Mais de 100 adolescentes estrangeiros vivenciam o kung fu chinês em Zhengzhou, China

ZHENGZHOU, China, 20 de novembro de 2019 /PRNewswire/ -- De 21 de outubro a 1º de novembro de 2019, ocorreram as "rodadas finais" do 12º "Chinese Bridge", uma competição de proficiência em língua chinesa para estudantes do Ensino Médio, na cidade de Zhengzhou, região central da China, o berço do kung fu chinês. Durante a competição, mais de 120 competidores de 105 países visitaram o Templo Shaolin e puderam vivenciar o charme único do kung fu Shaolin.

"Meu maior desejo na visita à China, desta vez, era ver o verdadeiro kung fu chinês", disse Lu Jingmao, da Nova Zelândia. No dia 25 de outubro, ele visitou o Templo Shaolin, o berço das artes marciais chinesas, como desejava. Junto com outros competidores, Lu pode assistir apresentações de kung fu, ouvir sobre a lenda do Templo Shaolin e vivenciar um pouco da cultura milenar Shaolin.

O vigoroso boxe Shaolin, o entusiasmante Hard Qigong, 18 tipos de diversas armas e as esplêndidas artes marciais Shaolin conquistaram a admiração dos competidores. Eles não paravam de fotografar e alguns chegar até a ensaiar alguns movimentos.

Além da visita ao famoso templo Shaolin, os participantes também estiveram em outras atrações locais. Na Zhengzhou Yellow River Scenic Area, os jovens prestaram homenagens às estátuas dos imperadores Yan e Huang e puderam observar a magnífica paisagem do Rio Amarelo. Já no Sandu Camping Park, puderam vestir as tradicionais vestimentas Hanfu e presenciar o método chinês milenar de xilografia e fabricação de papel. Na visita ao Zhengzhou Garden Expo Park, os competidores puderam presenciar a beleza da paisagem dos jardins chineses.

A colorida cultura chinesa trouxe à tona a paixão dos competidores. "O idioma chinês me faz ver a diversidade da cultura e a vastidão do mundo", comentou Ma Hongbo, estudante húngara de 17 anos.

De acordo com o Gabinete Municipal de Cultura, Rádio, Televisão e Turismo de Zhengzhou, membro do comité preparatório para o 12º "Chinese Bridge", uma competição de proficiência em língua chinesa para estudantes do Ensino Médio, Zhengzhou é uma das oito capitais mais antigas da China e o berço da civilização chinesa. Com uma cultura bastante arraigada, lindas paisagens e uma rede de transportes bem desenvolvida, a cidade tem sido um dos destinos de turismo mais populares na China e tem atraído turistas de todo o mundo para saber um pouco mais do passado, presente e futuro do país.

Como uma competição internacional chinesa de grande escala, atraiu mais de 1,4 milhões de adolescentes de mais de 150 países desde 2002.

Links para os anexos de imagens: http://asianetnews.net/view-attachment?attach-id=351302 

FONTE Zhengzhou Municipal Bureau of Culture, Radio, Television and Tourism

ZHENGZHOU, China, 20 de novembro de 2019 /PRNewswire/ -- De 21 de outubro a 1º de novembro de 2019, ocorreram as "rodadas finais" do 12º "Chinese Bridge", uma competição de proficiência em língua chinesa para estudantes do Ensino Médio, na cidade de Zhengzhou, região central da China, o berço do kung fu chinês. Durante a competição, mais de 120 competidores de 105 países visitaram o Templo Shaolin e puderam vivenciar o charme único do kung fu Shaolin.

"Meu maior desejo na visita à China, desta vez, era ver o verdadeiro kung fu chinês", disse Lu Jingmao, da Nova Zelândia. No dia 25 de outubro, ele visitou o Templo Shaolin, o berço das artes marciais chinesas, como desejava. Junto com outros competidores, Lu pode assistir apresentações de kung fu, ouvir sobre a lenda do Templo Shaolin e vivenciar um pouco da cultura milenar Shaolin.

O vigoroso boxe Shaolin, o entusiasmante Hard Qigong, 18 tipos de diversas armas e as esplêndidas artes marciais Shaolin conquistaram a admiração dos competidores. Eles não paravam de fotografar e alguns chegar até a ensaiar alguns movimentos.

Além da visita ao famoso templo Shaolin, os participantes também estiveram em outras atrações locais. Na Zhengzhou Yellow River Scenic Area, os jovens prestaram homenagens às estátuas dos imperadores Yan e Huang e puderam observar a magnífica paisagem do Rio Amarelo. Já no Sandu Camping Park, puderam vestir as tradicionais vestimentas Hanfu e presenciar o método chinês milenar de xilografia e fabricação de papel. Na visita ao Zhengzhou Garden Expo Park, os competidores puderam presenciar a beleza da paisagem dos jardins chineses.

A colorida cultura chinesa trouxe à tona a paixão dos competidores. "O idioma chinês me faz ver a diversidade da cultura e a vastidão do mundo", comentou Ma Hongbo, estudante húngara de 17 anos.

De acordo com o Gabinete Municipal de Cultura, Rádio, Televisão e Turismo de Zhengzhou, membro do comité preparatório para o 12º "Chinese Bridge", uma competição de proficiência em língua chinesa para estudantes do Ensino Médio, Zhengzhou é uma das oito capitais mais antigas da China e o berço da civilização chinesa. Com uma cultura bastante arraigada, lindas paisagens e uma rede de transportes bem desenvolvida, a cidade tem sido um dos destinos de turismo mais populares na China e tem atraído turistas de todo o mundo para saber um pouco mais do passado, presente e futuro do país.

Como uma competição internacional chinesa de grande escala, atraiu mais de 1,4 milhões de adolescentes de mais de 150 países desde 2002.

Links para os anexos de imagens: http://asianetnews.net/view-attachment?attach-id=351302 

FONTE Zhengzhou Municipal Bureau of Culture, Radio, Television and Tourism