do hidrogênio verde. Graças à experiência da Greenfield Nitrogem e sua presença local, esperamos que este primeiro projeto abra o caminho para outras iniciativas industriais verdes no futuro."

Linda Thrasher, presidente da Greenfield Nitrogen, LLC comentou: "Esta parceria representa uma colaboração de forças. Como parceira de desenvolvimento, a Maire Tecnimont e suas subsidiárias trazem décadas de experiência bem-sucedida na engenharia e execução de projetos de nitrogênio, bem como na criação de novas tecnologias, incluindo instalações de carbono zero de última geração. A expertise de desenvolvimento, experiência operacional e conhecimento de mercado da Greenfield alinham-se bem com a Maire Tecnimont e posicionam ambas as empresas para desempenhar um papel fundamental no cumprimento das metas mundiais de descarbonização."

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/1322292/Maire_Tecnimont_Logo.jpg   

FONTE Maire Tecnimont S.p.A.

Você acabou de ler:

Maire Tecnimont Group (MT.MI) fecha acordo com a Greenfield Nitrogen LLC para o desenvolvimento de uma planta de amônia verde nos Estados Unidos

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/maire-tecnimont-group-mt-mi-fecha-acordo-com-a-greenfield-nitrogen-llc-para-o-desenvolvimento-de-uma-planta-de-amonia-verde-nos-estados-unidos/